sábado, 21 de abril de 2018

Suplente de vereador Sandro Pinheiro é assassinado com 5 tiros no interior do Maranhão

O suplente de vereador e promotor de eventos, Sandro Pinheiro dos Santos, mais conhecido pelo apelido de “Sandro do Abelha”, de 30 anos, foi executado com cerca de 5 tiros à queima roupa no povoado Abelha, localizado às margens da rodovia MA-119,  há 3 km da cidade de Lago do Junco.

O crime aconteceu no final da noite de sexta-feira (20), na porta do clube, local onde a vítima morava e promovia suas festas bastantes conhecidas na região dos lagos.

Passava das 23 horas, quando dois homens chegaram em uma moto Bros, o garupa desceu e falou para as pessoas que estavam no local: “Ninguém se mexe!” A vítima  estava sentada na porta do salão e foi atingida com 5 disparos à queima roupa, sendo 4 tiros no rosto, e um no peito.

Sandro do Abelha  morreu no local. Os criminosos fugiram com destino ignorado.

Sandro morava com Fátima, já num segundo casamento e  deixa 4 filhos. Ele também trabalhava como corretor de imóveis e empréstimos consignados (aposentadoria). Era natural de Lago da Pedra.

Nas eleições de 2016, Sandro do Abelha concorreu a vaga de vereador pelo PSDB; ele recebeu 226 votos, ficando na suplência.

A policia esteve no local, realizou  os primeiros levantamentos sobre mais um assassinato em nossa região com características de crime encomenda.

Fonte Blog do Carlinhos

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Entra em vigor pena maior para motorista bêbado que mata em acidente


Entra em vigorar nesta quinta-feira (19) a Lei 13.546/2017, que ampliou as penas mínimas e máximas para o condutor de veículo automotor que provocar, sob efeito de álcool e outras drogas, acidentes de trânsito que resultarem em homicídio culposo (quando não há a intenção de matar) ou lesão corporal grave ou gravíssima. A nova legislação, sancionada pelo presidente Michel Temer em dezembro do ano passado, modificou artigos e outros dispositivos do Código Brasileiro de Trânsito (Lei 9.503/1997).

Antes, a pena de prisão para o motorista que cometesse homicídio culposo no trânsito estando sob efeito de álcool ou outras drogas psicoativas variava de 2 a 5 anos. Com a mudança, a pena aumenta para entre 5 e 8 anos de prisão. Além disso, a lei também proíbe o motorista de obter permissão ou habilitação para dirigir veículo novamente. Já no caso de lesão corporal grave ou gravíssima, a pena de prisão, que variava de seis meses a 2 anos, agora foi ampliada para prisão de 2 a 5 anos, incluindo também a possibilidade de suspensão ou perda do direito de dirigir.

As alterações no Código Brasileiro de Trânsito (CBT) também incluem a tipificação como crime de trânsito a participação em corridas em vias públicas, os chamados rachas ou pegas. Para reforçar o cumprimento das penas, foi acrescentada à legislação um parágrafo que determina que "o juiz fixará a pena-base segundo as diretrizes previstas no Artigo 59 do Decreto-Lei 2.848, de 7 de dezembro de 1940 (Código Penal), dando especial atenção à culpabilidade do agente e às circunstâncias e consequências do crime".

Para a professora Ingrid Neto, doutora em psicologia do trânsito e coordenadora de um laboratório que pesquisa o tema no Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), uma legislação que endureça as penas para quem comete crimes de trânsito é importante para coibir a prática, mas não pode ser uma ação isolada. "Quando a gente fala em segurança do trânsito, estamos tratando desde as ações de engenharia e infraestrutura das vias, o trabalho de educação no trânsito [voltado à prevenção], e o que chamamos de esforço legal, que é justamente uma legislação dura, que as pessoas saibam que ela existe, mas combinada com um processo efetivo de fiscalização", argumenta.

