segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Lei que proíbe uso de pipas em áreas urbanas é aprovada em Santa Inês-Ma

Em Santa Inês, a 250 km de São Luís, uma lei municipal proibiu a brincadeira de empinar pipas em áreas urbanas. Várias pessoas já morreram vítimas do cerol, a mistura de cola e vidro usada nas linhas. De acordo com a lei, as limitações feitas à brincadeira na cidade são necessárias devido ao risco que ela traz à integridade física e à vida das pessoas.
A legislação não só restringe a prática da brincadeira para aqueles que utilizarem o cerol. Segundo ela, as pipas só poderão ser empinadas em regiões de fazenda, sítios ou áreas de recreação, distantes a 500 metros da rede de transmissão elétrica. A venda da linha chilena também entrou na proibição.
Para os que descumprirem a determinação, a punição virá em forma de advertência, apreensão do brinquedo ou em multa. O vereador autor do projeto, Akson Lopes (DEM), relatou que o intuito do projeto é prevenir e diminuir o índice de acidentes com o cerol. “Serve para conscientizar os pais de que os filhos podem estar colocando a própria vida em risco”.
A lei começou a repercutir na cidade e já tem apoio da maioria, principalmente, de quem está mais exposto ao perigo: os motociclistas. José Antônio Cardoso, que ganha a vida como mototaxista diz que apoia a lei. “É bom acabar com esse movimento de pipas na cidade porque é muito perigoso para nós que trabalhamos com moto”.
Mesmo com netos pequenos que brincam de pipa, o pedreiro Abraão Marques de Sousa, diz que sabe do perigo e que agora vai ser o jeito procurar alternativas. “Procurar outra brincadeira que não prejudique ninguém. É muito melhor”, falou. Do G1/Ma

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Zaidan de Sousa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.