terça-feira, 16 de agosto de 2016

O homem que se vende não vale o preço que lhe pagam

Lendo o blog de um amigo, convido a leitura desta postagem, a dignidade do ser humano não pode ser comprada a preço de bolo, numa reflexão mais profunda olhamos a situação do país e vemos um lamaçal e uma fedentina que você contribui toda vez que vende  o seu voto. A que preço, que prática lamentável mais existe demanda, infelizmente. O homem que se vende recebe sempre mais do que vale, mensagem de Barão do Itararé. Deixe de ser medíocre e lembre-se que você tem valor é um cidadão acima de qualquer coisa, voto não tem preço, tem consequência. 
Quem foi Barão de Itararé? Resposta AQUI