quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Freud Rocha, Coordenador do Bolsa Família de Dom Pedro, explica como funciona o programa e pede ajuda da população para fazer denúncia

Freud Rocha - O bolsa família é um dos mais de 20 programas sociais do governo federal e o cadastramento desses programas é feito numa base que chama cadÚnico. Toda família que tem uma renda de até 3 salários mínimos, podem vir a ser cadastrados, e lá terá uma entrevistadora que perguntará onde a pessoa mora, quais as características do domicílio, quantas pessoas moram se tem crianças estudando e finalmente a renda da família, ou seja de todos que trabalham, onde trabalham qual o serviço e quanto ganham. Todas as informações coletadas e de total responsabilidade da responsável familiar, que geralmente é a mulher. Portanto nem todos que estão cadastrados no cadÚnico (base) necessariamente receberão bolsa família, pois para isso tem que ter o perfil de uma renda per cap (por pessoa) entre R$0,00 a 156,00, mas toda informação passada pelo entrevistado(a) e de responsabilidade dela, porque é auto-declaratório, o entrevistador do cadÚnico não pode confrontar as informações dadas. O que acontece é que a maioria das pessoas declaram renda falsas, tentando assim burlar o sistema e querer receber este benefício que foi criado para combater a pobreza. Ao final da entrevista à pessoa assina testificando que tudo aquilo é verdadeiro. Eu guando entrei nesse trabalho no dia 20.01.2013 pouco tempo depois recebi uma lista do MDS de possíveis nomes que teriam que averiguar a renda, e isso já é o trabalho das assistentes sociais do município, que vão até a residência daquela família e faz ali em local outra entrevista avisando que era necessário para fiscalizar o programa. Portanto foi feito várias visitas durante o ano de 2014 e 2015 de acordo com a lista enviada do MDS e foi constatado várias irregularidades, acontecendo assim o bloqueio de vários benefícios, conforme é sabido por toda a cidade. Quero aqui dizer que não somos nós trabalhadores do programa que liberamos ou concedemos o benefício é sim o governo federal através do MDS (ministério do desenvolvimento social), qualquer cidadão pode fiscalizar este programa, afinal quem paga somos nós contribuinte, e quero aqui desde já pedir mesmo a colaboração da população em denunciar qualquer pessoa que está recebendo irregularmente, pois isso aprimora e da mais moralidade a esse programa tão mal falado. Eu só tenho 3 anos que trabalho, e o programa já tem mais de 10 anos, portanto já tinham muitas irregularidades desde a criação. Quero aqui pedir ao blogueiro que aliás é meu primo que nos ajude a denunciar as pessoas que estão recebendo irregularmente, porque a fiscalização pertence a todos nós. Mais que todos têm acesso a se cadastrar isso tem, bastar procurar o setor do cadÚnico que fica na secretaria de assistência social e passar por uma entrevista. O próprio blogueiro já tinha feito uma reportagem sobre o fato de terem ido na minha casa ameaçar, ( Reveja ) guando nós do programa haviam descoberto irregularidades de ex-funcionários. Portanto estou a disposição na secretaria e peço que quem souber de alguém que recebe irregularmente que faça uma denúncia, pois sua identidade vai ser preservada. Sobre as pessoas envolvidas nesse post, quero dizer que os benefícios estão cancelados., ais uma vez ajude a fiscalizar esse programa denuncie avise-nos que está recebendo irregularmente.

4 comentários:

  1. Grande iniciativa!!

    ResponderExcluir
  2. A corrupção esta presente nas pessoas, devemos dar exemplos.

    ResponderExcluir
  3. O problema de corrupção nesse país é cultural, as pessoas só pensam em benefício próprio,por isso que as coisas estão desse jeito. O governo tem é que acabar com essa esmola.

    ResponderExcluir
  4. Vejo que as fiscalizações devem acontecer, mas com muita responsabilidade e analisadas com critério, para não haver injustiças e evitar que alguém venha ter prejuízo.

    ResponderExcluir

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.