sexta-feira, 1 de maio de 2015

O compromisso da gestão Hernando Macedo com Dom Pedro é um compromisso sério e transparente.

Após 28 meses de gestão e com todos os problemas encontrados e enfrentados estamos avançando, não é do perfil da gestão falar de passado, mas vale a pena lembrar de alguns problemas herdados.
Quase 2 milhões já foram retirados das contas da prefeitura para pagar precatórios (“Precatórios são decisões judiciais definitivas e que devem ser cumpridas pelo Poder Público. Os precatórios representam verdadeiros títulos judiciais emitidos para o pagamento pelo Poder Público ao particular vitorioso na demanda judicial”), essa dívida foi deixada pelas gestões anteriores, por não cumprirem corretamente as Leis, principalmente as trabalhistas, causando um grande estrago financeiro nas contas do nosso município, é importante ressaltar que essa dívida pertence as várias gestões anteriores.
Outro problema também muito grave, que atrapalhou o planejamento financeiro da nossa gestão, foram as retiradas feitas nas ultimas horas de 2012 que esvaziaram as contas deixando salários atrasados, alugueis atrasados, quase 300.00,00 em contas com a CEMAR e outros débitos com fornecedores essenciais para o funcionamento da cidade, como coleta de lixo e medicamentos, sem falar nos problemas com projetos federais, merenda escola e transporte escolar, esses programas não estavam recebendo a prestação de contas obrigatória e deixaram Dom Pedro inadimplente tanto no Estado quanto no Governo Federal. Demoramos muito tempo para regularizar essas inadimplências, sabemos o quanto são demorados os processos, até o nosso carnaval de 2015 foi prejudicado por essa inadimplência herdada, os recursos destinado a Dom Pedro não puderem chegar, pois o município estava "sujo" com a secretaria de Estado da Cultura, por não prestar contas de repasses feitos nos anos de 2009 a 2012.
No ano de 2014 a prefeitura fez com recursos próprios uma grande limpeza nos córregos da cidade, maquinas e pessoas trabalhando por muitas horas custaram caro, porém, era extremamente necessário, o que poucos sabem é que durante a gestão anterior foram destinados a Dom Pedro 5 milhões para uma obra de canalização dos córregos, com construção de galerias e todo o recurso foi desviado, para o Governo Federal nossa cidade não tem mais córregos a céu aberto e isso dificulta gestão atual de captar recursos para os projetos de saneamento básico, pois não podemos mais receber recursos destinados a mesma finalidade até provarmos que os serviços não foram executados.
Toda a população é testemunha de como recebemos a saúde e de tudo que fizemos até agora, 48 meses de aluguel atrasados, lixo hospitalar amontoado no hospital, dispensa de medicamentos vazia, estrutura totalmente precárias do hospital municipal e dos poucos postos de saúde abertos, pois a maioria deles estava com obras abandonadas e os recursos escassos. Sem falar na ausência constante de médicos e equipamentos. Os programas federais CEO, CAPS e Farmácia Básica só funcionavam no papel.
Na educação encontramos escolas que a anos não recebiam reforma, sem carteiras, sem merenda, o transporte escolar era feito em caminhões, sem conforto e segurança, colocando em risco a vida de centenas de estudantes, sem falar que quando não eram pagos, os donos dos caminhões não transportavam os alunos que ficavam semanas sem ir a escola. Outro ponto grave foi o desvio de grande parte do recurso destinado à compra de carteiras escolares, aparelhos de ar condicionado e móveis para as escolas, esse recurso foi sacado criminosamente nas ultimas horas de 2012.
Muitos outros problemas foram encontrados nesses últimos 28 meses da nossa gestão, porém, hoje o que realmente importa é que não desistimos, não desanimamos e muito temos feito para melhorar a vida do dompedrense. Os salários são pagos em dia e dentro do mês trabalhado, nossa saúde, apesar dos recursos federais não serem suficientes para mantê-la, tem recebido atenção especial e mensalmente recebe contrapartida do FPM, pois a gestão atual prioriza a saúde e usa mais recursos do que o que a Lei determina, temos médicos no nosso hospital e postos de saúde, vale lembrar que os postos de saúde foram reformados ou até mesmo reconstruídos e que hoje contam com estrutura completa e equipes preparadas para atender a todos.
Nossos programas Farmácia Básica, CEO, CAPS, assim como os programas e projetos da Assistência Social, CREAS CRAS, cursos profissionalizantes, apoio ao idoso, a criança e a gestante estão todos funcionando, temos advogados, psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, reforço escolar, aulas de musica, esporte e muitas outras atividades que juntas formam o maior projeto social da região. Nossas escolas anualmente passam por reformas e recebem constantemente melhorias, 100% das nossas escolas, tanto na sede como nos povoados, estão com carteiras novas, nosso transporte escolar e nossa merenda são para a gestão o maior compromisso com os alunos e pais de alunos. Estamos trabalhando para melhorar os índices escolares e buscando constantemente projetos e parcerias que possam capacitar nossos profissionais, todo esse trabalho do presente é a nossa forma de contribuir para um futuro melhor para todos.
Estamos trabalhando para que Dom Pedro seja uma das melhores cidades para se viver no Maranhão, queremos que o dompedrense tenha orgulho de dizer que mora aqui, tenha motivos para não sair daqui e vontade de voltar a morar aqui. Estamos construindo mais do que estrutura física, estamos trabalhando para que o cidadão tenha consciência de que sua participação na sociedade é de extrema importância, estamos trabalhando para que o cidadão tenha consciência de que trabalhar por Dom Pedro é tão importante quanto votar, que não jogar lixo na rua é tão importante quanto limpar, que preservar o patrimônio publico é tão importante quanto consegui-lo.
Projetos como o Lourenção, as quadras, as novas escolas, o hospital, os milhões em asfalto, a coleta de lixo, a iluminação pública, merenda e transporte escolar, salários em dia, saúde e educação de qualidade, agricultura familiar, desenvolvimento econômico, cultura e lazer só farão sentido se estivermos preparados para fazer com que tudo isso seja constante e crescente, precisamos cuidar do que é nosso, precisamos valorizar e preservar o que temos e apoiar aqueles que trabalham para que tenhamos cada vez mais e mais qualidade de vida em nossa querida Dom Pedro, afinal o futuro já começou!