quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Idoso de 84 anos é preso por não pagar pensão alimentícia do neto

Um idoso de 84 anos foi preso na Delegacia Territorial de Jaguaquara por ordem judicial. Arlindo Menezes Nogueira, morador do Entroncamento de Jaguaquara, foi preso na segunda-feira (23), por não ter pago a pensão alimentícia do seu neto.
A Justiça, com base na Lei que diz que avós podem ser convocados a pagar pensão alimentícia, quando os pais não têm condições de arcar com a dívida, determinou que Arlindo pagasse a pensão, porque o filho dele, que reside no Estado de São Paulo, não assumiu a responsabilidade.
A dívida de R$ 2 mil reais foi parcelada e o senhor Arlindo foi liberado nesta última terça-feira (24), após passar um dia e uma noite na prisão.

Opinião de (PRIMEIRA) 

Até quando a justiça brasileira vai punir e condenar  inocentes por erros dos outros ?. A Lei deveria  punir sim  os verdadeiros culpados. No caso  do senhor Arlindo, que é mais uma vitima das irresponsabilizabilidades do filho, a  justiça poderia pelo menos rever o seu estado de saúde e a idade avançada que este homem ja tem, que também  compromete a honra e a moral  de um cidadão.
Mais Irresponsável foi o magistrado, em colocar uma pessoa de bem atras  das grades por causa da vaidade uma mulher que não conteve seus insaciáveis desejos  com um homem que talvez  nem o conhecia direito.
É hora desses parlamentares tomarem posições, e mudarem alguns artigos desta infame e rabugenta constituição brasileira     


Um comentário:

  1. É caros amigos nossa justiça falha!!!! Pra vc ver um inocente senhor idoso cidadão pagador de imposto ser preso por algo que nao fez e os verdadeiros ladroes em Brasília puxando o saco de Eduardo cunha.. . Brincadeira viu essa justiça do nosso país. ...

    ResponderExcluir

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.