segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Flávio Dino assina decreto proibindo o Escola sem Partido às vésperas da votação do projeto

Na véspera da votação do projeto Escola sem Partido na Câmara dos Deputados, o governador Flávio Dino (PCdoB) editou decreto garantindo Escolas com Liberdade e sem Censura no estado, num claro manifesto de oposição ao projeto, defendido pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O texto assegura que todos os professores, estudantes e funcionários são livres para expressar os próprios pensamentos e opiniões na rede estadual do Maranhão.

O decreto estipula ainda que a Secretaria Estadual de Educação deve promover campanha de divulgação nas escolas sobre as garantias constitucionais e previstas em lei de “liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber”.

O governador maranhense usou o Twitter para divulgar a edição do decreto. “Falar em Escola Sem Partido tem servido para encobrir propósitos autoritários incompatíveis com a nossa Constituição e com uma educação digna”.

Pelo decreto fica proibido no ambiente escolar cercear opiniões por meio de violência ou ameaças; calúnia, difamação, injúrias e outros atos infracionais; e qualquer pressão ou coação que represente violação aos princípios constitucionais de liberdade no ambiente escolar.

Por fim, o texto estabelece que professores, estudantes ou funcionários somente poderão gravar vídeos ou áudios durante as aulas e demais atividades de ensino com a autorização de quem será filmado ou gravado.

Escola sem partido – Projetos de lei com conteúdos semelhantes tramitam tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado. Para esta terça-feira (13) está agendada a votação do projeto na Câmara. A proposta é incluir entre os princípios do ensino o respeito às convicções do aluno, de seus pais ou responsáveis, dando precedência aos valores de ordem familiar sobre a educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e religiosa.

O projeto estabelece que as escolas tenham cartazes com deveres do professor, entre os quais está a proibição de usar sua posição para cooptar alunos para qualquer corrente política, ideológica ou partidária. Além disso, o professor não poderá incitar os alunos a participar de manifestações e deverá indicar as principais teorias sobre questões políticas, socioculturais e econômicas.

O Escola sem Partido é polêmico. Por um lado, os defensores dizem que professores e autores de materiais didáticos vêm se utilizando de suas aulas e de suas obras para tentar obter a adesão dos estudantes a determinadas correntes políticas e ideológicas.

Já os críticos dizem que as leis atuais já impedem qualquer tipo de abuso por parte dos professores e que um projeto como o Escola sem Partido vai gerar insegurança nas salas de aulas e perseguição aos docentes.

Após as eleições, a deputada estadual eleita pelo PSL, mesmo partido de Bolsonaro, Ana Caroline Campagnolo, fez uma publicação nas redes sociais incentivando que estudantes gravassem as aulas e denunciassem, por meio de um canal criado por ela, professores que fizessem manifestações contrárias ao presidente eleito. A Justiça determinou que ela retirasse a publicação das redes.

(Com dados da Agência Brasil)

domingo, 11 de novembro de 2018

Prefeito de Davinópolis é assassinado em sua chácara


O prefeito da cidade de Davinópolis Ivanildo Paiva (PRB), foi sequestrado na noite deste sábado (11), em sua chácara na zona rural da cidade, mais precisamente no povoado Jussara.

Ivanildo Paiva estava em companhia do segurança, ambos foram levados em sua caminhonete, que mais tarde foi localizada com manchas de sangue, nas proximidades do 50 BIS em Imperatriz.

A casa onde o prefeito foi sequestrado, ficou literalmente revirada e com a presença de sangue humano.
A polícia começou as investigações na manhã de deste domingo, o corpo do prefeito foi localizado por volta das 9:00 horas da manhã deste domingo.

Já circulam nas redes sociais, muitas especulações sobre a motivação do crime, porém, a polícia oficialmente ainda não se posicionou sobre o caso.

As investigações que foram iniciadas pelo 14-BPM,  já  foram repassadas a delegacia de homicídio e proteção a pessoas.

Com informações de Paulo Negrão

sábado, 10 de novembro de 2018

Boletos vencidos já podem ser pagos em qualquer banco


A partir de hoje (10), boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco ou correspondente e não apenas na instituição financeira em que foram emitidos. Isso será possível com a conclusão da implementação da Nova Plataforma de Cobrança (NPC), sistema desenvolvido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com os bancos. Na última fase do processo, passa a ser obrigatório o cadastramento de títulos referentes a faturas de cartão de crédito e doações no novo sistema.

