sexta-feira, 27 de julho de 2018

“Cara de Jaca” acusado de crimes de pistolagem é assassinado a tiros em Penalva - Maranhão


O homem identificado como Cleudo Márcio Mendonça, conhecido como “Cara de Jaca”, foi assassinado a tiros por volta de 9h40 desta quinta-feira (26) na cidade de Penalva, na Baixada Maranhense, a 252 km de São Luís.

Pelas informações passadas ao blog, o crime foi praticado por dois homens que já chegaram atirando, não dando tempo de Cleudo Mendonça reagir. Em seguida, o veículo, um Renault Sandero, capotou.

Cleudo Mendonça, de 42 anos, era acusado de ser um dos líderes de grupo de extermínio na Baixada Maranhense, tendo participado de ao menos 30 assassinatos, segundo a Policia Militar.

Ele foi preso em maio deste ano depois que policiais militares receberam informações de que havia dois acusados de homicídio em um bar comemorando o assassinato de duas pessoas, ocorrido na noite anterior, na cidade de Viana.

Naquela oportunidade, os policiais montaram barreiras nas proximidades do estabelecimento comercial e abordaram um veículo Sandero branco, de placas PSQ-7003, conduzido por Cleudo Mendonça. No carro, a polícia encontrou um revólver calibre 38, 13 munições e um binóculo.

Cleudo Mendonça foi preso em flagrante e apresentado na Delegacia Regional de Viana. Na ocasião, a polícia informou, também, que havia contra ele a acusação de vários mortes nas cidades de Viana, Penalva e Matinha. Ele agiria em companhia do criminoso identificado como “Júnior Matador”, que conseguiu fugir ao cerco policial.

“Há informações que esses criminosos teriam jurado de morte os policiais”, declarou o major Fábio.

Do Blog Gilberto Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.