terça-feira, 13 de setembro de 2016

Eduardo Cunha tem o mandato de deputado federal cassado

Com 450 votos favoráveis à sua cassação, Eduardo Cunha perde o mandato de deputado federal.  O ex-parlamentar perdeu a legislatura por crime de decoro parlamentar. Cunha foi acusado de mentir durante a CPI da Petrobras.
Eduardo Cunha foi pessoalmente fazer a sua defesa na Câmara, afirmou que não tem contas no exterior, mas não conseguiu convencer os demais deputados. A votação aconteceu de forma aberta, onde 450 deputados votaram à favor da cassação do ex-presidente da casa,  10 foram contra, 9 abstenções e 43 faltosos.
Além de ter tido o mandato cassado, Eduardo Cunha  perdeu o foro privilegiado (direito de ser julgado somente pelo STF), agora responderá pelos crimes os quais vem sendo acusado na justiça comum, ou seja, estará sendo julgado pelo juiz Sérgio Moro. Com base na Lei da Ficha Limpa, ele também teve seus direitos políticos cassados, isso significa que Cunha ficará inelegível por 8 anos, só podendo voltar a vida política em 2026.
Durante a sessão que definia o futuro de Eduardo Cunha, ele se manteve frio e não demonstrou em nenhum momento a maneira a qual se sentia ao presenciar a votação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.