sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Câncer é a doença que mais mata pessoas de 15 a 29 anos, revela (INCA) Instituto Nacional de Câncer

Do Globo.com
O câncer é a principal causa de morte por doença no Brasil entre adolescentes e adultos jovens — de 15 a 29 anos. No ranking geral, fica atrás apenas das "causas externas", como são classificados os acidentes e as mortes violentas. A conclusão é de uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) e pelo Ministério da Saúde. O estudo mostra que, entre 2009 e 2013, morreram 17,5 mil pessoas com a doença nessa faixa etária, conforme adiantou nesta sexta a Coluna do Ancelmo Gois, do GLOBO.

A pesquisa destaca, ainda, que o tipo de tumor mais frequente para esses jovens é o carcinoma, que ocorreu em 34% das vezes. E, embora essa forma de câncer possa ocorrer em várias partes do corpo, como na tireoide e na mama, ela é mais comumente encontrada no colo do útero.

O grande vilão que provoca o câncer do colo do útero é o vírus do papiloma humano (HPV), transmitido principalmente por relação sexual. Ele pode ser evitado com vacina, que hoje já é disponilizada no Sistema Único de Saúde (SUS). Meninas de 9 a 14 anos devem tomar duas doses com intervalo de seis meses, e, desde janeiro deste ano, meninos de 12 e 13 anos também podem se vacinar. O número de doses e o intervalo é o mesmo do das meninas.

Estudos comprovam que, além de a vacina ser eficiente para afastar a ameaça do câncer do colo do útero para as meninas e mulheres, ela protege contra câncer de pênis, garganta, ânus e verrugas genitais em homens. A faixa etária dos meninos que podem receber a vacina será ampliada gradualmente até 2020, quando ela estará disponível para meninos de 9 a 13 anos.
Hoje, o esquema vacinal já inclui mulheres e homens com HIV, entre 9 e 26 anos. Para eles, a vacina é ministrada em três doses com intervalos de dois e seis meses.
Matéria Completa ⇒ O Globo