quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Homem natural de Presidente Dutra-Ma, morre após ser baleado em Goiás ( Ele é suspeito de matar Ana Clara )

O vendedor ambulante Luis Carlos Costa Gonçalves, de 35 anos, principal suspeito de matar a menina Ana Clara Pires Camargo, de 7 anos, foi morto após ser baleado durante um confronto com policiais, na tarde desta quarta-feira (22), no Setor Carolina Park, em Goiânia.
Segundo a Polícia Civil, ele era conhecido e já foi vizinho da família da vítima. Atualmente, morava em um bairro próximo. Natural de Presidente Dutra (MA), ele trabalhava revendendo blocos de notas em Goiânia para comerciantes do Setor Campinas e da Rua 44, no Setor Norte Ferroviário.

Em nota, a Polícia Militar informou que Luis Carlos foi localizado “no Setor Lorena Park, em Goiânia, na tarde de hoje por equipes do Serviço Reservado da Polícia Militar (PM2) e da Polícia Civil”. Segundo a corporação, na abordagem, o suspeito de matar Ana Clara “agiu de maneira violenta” e, “durante o confronto, foi atingido por disparos de arma de fogo vindo a óbito no local”.
A Polícia Militar informou, em entrevista coletiva nesta tarde, que chegou até Luis Carlos após uma denúncia da namorada dele.
"Nós a localizamos e ela disse que era ameaçada por ele. Também contou que o suspeito poderia estar na casa do irmão dela, no Setor Carollina Park. Quando a PM chegou no local, adentrou e foi recebida a tiros. Ele estava sozinho e morreu no confronto", disse o assessor de comunicação da PM de Goiás, tenente-coronel Ricardo Mendes.
A polícia isolou uma casa onde o corpo está. Centenas de pessoas acompanham, de longe, o trabalho no local.  Uma equipe da Polícia Técnico-Científica chegou à residência por volta das 15h20. Cerca de 20 minutos depois, o IML esteve na residência para retirar o corpo.

Materia Completa ⇒ G1/Goiás