terça-feira, 2 de maio de 2017

Índio ferido em ataque não teve mão decepada, diz diretor de hospital

O diretor técnico do Hospital Tarquínio Lopes Filho, Newton Gripp, disse nesta terça-feira (2) que o índio da etnia Gamela, ferido em ataque no domingo (30), no Maranhão, não teve suas mãos decepadas. “Ele teve lesões profundas por arma branca nos antebraços, mas não decepou as mãos dele como havia sido divulgado”, afirmou. Outros dois índios seguem internados no mesmo hospital – um deles tem traumatismo craniano, e o outro, com fraturas expostas causada por espancamento.

Em boletim divulgado na tarde desta terça-feira, o hospital informou que o índio está se recuperando após cirurgias por conta das lesões por armas branca e de fogo. Ele está lúcido e tem previsão de alta da UTI em até 48 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.