quarta-feira, 22 de abril de 2015

Jardineiro morto em Codó teria matado pai do executor há seis anos

Informações preliminares apontam que o jardineiro morto na última segunda-feira (20), no município de Codó, teria matado o pai do executor há cerca de seis anos.
O pai do homem, que teria sido morto por José Wilson Moraes, foi identificado apenas como Leonardo. O crime ocorrido no início desta semana teria sido então motivado por vingança. A polícia ainda está investigando o homicídio.

Entenda o caso:
Um jardineiro identificado como José Wilson Moraes da Silva, de 46 anos, foi executado na porta da casa onde trabalhava nesta segunda-feira (20), no município de Codó.
O crime ocorreu em frente a residência do empresário Francisco Carlos de Oliveira, patrão do jardineiro. Imagens do sistema de monitoramento mostraram toda ação do criminoso, que estava esperando o homem na calçada da rua.


Do G1/Portal