terça-feira, 8 de agosto de 2017

Boato de Roseana no Ministério das Cidades embaraça ex-governadora

A especulação de que a ex-governadora Roseana Sarney deve assumir o Ministério das Cidades, uma das pastas mais cobiçadas da Esplanada e que está, atualmente, nas mãos do tucano Bruno Araújo, acabou embaraçando o já duvidoso futuro político da peemedebista.

Apontada como nome forte nas eleições de 2018 no Maranhão após a vitória de Michel Temer na votação da denúncia por corrupção passiva na Câmara dos Deputados, Roseana se vê agora obrigada a conseguir a nomeação a qualquer custo, sob risco de ter a já fraca imagem ainda mais queimada pelos seus adversários.

Explica-se:
Se conseguir o impossível — por meio de seu pai, o ex-senador José Sarney, claro! — e derrubar a indicação da alta cúpula do PMDB pelo nome do deputado federal Carlos Marun, vice-líder da legenda na Câmara, Roseana confirmará para todo o Maranhão que realmente terá forças federais para disputar o Palácio dos Leões contra o governador Flávio Dino (PCdoB), que vai para a reeleição.

Contudo, se o ungido por Temer for Marun, ficará confirmado que a ex-governadora não terá o peso prometido no próximo pleito, e a marola ‘Volta, Roseana!’ chegará ao fim.