Para Ingrid, por mais dura que seja um legislação, ela não terá efeitos se não vier articulada com outras iniciativas complementares. "Na lei seca [que tornou infração gravíssima dirigir sob efeito de álcool] nós vimo isso. No começo, houve uma intensa campanha de educação e fiscalização, o que reduziu de forma significativa o índice de motoristas que bebe e insistem em dirigir, mas a partir do momento que a fiscalização foi reduzida, as pessoas se sentiram novamente desencorajadas a obedecer a lei", acrescenta.

Mafiosos se dedicam a atacar Secretaria de Saúde para esconder seus crimes bárbaros, diz Flávio Dino


O governador Flávio Dino se manifestou sobre a sequência de ataques feita pelo império midiático da família Sarney e seus subservientes em relação a saúde no Maranhão. A sanha desesperada deles é saber que, em apenas três anos e meio, o atual governo aumentou em 40% o números de leitos no estado e melhorou a vida de muitos maranhenses.

“Por que notórios mafiosos se dedicam a atacar a Secretaria de Saúde? Para esconder seus crimes bárbaros e para tentar voltar ao poder a qualquer preço. São pessoas abjetas, que só pensam em suas fortunas pessoais e seus privilégios”, disparou o governador nas redes sociais.

Flávio Dino se refere, sobretudo, aos crimes cometidos durante os 50 anos de oligarquia Sarney, que, além de surrupiar os cofres públicos de todas as formas, deixaram o Maranhão com os piores índices sociais do Brasil. Esse talvez tenha sido o maior crime cometido pela máfia.

Além disso, a indignação de Dino também diz respeito ao esquema montado na saúde pelo ex-secretário Ricardo Murad, classificado pela Polícia Federal como chefe de organização criminosa que roubou R$ 1,2 bilhão dos cofres maranhenses. As investigações sobre os supostos esquemas na saúde tiveram início exatamente no governo Roseana.

A revolta de Flávio Dino com a postura infame dos sarneyzistas tem razão de ser.

terça-feira, 17 de abril de 2018

Valdir da “Toca do Valdir” morreu nesta terça-feira (17) após sofrer uma parada cardíaca. A fatalidade ocorreu por volta das 20h30

Nesta terça-feira, por volta das 16:00 horas durante o trabalho, Valdir se sentiu mal, familiares acionaram o SAMU  e de imediato foi levado às pressas para o Hospital Regional de Presidente Dutra ( Socorrão) onde morreu em decorrência de uma parada cardíaca.

Valdir deixa filhos e Netos

Senado aprova projeto que obriga escolas a combaterem bullying


O Senado aprovou, nesta terça-feira (17), o projeto que obriga as escolas a desestimularem seus alunos à prática do bullying. Em votação simbólica, os senadores aprovaram a proposta, que segue agora para sanção presidencial.

O projeto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação para incluir, entre as competências dos estabelecimentos de ensino, a promoção de medidas de prevenção e combate a todos os tipos de violência, em especial a “intimidação sistemática”, mais conhecida como bullying. Além disso, coloca como atribuição das escolas o estabelecimento de ações destinadas à promoção da “cultura da paz” nas escolas.

Além das atitudes típicas de bullying, a matéria busca combater outros tipos de violência como agressão verbal, discriminação, práticas de furto e roubo, ameaças e agressão física.

Ao relatar a matéria, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) utilizou um dado para comprovar a importância de medidas de conscientização sobre o problema. Um estudo feito em 2016 pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, em parceria com o Ministério da Educação, aponta que 69,7% dos estudantes presenciou algum tipo de agressão dentro da escola.

Na mesma sessão, os senadores aprovaram a proposta que inclui o tema educação alimentar e nutricional nos conteúdos das disciplinas de ciências, no ensino fundamental, e biologia, no ensino médio. Com o objetivo de diminuir os índices de obesidade infantojuvenil, a matéria entrará em vigor seis meses após ser sancionada pelo presidente Michel Temer, o que deverá ocorrer nos próximos dias.

