quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Polícia Federal descobre beneficiário abastecendo veículo de luxo com Bolsa Família

A Polícia Federal (PF) descobriu que um beneficiário do Bolsa Família estava usando o dinheiro para abastecer uma caminhonete de luxo em Guajará-Mirim (RO), a 300 quilômetros de Porto Velho. As investigações do caso iniciaram em 2013 e foram divulgadas nesta quarta-feira (9). Após ser interrogado, o homem confessou usar o dinheiro do benefício para colocar combustível no próprio veículo.

Segundo a Polícia Federal, as investigações de fraudes no Bolsa Família em Guajará-Mirim iniciaram em 2013. Neste período, os delegados descobriram várias pessoas recebendo o benefício de forma indevida desde 2003, entre elas três conselheiras tutelares que foram condenadas pela Justiça para devolver todo dinheiro recebido.

Outra descoberta foi a de um homem que usava o Bolsa Família para abastecer a caminhonete de luxo com gasolina. Conforme a  PF, o condutor foi interrogado e em depoimento confessou que usava o benefício nos postos de combustível.

Entre os investigados estão vários funcionários públicos da prefeitura, que teriam fraudado informações no cadastro, alegando serem de famílias de baixa renda. Os casos apurados foram encaminhados ao Ministério Público Federal (MPF). Os investigados serão ouvidos pela Justiça Federal e consequentemente devem ser obrigados a devolver o dinheiro à União, além de responder criminalmente. 
Matéria Completa no G1/Rondônia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.