Segundo a Febraban, além da praticidade, a implementação da NPC torna o processo de pagamento via boleto mais seguro, sem risco de fraudes. Outra mudança diz respeito ao comprovante de pagamento, que será mais completo, apresentando todos os detalhes do boleto, (juros, multa, desconto, etc) e as informações do beneficiário e pagador.

O projeto da Nova Plataforma de Cobrança começou há quatro anos. Desde 2016, a medida vem incorporando à base de dados os boletos de pagamentos já dentro das normas exigidas pelo Banco Central, ou seja, com informações do CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) do emissor, data de vencimento e valor, além do nome e número do CPF ou CNPJ do pagador.

A Febraban diz que essas informações são importantes para checar a veracidade dos documentos na hora do pagamento. Caso os dados do boleto a ser pago não coincidam com os registrados na base da nova plataforma, o documento é recusado, pois pode ser falso.

Para fazer a migração do modelo antigo de processamento para o atual, os bancos optaram por incluir os boletos no novo sistema por etapas, de acordo com o valor a ser pago. Esse processo começou em meados do ano passado para boletos acima de R$ 50 mil (os de menor volume) e termina hoje, com a incorporação dos boletos de cartão de crédito e doações.

A previsão inicial era que o processo fosse concluído em 22 de setembro. Entretanto, em junho deste ano, após dificuldades de clientes para pagar boletos, a Febraban alterou o cronograma.

Última fase

Com uma participação de cerca de 40% do total de títulos emitidos no país, os boletos de cartões de crédito e doações têm uma característica em comum: o valor a ser pago pelo consumidor pode não ser exatamente o que consta em cada boleto. No caso dos cartões, porque há opções de pagamento, como valor mínimo, duas ou três parcelas. No caso das doações, o usuário também pode escolher um valor diferente do que está impresso no boleto.

Segundo a Febraban, da mesma forma que nas fases anteriores, se os boletos não estiverem cadastrados na base do novo sistema, os bancos irão recusá-los. Se isso ocorrer, o pagador deve procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito ou solicitar o cadastramento do título.

Fonte – Agência Brasil

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Onze suspeitos de assalto a banco em Pernambuco morrem em operação policial em Santana do Ipanema

Uma operação da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) na zona rural de Santana do Ipanema deixou 11 mortos nesta quinta-feira (8/11/18).   IMAGENS FORTES

Onze suspeitos de assaltar uma agência bancária no agreste de Pernambuco foram mortos por policiais civis na tarde desta quinta-feira (8) em Santana do Ipanema, sertão de Alagoas, durante operação para prendê-los.

A Polícia Civil de Alagoas informou que houve confronto. Nenhum policial ficou gravemente ferido. “Eles dispararam sem nenhuma técnica. A Polícia Civil tem todo o preparo”, justificou o delegado Fábio Costa, um dos coordenadores da ação. Ele ressaltou que alguns estilhaços atingiram parte dos agentes.

Costa disse que os policiais foram ao local para capturar os suspeitos. “O nosso principal objetivo era prendê-los.” Com o grupo, que estava escondido dentro de uma casa na zona rural da cidade, foram apreendidos dois fuzis, quatro espingardas calibre 12, pistolas, coletes à prova de balas e explosivos.

Uma caminhonete que teria sido utilizada no assalto realizado na madrugada desta quinta-feira (8), no município de Águas Belas, distante a 66 quilômetros de Santana do Ipanema, também foi localizada.

O delegado Fábio Costa comunicou que os corpos ainda estão sendo identificados e liberados para as famílias.

Ele declarou que pelo menos três dos suspeitos eram integrantes de quadrilhas que explodiam agências bancárias em estados nordestinos. “Alguns são procurados pela Polícia Federal e também pela força policial de vários estados.”
Informações da Polícia Civil indicam que o grupo era composto por homens de Alagoas, Pernambuco, Pará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Bahia e Sergipe. Um deles, conforme o delegado, teria participado de um assalto a um shopping em Campina Grande, na Paraíba, localizado nas proximidades da Polícia Federal.

“Estávamos investigando o grupo fazia três meses. Quando chegamos ao local, agentes que estavam cortando a cerca de arame farpado foram recebidos com tiros de fuzil. Houve uma intensa troca de tiros que durou dez minutos”. Costa diz acreditar que não houve fuga. “Utilizamos um helicóptero da Secretaria de Segurança Pública que chegou ao local no mesmo momento.” A ação, intitulada Cavalo de Troia, contou com 25 homens da Polícia Civil e ocorreu por volta das 15:00 horas (horário local).

