domingo, 22 de abril de 2018

Prefeito de Bariri suspeito de estuprar criança disse que era policial para convencer vítima a entrar em carro, diz irmã


O prefeito em exercício de Bariri (SP), Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), teria se passado por um policial à paisana para convencer uma menina de 8 anos a entrar em seu carro. A informação foi passada à TV TEM por Josiene Silva, irmã da criança. O político foi preso neste sábado (21) suspeito de ter raptado e estuprado a menor de idade.

Na delegacia, segundo a Polícia Civil, ele confessou o estupro. O advogado de defesa do prefeito não quis comentar o caso. Paulo Araújo foi levado para a cadeia de Barra Bonita na noite deste sábado e deve passar por audiência de custódia neste domingo (22), às 9h.

Conforme o relato da criança para a família, o prefeito teria dito que um ladrão estaria no bairro e, por isso, levaria a menina de volta para casa. Entretanto, vizinhos viram a garota conversando com um desconhecido e avisaram a família, que acionou a Polícia Militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.