quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Policia Federal diz que a saúde pública do Maranhão “atualmente se encontra nas mãos de criminosos contumazes”

A saúde pública do Maranhão está sendo comandada por “criminosos contumazes”, é o que diz a Polícia Federal em seu relatório da Operação Pegadores, deflagrada para combater a roubalheira na Secretaria de Saúde do governo Flávio Dino (PCdoB).
O objetivo da Policia Federal é “garantir a ordem pública e resgatar a gestão do sistema de saúde no Estado do Maranhão, que atualmente se encontra nas mãos de criminosos.”
Segundo os federais, foram mais de R$ 18 milhões desviados dos cofres públicos do Estado. Da quadrilha que foi presa, apenas dois permanecem na cadeia, em Pedrinhas: Luiz Marques Barbosa Junior e o médico Mariano de Castro Silva, apontado como o operador do esquema.