quarta-feira, 2 de março de 2016

Bandidos promovem terror, fazem reféns, atacam banco e deixam 4 policiais feridos em Araguatins

Em uma ação cinematográfica e de extrema ousadia, bandidos fizeram reféns, acuaram a polícia e destruíram a agência do Banco do Brasil, na noite desta terça-feira, 1ª, em Araguatins. A ação começou por volta das 20h30, quando o grupo fortemente armado atacou um restaurante na Avenida Araguaia, ao lado de um posto de combustível. No local os bandidos levaram vários clientes como reféns da ação, para serem utilizados como escudo e evitar o confronto com a Polícia.
Do restaurante, parte do grupo seguiu para a sede da 4ª CIPM onde atacaram o agrupamento policial evitando a saída dos militares. Houve intensa troca de tiros.
Outro grupo seguiu para a agência do Banco do Brasil onde os bandidos explodiram completamente o local. O cenário era de total destruição, chegando a explodir também parte da estrutura de uma loja de eletrodomésticos e veículos que estavam na proximidade.
Foram cerca de 40 minutos de tiroteio entre policiais e os bandidos. Após a explosão o grupo de assaltantes fugiu e o tiroteio se conteve.

A assessoria de comunicação da Polícia Militar de Araguatins ainda não oficializou as informações sobre o ataque que a cidade sofreu na noite desta terça-feira, 1, onde bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil. Nossa equipe foi informada extraoficialmente que 4 policiais ficaram feridos no confronto, mas não correm risco de morrerem.
O clima na cidade é de total terror e medo. Até às 22h30 não havia informação concreta se houveram mortos ou feridos na operação. 
Fonte – Folha do Bico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.