Juíza condena dentista a pagar R$ 50 mil por obrigar garoto a passar fezes no rosto


A juíza Junia Maria Feitosa Bezerra Fialho, da 4ª Vara Criminal de Teresina, condenou um dentista a pagar indenização no valor de R$ 50 mil para a família de um garoto de 11 anos, que foi obrigado a passar fezes no próprio rosto sob a mira de um revólver. O caso aconteceu em 2015 no bairro Acarape, na zona Norte da capital. A decisão foi publicada no site do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI).

Segundo relato da vítima no processo, no dia que aconteceu o fato, o menino estava indo na companhia da irmã levar alguns salgados que eram produzidos por sua mãe, até uma residência. Na volta, a irmã sentiu vontade de defecar, tendo o feito em frente à casa do acusado, próximo ao carro dele. Neste momento, o dentista saiu de sua residência, armado e obrigou a vítima a passar as fezes em seu rosto.

"O ato de obrigar a vítima a passar fezes no rosto, somente visou a humilhá-lo, ridicularizá-lo frente às demais pessoas, como meio de vingança, em virtude da irmã da vítima ter defecado próximo ao carro do réu. O delito de injúria é consumado no momento que a vítima toma conhecimento da sua prática", disse a juíza em sua decisão.

A defesa alegou que a atitude do acusado foi mera "reprimenda de forma contundente ante o ato infracional praticado reprovável em qualquer sociedade civilizada".

O dentista, que também responde por porte ilegal de arma, chegou a ser preso no dia do crime e conduzido à Central de Flagrantes. Na decisão, a juiza concedeu o direito de ele recorrer em liberdade.

Dentista acusada de racismo contra bebê é presa em Teresina

Deuzuíte teria feito comentários racistas contra um bebê em uma rede social. O caso aconteceu há cerca de um mês em São Raimundo Nonato.
A dentista Delzuite Macedo Ribeiro foi presa na manhã desta terça-feira (17/04) após fazer postagens racistas no Facebook. O caso começou a ser investigado na cidade São Raimundo Nonato, onde mora e trabalha. Ela foi presa em Teresina, onde estaria se escondendo antes de fugir para São Paulo.

O delegado Emir Maria afirmou que mesmo após as denúncias, a mulher continuou com atitudes racistas. "Esta dentista praticou através das redes sociais, em especial o Facebook, a propagação de conteúdos preconceituosos e de ódio contra a população negra. Foi instaurado inquérito em São Raimundo Nonato e em razão dela não ter se apresentado na polícia local e ainda continuar maculando a população negra, a delegada representou pela sua prisão provisória e o juízo da comarca a decretou e nós começamos a diligenciar na capital, tendo em vista que tínhamos informações de que ela se encontrava escondida em Teresina", disse.

"Logramos êxito e descobrimos que ela estava no hotel do Sinte, hospedada, com destino a São Paulo e hoje por volta de 6h20 fomos ao Sinte e demos cumprimento da ordem de prisão expedida contra ela", concluiu o delegado.


O que fazer quando um aparelho é danificado por queda de energia?


Chuvas torrenciais vêm causando grandes e vários transtornos em todo o Maranhão. E basta o período de chuva chegar para trazer a preocupação com equipamentos elétricos, em virtude de fortes tempestades que causam enchentes, quedas e falhas no fornecimento de energia elétrica.

Em decorrência disso, cresce o número de reclamações de consumidores em razão de aparelhos queimados devido à sobrecarga de energia. A queima, geralmente, acontece quando a energia é restabelecida, o que causa maior corrente e tensão. Nesses casos, a concessionária de energia deve arcar com o prejuízo causado ao consumidor.

De acordo com o artigo 22 do Código de Defesa do Consumidor, as empresas ou concessionárias de energia possuem a obrigação de fornecer serviços adequados, eficientes e seguros. Caso haja o descumprimento dessas obrigações, incluindo queima de aparelhos, a distribuidora de energia é obrigada a arcar com o prejuízo.

