quinta-feira, 27 de abril de 2017

Prefeito de Magalhães de Almeida que venceu por 80 votos de diferença é cassado

Assinada desde o dia 20 deste mês, foi publicada nesta terça-feira (25) a decisão do juiz Isaac Diego Vieira de Sousa e Silva, da 51ª Zona Eleitoral, que cassa os diplomas do prefeito e do vice-prefeito do município de Magalhães de Almeida, Tadeu de Sousa (PMDB) e Francisco das Chagas Vieira, do PP.
Tadeu e seu companheiro de chapa respondiam a uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral, acusados da prática de abuso de poder político e econômico durante a campanha eleitoral do ano passado.
Outro também cassado foi o vereador oitavo mais votado (406 votos), Antonio José Silva Castro, filiado do PMDB.
Pela decisão, todos estão inelegível por oito anos e condenados ao pagamento de multa de mais de R$ 55 mil.
Tadeu venceu a eleição com apenas 80 votos de vantagem sobre seu adversário, Costa Júnior (PCdoB). Como a votação do prefeito cassado foi superior a 50% dos votos válidos, a cidade deve ter nova eleição.
Isso se Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão não retornar o prefeito dentro dos próximos dias…

Por Domingos Costa