domingo, 29 de janeiro de 2017

Ex-prefeito é executado com tiro na cabeça em chácara em Mato Grosso; ele era acusado de pistolagem

O ex-prefeito Luiz Carlos Machado, o Luiz Bang, de 61 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça, nesta sexta-feira (27), na chácara dele, em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, Luiz Carlos estava com a família quando foi baleado. A principal tese é o crime de execução, já que não há sinais de assalto na propriedade.

Luiz Carlos foi prefeito de Porto Alegre do Norte, município a 1.143 km da capital mato-grossense. Atualmente ele administrava a chácara e era proprietário de um garimpo no Pará. O assassinato ocorreu por volta de 20:00 horas [horário de Mato Grosso], na chácara que fica na BR-158.

“Ele estava em casa, na chácara, com familiares, a esposa e algumas pessoas. Ele estava na área e houve um disparo de arma. O tiro acertou a cabeça dele. A princípio ninguém viu quem teria atirado”, explicou o delegado André Rigonato.Os próprios familiares socorreram o ex-prefeito até um hospital da região, porém, Luiz Carlos não resistiu e morreu. A Polícia Civil investiga o caso e deve ouvir formalmente as pessoas que estavam na chácara no momento do disparo.

O ex-prefeito, conforme informações do Ministério Público Estadual (MPE), era temido na região e chegou a ocupar uma lista dos pistoleiros mais perigosos do país. Ele prestou depoimento na CPI da pistolagem, em 1993, em Brasília.
Luiz Carlos também era acusado de tentar matar um ex-prefeito, em 1988, além de ser acusado de aliciamento e tráfico de trabalhadores para fazendas de Mato Grosso e Pará.
O corpo do ex-prefeito deve ser velado na chácara dele. Não há informações do enterro de Luiz Carlos.

Do G1/Mato Grosso