quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Advogado Márlon Reis reage a declaração de Gilmar Mendes sobre a lei da Ficha Limpa

O advogado Márlon Reis, um dos idealizadores da Lei da Ficha Limpa quando era juiz no Maranhão, reagiu ontem (17) à declaração do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, sobre a criação da legislação.
Durante sessão no supremo, Mendes disse que a norma não especifica se as contas dos prefeitos que devem ser examinadas pelas câmaras municipais são de governo e de gestão, o que pode causar confusão na hora de declarar um político inelegível.
Essa lei foi malfeita, eu já disse no plenário. Sem querer ofender ninguém, mas já ofendendo, a lei parece que foi feita por bêbados. É lei malfeita”, comentou o ministro.
Sem entrar diretamente em polêmica com Gilmar Mendes, Reis apenas criticou o que considerou “dano à Ficha Limpa”.
Mantemos o foco: a decisão do Supremo Tribunal Federal que liberou prefeitos com contas rejeitadas causou grande dano à Ficha Limpa”, disse.