segunda-feira, 1 de maio de 2017

Índios têm mãos decepadas em ataque a comunidade no Maranhão, diz entidade

Um grupo de fazendeiros atacou uma comunidade indígena da cidade de Viana no Maranhão, localizada a 220 km de São Luís, nesse domingo (30), para travar uma disputa territorial, de acordo com o Conselho Indigenista Missionário (CIMI). A entidade informou que 13 pessoas ficaram feridas, sendo que dois índos tiveram as mãos decepadas.

Segundo a Pastoral da Terra, os índios, do povo Gamela, foram pegos de surpresa com a chegada de dezenas de homens à área. O grupo chegou com armas de fogo, pedaços de pau e facões. “Eles invadiram e já foram atirando e tentando cercar a gente. Circularam para ficarmos no meio. Foi aí que só senti o impacto”, relata um sobrevivente.
Até as 16h desta segunda-feira (1º), as Secretarias de Estado da Segurança Pública e da Saúde do Maranhão não haviam confirmado o número de vítimas. De acordo com o Cimi, cinco feridos foram transferidos durante a madrugada desta segunda para o Hospital Socorrão II, na capital maranhense - dois índios estão em estado mais grave e todos têm ferimentos causados por armas de fogo.

Em nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública informou que já instaurou inquérito para investigar o caso, enviou reforço policial para a região e que o conflito já foi contido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.