sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Jornal chama Dilma Rousseff de “louca” em manchete e sugere internação

O portal Imprensa destaca que, no último dia 15 de outubro, o jornal Hora do Povo chamou Dilma Rousseff de “louca” e comparou a presidente com Maria I, que governou Portugal e teve doença mental nos últimos anos de vida, para comentar o momento político do país e atitudes da chefe de estado.

A manchete “Louca inicia terceira onda de cortes e impostos para engordar bancos” foi publicada com uma foto de Dilma com os olhos tortos e a chamada “por menos que isso, D. Maria I foi internada”. Procurada, a assessoria de imprensa do Planalto afirmou que não vai comentar o assunto.

A publicação é editada pelo Instituto Brasileiro de Comunicação Social, sob edição-geral de Clóvis Monteiro Neto. Segundo o site, o jornal tem sede em São Paulo (SP) e sucursais no Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Salvador (BA), Recife (PE) e Belém (PA).

Todos os telefones citados no site da publicação constaram como não existentes ou incorretos. Por e-mail e Facebook, ainda não houve resposta. O post dessa edição na rede social tem mais de 3 mil curtidas e 1 mil compartilhamentos. Nos comentários, muitos internautas repetiram a expressão usada pelo jornal e acrescentaram ofensas e xingamentos.

Essa não é a primeira vez que o jornal chama Dilma de “louca”. Outras edições recentes continham essa expressão, além de termos como “desalmada” e “traidora”. Em sua página no Facebook, o veículo se descreve como um periódico de “Notícias, cultura, política, história, filosofia, educação e esportes” e informa que circula nas bancas às quartas e sextas-feiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.