sexta-feira, 10 de março de 2017

Descasos de Roseana Sarney seguem condenando o Maranhão

Mesmo depois de mais de dois anos após se livrar da oligarquia que destroçou o estado, o Maranhão segue pagando pelos desmandos cometidos pela família Sarney ao longo dos últimos 50 anos.
Nesta quinta-feira (09), a Justiça determinou que as famílias dos 64 presos mortos no sistema prisional maranhense de janeiro de 2013 a janeiro de 2014 receberão R$ 100 mil cada uma de indenização do Estado.
O período do caos instalado no sistema penitenciário do Maranhão, sobretudo no presídio de Pedrinhas, foi marcado por cenas de barbáries medieval que chocaram a imprensa mundial e detonaram a imagem da ex-governadora Roseana Sarney.
Agora, momento em que o sistema penitenciário vive uma fase de investimentos que levaram dignidade e melhores condições para os presos, o governador Flávio Dino terá que arcar com mais uma herança maldita deixada pelo governo oligárquico.
Mesmo estando afastada do poder no Maranhão por mais de dois anos, a família Sarney – que onerou os cofres públicos durante décadas – segue dando prejuízo ao estado. Quando não é em casos de corrupção, é em outros problemas de incompetência administrativa.
Sobre o assunto o governador Flávio Dino foi enfático: “Fico indignado com o povo do Maranhão ter que pagar R$ 7 milhões de indenização por causa de incompetência e falcatruas de ex-governantes”.