Fotos que circulam pelo aplicativo de mensagens WhatsApp mostram os corpos amontoados dentro da casa e, posteriormente, na caçamba da caminhonete apreendida no local. Grande parte do grupo aparece nas imagens apenas de cueca.

A seguir imagens Fortes

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

DOM PEDRO: Torres de internet viram alvos de bandidos

Pela terceira vez ladrão rouba cabos de rede da empresa UltraNet. Bairro Candido Hermes fica sem sinal de internet nesta quinta-feira (8/11)
A operadora de internet UltraNet em Dom Pedro reclamam da quantidade de vezes que foi vítima de furtos. Somente este ano, a empresa UltraNet foi alvo três vezes de ações de vandalismo e furto em suas torres, alcançando um prejuízo de R$ 2 mil. Ladrões invadem os locais onde estão instaladas as torres de transmissão para furtar cabos de cobre e baterias de gel, muito utilizadas em sons automotivos.

A ocorrência mais recente foi registrada na semana passada no Bairro Cândido Hermes, onde um indivíduo já identificado invadiu a torre do Bairro e furtou quase 150 metros de cabos do local.

Além dos fios de cobre, que é vendido para ferros-velhos, as baterias de gel utilizadas nas torres se tornaram muito visadas pelos criminosos.

O preço pago pelos receptadores contribui para esse aumento. Uma bateria de gel original pode custar até R$ 700, enquanto as furtadas são facilmente repassadas pelos criminosos ao preço de R$ 100. Já o fio de cobre, depósitos de sucatas chegam a pagar pelo material entre R$ 8 e 12. A revelação foi feita por um rapaz. “É o preço que a gente consegue vender. O dinheiro serve para comprar coisas para comer e usar drogas”.

Bolsonaro diz que vai abrir "caixa-preta” do BNDES

“Vamos abrir todos os sigilos do BNDES, sem exceção", diz Bolsonaro   Antonio Cruz/Agência Brasil

O presidente eleito Jair Bolsonaro reiterou hoje (8) a determinação de abrir os sigilos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tão logo assuma o governo em janeiro. Nas redes sociais, ele usou a expressão “abrir a caixa-preta”, que, segundo o presidente eleito, é um “anseio” dos brasileiros.

“Firmo o compromisso de iniciar o meu mandato determinado a abrir a caixa-preta do BNDES e revelar ao povo brasileiro o que foi feito com seu dinheiro nos últimos anos. Acredito que esse é um anseio de todos”, escreveu Bolsonaro, no Twitter.

Ontem (7), o presidente eleito afirmou que essa é uma prioridade para ele. “Vamos abrir todos os sigilos do BNDES, sem exceção. É o dinheiro do povo e nós temos que saber onde está sendo usado.”

O BNDES foi alvo de investigações da Polícia Federal, que indiciou os ex-ministros Guido Mantega e Antônio Palocci, o ex-presidente da instituição Luciano Coutinho, além do empresário Joesley Batista, da JBS, por suspeitas de operações ilícitas.

Por Agência Brasil  Brasília

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Petrobras reajusta preço do gás de cozinha na refinaria em 8,5%


Os preços do gás liquefeito de petróleo de uso residencial (GLP-P13) - gás de cozinha de 13 quilogramas - estarão 8,5% mais caros a partir de amanhã (6). De acordo com a Petrobras, na média nacional, o preço de venda nas refinarias da companhia, sem tributos, será equivalente a R$ 25,07. Desde janeiro, quando passou a ter reajustes trimestrais, a alta acumulada do produto é de R$ 0,69 ou 2,8%.

Para seguir a metodologia atual, a Petrobras aplicou, este ano, reduções nos preços em janeiro e abril e uma elevação em julho. O preço representa um ajuste de R$ 1,97 em relação aos R$ 23,10 em vigor desde julho. Segundo a companhia, os motivos para a alteração dos preços foi a desvalorização do real frente ao dólar e as elevações nas cotações internacionais do GLP. “A referência continua a ser a média dos preços do propano e butano comercializados no mercado europeu, acrescida da margem de 5%”, apontou.

Conforme a Petrobras, “o objetivo da metodologia é suavizar os impactos derivados da transferência da volatilidade externa para os preços domésticos”.

A estatal informou que o mecanismo leva em consideração a necessidade de praticar preços para o produto com referência no mercado internacional e a Resolução 4/2005 do Conselho Nacional de Política Energética.

A resolução “reconhece como de interesse para a política energética nacional a comercialização, por produtor ou importador, de gás liquefeito de petróleo (GLP), destinado exclusivamente a uso doméstico em recipientes transportáveis de capacidade de até 13kg, a preços diferenciados e inferiores aos praticados para os demais usos ou acondicionados em recipientes de outras capacidades”.

