terça-feira, 26 de julho de 2016

Morre segunda vítima de assalto e incêndio a residência na cidade de Pirapemas no Maranhão

A segunda vítima do assalto e incêndio a residência no povoado Tiquaras, na cidade de Pirapemas no Maranhão, morreu na manhã desta terça-feira (26), no Hospital Clementino Moura, o Socorrão II, na área da Cidade Operária. 

Maria Francinete Frazão estava internada na UTI do Socorrão II e teve queimaduras de 3º grau. O esposo dela, Raimundo da Conceição Frazão, de 55 anos, também com cerca de 80% do corpo queimado, não resistiu e morreu no dia seguinte à tragédia que causou comoção e revolta na cidade de Pirapemas.

Revoltados porque não encontraram dinheiro, os assaltantes resolveram trancar as pessoas e tocar fogo na residência usando gasolina. No total, seis pessoas ficaram com queimaduras de 2º e 3º graus.

As outras quatro vítimas continuam internadas no Socorrão II. Segundo informações passadas à imprensa, algumas apresentam quadro grave, correndo risco de morte. Por Gilberto Lima