quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Cúpula da segurança chega a Nunes Freire para investigar a morte de vereador

Superintendente de Polícia Civil do Interior e Equipes da SPCI já estão em Governador Nunes Freire, para apurar o crime de que foi vítima ontem a noite o vereador Esmilton Pereira, de 45 anos que exercia também o cargo de presidente da Colônia dos Pescadores de Nunes Freire. Ele foi assassinado na porta de sua residência por vários tiros, as 22h50 no povoado Serra Almeida.

Ele votou pela reprovação das contas do ex-prefeito de Nunes Freire, Indelecio Vieira, na segunda-feira, dia 22.
Em menos de dois anos mataram dois vereadores naquela cidade e todas as mortes com características de execução, ou crime de encomenda.

O vereador Paulo Lopes Sales teve o corpo abandonado às margens da BR-316 nas proximidades de Maracaçumé. Um dia antes ele denunciou esquema na Câmara Municipal que envolvia funcionários na contratação de empréstimos consignados.
O vereador foi bastante espancado até a morte. Em 2015, o blogueiro Ítalo Diniz foi executado nas proximidades de sua casa por pistoleiros. Os três crimes continuam insolúveis.

O delegado Dicival Gonçalves encontra-se em Nunes Freire dando apoio ao delegado titular Marcelo para que seja desvendado o assassinato do vereador. As investigações já estão bastante avançadas no sentido de prender todos os envolvidos.

Até o momento as buscas continuam e dois suspeitos já foram identificados.
Por Luis Cardoso