sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

A mídia vai até onde está o povo ou o povo vai até onde a mídia está?

Um estudo da Fundação Getúlio Vargas mostrou que mais de 80% dos brasileiros sabem que as leis de nosso país são fáceis de serem burladas. Outras admitem que o brasileiro sempre consegue “dar um jeitinho”.
Hoje em dia é mais fácil acreditar na imprensa do que na justiça. A maior prova disso foi que o nível de confiança que a população tem nos jornais, blog e portais cresceu de 44% para 70%, enquanto em relação á justiça, caiu de 48% para 20%.
O Poder Judiciário não se encontra mais em uma posição confortável perante a sociedade. Também pudera, os últimos atos foram cruciais.
Um exemplo claro: a ex prefeita Lidiane Leite, mais conhecida como Prefeita Ostentação. Essa mulher desviou milhões de verbas da educação, ficou foragida, se entregou, e ficou “detida” em uma cela especial. Tudo que aconteceu com a ex prefeita de Bom jardim não foi baseado em leis, pois a mesma nem curso superior tem.  O que acontece é que o judiciário soltou Lidiane, mesmo sabendo que ela ficou foragida por mais de 1 mês. Isso faz a população desacreditar totalmente nas leis e principalmente no judiciário.
Já a imprensa escrita ganhou muita credibilidade com o brasileiro, é considerada uma das instituições de maior confiança.
Por isso o povo vai até onde a mídia estar, os blogs e jornais possuem um papel avassalador no que se trata de manter o brasileiro informado. Estes possuem também uma capacidade de influenciar nas opiniões, incentivar o questionamento crítico e levar ao conhecimento público as irregularidades ocorridas.
A imprensa escrita tem influenciado e também tem contribuído muito para o crescimento intelectual do povo. Principalmente os blogs, pois estes são uma forma mais dinâmica de termos conhecimento do cotidiano.
A Justiça mesmo caindo no descrédito, ainda é a instituição de maior importância. Porém, em muitos casos ela tem deixado a desejar, talvez por ser muito técnica, por não ser casual, por ser previsível, ou talvez por termos mesmo leis brandas e não termos fiscalização.
A imprensa escrita precisa manter esse voto de confiança e sempre trabalhar do lado do povo, a justiça precisa ouvir mais o anseio popular a respeito dos assuntos de grande repercussão. Precisamos ver a mídia denunciar e o judiciário condenar os corruptos. Fonte - Riquinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.