Além disso, segundo os artigos 203 a 211 da Resolução 414/2010, da Aneel, o primeiro passo é solicitar o ressarcimento à distribuidora de energia. Para isso, é preciso entrar em contato com a empresa em até 90 dias, a contar da data provável em que o equipamento foi danificado.

Após a solicitação, a distribuidora de energia possui o prazo de dez dias corridos para inspecionar o equipamento eletrônico danificado. Essa inspeção pode ser realizada em uma oficina autorizada pela distribuidora, na unidade consumidora, além da própria distribuidora, quando esta retira o equipamento para análise. Assim, o consumidor não deve consertar o equipamento antes dessa avaliação ser realizada.

Em seguida, a distribuidora tem até 15 dias corridos para informar ao consumidor o resultado da análise do pedido de ressarcimento. Quando houver qualquer pendência de responsabilidade do consumidor, o prazo fica suspenso. Se comprovada a queima por conta de descarga elétrica, a distribuidora tem até 20 dias corridos para efetuar o conserto, providenciar o pagamento em dinheiro ou substituir o equipamento danificado.

É preciso que o técnico comprove se esse dano foi mesmo provocado pela falha na distribuição de energia. Uma vez comprovado, se a concessionária de energia se recusar a realizar o ressarcimento do prejuízo, é importante que o consumidor formalize sua reclamação em uma das 50 unidades físicas do Viva/Procon.
As reclamações também podem ser formalizadas pelo site do órgão, redes sociais ou aplicativo disponível para Android e IOS.

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Grave acidente BR-226 em Tuntum tira vida de quatro pessoas


Em um grave acidente ocorrido na noite deste domingo (15), por volta das 19:00 horas, nas proximidades do povoado Côco da Macena, na BR-226, entre duas motos deixou quatro mortos e uma criança ferida.
Um homem conhecido como Fernando, residente do povoado Araras,  na BR- 226, no município de Tuntum, pilotava uma das motos que se chocou com outra pilotada  outra por  Toinho, que na ocasião levava na garupa sua esposa e duas  filhas,
Morreram no local o dois condutores, a esposa do Toinho e uma das filhas. A outra criança que sobreviveu foi levada para o Hospital Socorrão de Presidente Dutra gravemente ferida.

Fonte: Blog Pedro Jorge

domingo, 15 de abril de 2018

Lula tem 31%, Bolsonaro, 15%, Marina, 10%, aponta pesquisa


Uma pesquisa do Instituto Datafolha foi divulgada neste domingo (15) pelo jornal "Folha de S.Paulo" com índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018. Foram feitas 4.194 entrevistas entre 11 e 13 de abril, em 227 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.
  • ·        Lula (PT): 31%
  • ·        Jair Bolsonaro (PSL): 15%
  • ·        Marina Silva (Rede): 10%
  • ·        Joaquim Barbosa (PSB): 8%
  • ·        Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
  • ·        Ciro Gomes (PDT): 5%
  • ·        Alvaro Dias (Podemos): 3%
  • ·        Manuela D'Ávila (PC do B): 2%
  • ·        Fernando Collor de Mello (PTC): 1%
  • ·        Rodrigo Maia (DEM): 1%
  • ·        Henrique Meirelles (MDB): 1%
  • ·        Flávio Rocha (PRB): 1%
  • ·        João Amoêdo (Novo): 0
  • ·        Paulo Rabello de Castro (PSC): 0
  • ·        Guilherme Boulos (PSOL): 0
  • ·        Guilherme Afif Domingos (PSD): 0
  • ·        Em branco / nulo / nenhum: 13%
  • ·        Não sabe: 3%

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Lula recebe primeiras visitas desde sua prisão na carceragem da Polícia Federal de Curitiba


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quinta-feira (12), na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba, a visita dos filhos Fábio Luís, Luís Claudio e Lurian e do neto Thiago, acompanhados do advogado Cristiano Zanin Martins. Foi a primeira visita ao ex-presidente desde que ele foi preso, no dia 7 deste mês, em São Bernardo do Campo (SP).

