terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

“As forças do Estado não aceitarão qualquer tipo de resistência e a reação será à altura”, diz Jefferson Portela sobre a caçada aos assaltantes do Banco do Brasil na cidade de Colinas-Ma

Por Gilberto Lima.
Em entrevista ao blog, no início da tarde desta terça-feira (16), o Secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, disse que a ordem do comando para as forças policiais é que as operações de caçada à quadrilha que assaltou o BB da cidade de Colinas somente sejam cessadas após a completa desarticulação e prisão de todos os envolvidos. 

Segundo ele, o bando está sendo caçado com toda a força da polícia do Maranhão, que não aceitará resistência.

“Estamos vendo o deslocamento das equipes na região. Está todo mundo mobilizado. Á noite toda houve mobilização e não haverá interrupção. A ordem do comando é para pegá-los. As forças de segurança reagirão à altura, em caso de qualquer resistência ou tentativa de enfrentamento. A resposta será dura”, disse o secretário.

Portela disse que o comandante da Polícia Militar, cel. Francisco Pereira, seguiu para a cidade de Colinas em um helicóptero do Centro Tático Aéreo, na manhã de hoje, com objetivo de acompanhar de perto as ações das forças policiais, que contam com o reforço da Companhia de Operações e Sobrevivência em Área Rural (COSAR).

“O helicóptero está dando apoio às buscas por terra. O COSAR é uma tropa preparada para o enfrentamento zona rural e em perseguição em áreas de difícil acesso. As equipes só vão retorna quando forem finalizadas as buscas aos criminosos, que agiram de forma covarde e violente, vitimando uma jovem desarmada que não ato contra eles. Um ato covarde e inaceitável”, acrescentou o secretário.

Neste momento das buscas, segunda Portela, os polícias tentam descobrir quem pode estar dando apoio à quadrilha na região, pois os assaltantes não conseguiram sair para outras cidades, pois todas as saídas estão fechadas. “Nossos homens conseguiram fechar imediatamente todas as saídas para outras cidades. A quadrilha dever estar abrigada em alguma aérea, alguma fazenda. Vamos prendê-los até o fim do dia”, disse.

Ele suspeita que as quadrilhas que assaltam bancos no Maranhão são integradas por assaltantes interestaduais, que contam com o apoio de assaltantes maranhenses. “Sabemos que eles têm uma conduta integrada de crimes. Os assaltantes daqui apoiam os de outros estados, e de fora apoiam assaltantes maranhenses quando em ação fora do estado. Vamos identificar quem participou diretamente e aqueles que possam ter dado apoio a essa ação criminosa”, ressaltou Portela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.