segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Jogadores na mira do Estado Islâmico

Depois de Neymar e Lionel Messi, um grupo pró-Estado Islâmico espalhou pelas redes sociais uma ameaça ao craque português Cristiano Ronaldo. O novo cartaz de propaganda extremista traz um terrorista com uma faca em frente ao jogador do Real Madrid ajoelhado e com um olho roxo. O símbolo da Copa do Mundo da Rússia 2018, suposto alvo dos jihadistas, aparece quebrado no canto da imagem.
"Nossas palavras são o que você vê, não o que você ouve. Então espere. Nós estamos esperando também...", lê-se na peça de propaganda, encontrada pelo grupo de monitoramento extremista Site Intel.

Neste domingo, um pôster dos extremistas trouxe ameaças a Neymar e Messi. No cartaz, um terrorista segura o brasileiro, de joelhos e com as mãos atadas, e uma bandeira do grupo extremista. Messi aparece executado ao lado. A peça foi divulgada dias após os jihadistas da Wafa Media Foundation, que apoia o EI, divulgarem uma imagem do argentino com um dos olhos sangrando e uma roupa de presidiário com seu nome escrito.