Do lado de fora, grupos que permanecem em vigília pedindo a libertação de Lula fizeram debates e receberam parlamentares do PT, entre os quais os deputados Carlos Zarattini (SP) e Henrique Fontana (RS). Ainda para hoje está prevista a realização de um ato com a participação da presidente do partido, senadora Gleisi Hoffmann (PR).

Dirigentes do PT criticam as condições em que o ex-presidente está preso, principalmente a dificuldade de visitar Lula. Na terça-feira (10), a 13ª Vara Federal de Curitiba negou autorização para a entrada de nove-governadores e três senadores na carceragem para uma visita ao ex-presidente.

(Agência Brasil)

Médico Mariano é encontrado enforcado


O médico Mariano de Castro Silva, ex-assessor especial da Secretaria Estadual de Saúde do Maranhão (SES), foi encontrado morto na noite de quinta-feira (12), em seu apartamento, na cidade de Teresinha, no Piauí.

Equipes da Polícia Civil e do Instituto Médico Legal (IML), foram até o local para realizar os procedimentos de perícia e constatar se houve suicídio.
Em seu apartamento, Mariano cumpria prisão domiciliar por determinação do Tribunal Regional Federal da Primeira Região. Ele havia sido preso no final do ano passado na Operação Pegadores da Polícia Federal.

Mariano iniciou carreira medica no Maranhão nas cidades de Caxias, Coroatá e assumiu cargo relevante na Secretaria de Saúde.

A Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão, emitiu nota de solidariedade ao médico Mariano de Castro Silva, que recorreu ontem ao suicídio em seu apartamento, em Teresina.

--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--x--


O coordenador do Instituto de Medicina Legal de Teresina (IML) e médico-legista, André Biondi Ferraz, falou para o Portal GP1, do Piauí, que aparentemente o médico Mariano de Castro e Silva foi vítima de um tipo de asfixia, mas que não sabe ainda de qual tipo.


Segundo o médico-legista, a morte de Mariano pode ter sido suicídio ou homicídio. “O corpo chegou na noite e foi examinado pelo médico-legista. E a causa morte aparentemente está por asfixia, mas ainda está sendo delineado. A asfixia pode ser suicídio ou homicídio, mas ainda não dá para a gente antecipar. O mais adequado é a gente aguardar o laudo do médico-perito”, explicou.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

A palavra agora é: SOLIDARIEDADE! Agradecemos todos que estão fazendo a sua parte, prestando solidariedade aos desabrigados e vítimas da enchente em Tuntum -Maranhão

Nosso lado político ficou para trás, 
aqui é o nosso lado Humanitário.









Medico Rafael Seabra sofre acidente na MA-256 próximo a Gonçalves Dias


O médico Rafael Seabra, filho do presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Cleomar Tema, se envolveu num acidente automobilístico no início da manhã desta quinta-feira (12), por volta das 06:00 da manhã na MA-256, próximo ao município de Gonçalves Dias, na estrada que esta servindo de desvio pelos motoristas para se chegar a Presidente Dutra, após o trecho ser cortado por conta das fortes chuvas que fustigam a região.

Rafael colidiu com um jumento que cruzou a frente do veículo, não tempo para o condutor desviar. O impacto provocou a morte do animal e o veículo, uma Hilux, ficou  bastante danificada. Rafael Seabra sofreu ferimentos sem muita gravidade.
Com informações Pedro Jorge

DOM PEDRO: desvio de trânsito causa engarrafamento na MA 256

Mudança ocorreu após rompimento da BR 135 entre Dom Pedro e Presidente Dutra. A grande movimentação de veículos de grande porte contribuiu para congestionamento e destruição da MA 256.


