terça-feira, 14 de março de 2017

Prefeito do Maranhão brocha e aceita primeira-dama ficar de caso com “garotão”

O destino é cruel e implacável. Um político do Maranhão teve um sério problema de saúde: câncer de próstata. Para continuar vivendo foi obrigado a fazer um procedimento cirúrgico que resultou na retirada completa da próstata, atingindo o canal por onde o pênis recebe o sangue responsável pela ereção, com isso, ficou impotente.

O pior de tudo é que a impotência aconteceu próximo da eleição vitoriosa de prefeito. Como a Amada é bonita e fogosa, o jeito foi fazer um acordo para liberar a primeira-dama a não ficar só no uso de vibrador. Então um assessor da primeira -dama é o cabra que tá chegando junto com o aval do marido.

As únicas regra é que a mulher deveria escolher apenas um, mas sem carícias públicas  e nem se deixar ser flagrada. Embora o prefeito seja um homem religioso, desta vez o “fúti”venceu.

Por Riquinha