O trabalho de recuperação do trecho da BR-135 rompido na altura do km 325 na saída para Dom Pedro a seis quilômetros de Presidente Dutra próximo ao povoado Vajão, teve início na manhã desta quarta-feira (11). Imagens colhidas pela equipe de reportagem da TV Cidade de Presidente Dutra no final da tarde, mostram que o tráfego de veículos continua suspenso.

O nível da água baixou e as máquinas estão trabalhando normalmente; uma grossa camada de brita está sendo colocada para receber os tubos por onde as águas serão escoadas. Uma pequena passagem foi construída para facilitar o vai e vem de pedestres.






terça-feira, 10 de abril de 2018

Mulher é ameaçada por ex-namorado, que debocha da polícia e diz que vai matá-la

BR-135 corta entre Dom Pedro e Presidente Dutra


Devido as fortes chuvas que estão caindo na Região Central do Estado a BR-135 no trecho entre Dom Pedro e Presidente Dutra, mais precisamente a 5 km de Presidente Dutra acaba de cortar, causando um transtorno enorme devido à ligação entre as região centro-sul maranhense e a capital do Estado.

Por Pedro Jorge

TUNTUM: Chuva deixa centenas de desabrigados

A chuva intensa dos últimos dias tem provocado uma série de transtornos em Tuntum. A cidade já emitiu um decreto de emergência. Mais de 200 casas foram invadidas pela água e 200 famílias ficaram desabrigadas. A cidade disponibilizou o Ginásio de Esportes da cidade, para os desabrigados.
Além das pessoas que perderam a moradia, mais de 200 estão recebendo assistência, como doações e atendimento psicológico, por terem sido impactadas de alguma forma pelo temporal.










Por meio de nota, Corpo de Bombeiros diz que não houve acidente aéreo em Conceição do Lago Açu


O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) informou, na tarde desta segunda-feira (9), que não houve nenhum registro de aeronave desaparecida no Maranhão, negando as informações que circulam nas redes sociais desde a noite desse domingo (8).

Segundo a nota, o CBMA recebeu, na noite de domingo, algumas solicitações para o atendimento a uma ocorrência de uma possível queda de aeronave na cidade de Conceição do Lago Açu, localizada na região da baixada maranhense.

Viaturas foram enviadas até o local para averiguarem a situação, porém, de acordo o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DETECEA), não houve nenhum registro de aeronave desaparecida.

Ainda pela manhã, em entrevista ao jornalista Gilberto Lima, no programa Comando da Manhã, na Rádio Timbira, o Cel. Célio Roberto informava que dificilmente uma aeronave teria caído no local indicado, pois as equipes, até por volta de 10h30, não havia encontrados nenhum vestígio da suposta queda.

Por GilbertoLima

Carreta que teve carga de Whisky roubada é recuperada pela Policia Rodoviária Federal no povoado Baú

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu, na madrugada de domingo (8), uma ocorrência no km 85 da BR-226 no Povoado Baú, em Caxias. Uma carreta que transportava uma carga de bebidas foi encontrada abandonada no local.
Segundo informações, a carreta havia sido incluída no sistema da PRF, cujo tipo de registro atestava “perda de sinal”. A empresa de rastreamento havia entrado em contato com a unidade operacional de Caxias afirmando que o veículo havia sido roubado no posto fiscal de Timon.

Outros informes obtidos de grupos de whatsapp de polícia atestavam também que se tratava de veículo roubado com o intuito de ser desviada a sua carga de bebida alcoólica, avaliada em mais de R$ 600 mil, tipo whisky, de variadas marcas, que tinha como destinatário uma renomada rede de supermercados.
Uma guarnição da Polícia Militar de Presidente Dutra esteve no local para dar apoio à apreensão do veículo que, na ocasião, havia tido sua carga totalmente roubada, juntamente com um aparelho cronotacógrafo.

A carreta foi apreendida e colocada no pátio do posto da PRF para que a Polícia Judiciária pudesse fazer as perícias que julgar necessárias. Documentos de apreensão e registro da ocorrência foram formulados e encaminhados para à Policia Civil de Caxias.

Fonte: João Lopes