Com informações – Agência Brasil

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Aluisio Mendes vê relação ruim do Maranhão com Bolsonaro por causa de Flávio Dino


O tom beligerante do governador Flávio Dino (PCdoB) em relação ao presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), deve representar obstáculo para o Maranhão na relação com o governo federal a partir de 2019.
É a avaliação que faz o deputado federal Aluisio Mendes (PODE), um dos maranhenses mais próximos do ex-capitão do Exército.

Para ele, como o comunista não faz questão de “baixar a guarda”, caberá à bancada federal promover uma aproximação, para evitar problemas ao povo.
“Pelas manifestações já vistas do Flávio Dino e do próprio presidente Bolsonaro, a relação entre o Governo do Estado e o Governo Federal não será das melhores. Por isso, caberá aos deputados uma interlocução junto ao novo presidente para fazer com que o povo maranhense não sofra por essa falta de diálogo, e que viabilize de forma direta entre o Governo Federal e os parlamentares, os programas federais para que o Maranhão não que penalizado pela postura do governador Flávio Dino e intransigência dele com relação ao presidente eleito Jair Bolsonaro”, enfatizou.

Dino, mesmo depois da eleição, preferiu o tom de ataques a Bolsonaro e ao resultado da votação.

Por Gilberto Lêda

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

No 2º turno, Bolsonaro venceu em 15 Estados e no DF; Haddad, em 11


Poder 360
Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito presidente da República neste domingo (28.out.2018) com 57.796.972 votos –55,13% do total de válidos (sem brancos e nulos). O militar foi o candidato mais votado em 15 Estados e no Distrito Federal.

Seu adversário, Fernando Haddad (PT) recebeu 47.038.792 votos (44,87% dos válidos). Venceu em 11 Estados –os 9 do Nordeste mais Pará e Tocantins.
As maiores votações, em percentual, de Bolsonaro foram no Acre (77,22%), Santa Catarina (75,92%) e Rondônia (72,18%). Haddad teve seu melhor desempenho no Piauí (77,05%), no Maranhão (73,26%) e na Bahia (72,69%).
Eis 1 infográfico com o detalhamento de cada Estado e mapas da votação:

© Fornecido por Poder360 Jornalismo e Comunicação S/S LTDA.

Preservar Constituição e unir sociedade são prioridades de Bolsonaro


Ao longo da campanha e depois de promulgado o resultado do segundo turno, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e seus principais assessores reiteraram suas prioridades, a partir da posse em 1º janeiro de 2019. Ele afirmou que sustentará seu governo na preservação da Constituição Federal e dos valores, assim como na unidade da população.

Bolsonaro disse que se inspira no ex-primeiro ministro britânico Winston Churchill, referência em estratégia política e militar ao unir o povo do Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial.

Nas redes sociais e em entrevistas exclusivas concedidas, o presidente eleito citou propostas específicas para educação, saúde, segurança pública, comércio exterior, política externa, cotas, programas sociais e eventuais mudanças no sistema tributário.


sábado, 27 de outubro de 2018

SINSERPDOM e a manifestação pelo salário que ainda vai atrasar

Fantasiados de Halloween e com os salários em dia, sindicato SINSERPDOM vai para ás ruas de Dom Pedro reivindicar o pagamento do salário que nem atrasou.
Parece piada, mas não é, dessa vez a diretoria do SINSERPDOM chegou ao nível do discurso de Dilma Rousseff, e vão às ruas vestidos de preto, com cruzes e um caixão, reivindicar o salário que nem atrasado está e isso seguidos de meia dúzia de gatos pingados.
O melhor de tudo, foi os comentários dos populares após a passagem da manifestação, pois o senso do ridículo foi totalmente extinto da diretoria do SINSERPDOM.

Como já disse anteriormente, sou totalmente favorável às manifestações públicas pela luta pelos direitos, porém, nos últimos casos o SINSERPDOM se prestou ao baixo papel de esculhambação e dessa vez um teatro de gosto duvidoso, mas bastante engraçado, haja vista os áudios nos grupos de Whatsapp em que foram taxados de "palhaços".

Mas vejam com seus próprios olhos e escutem atentamente 
o que o manifestante diz no vídeo:

"ESSA MANIFESTAÇÃO É PELO SALÁRIO 
QUE AINDA VAI VENCER"

PODE UM NEGÓCIO DESSES?


*SEM CORTES E SEM EDIÇÃO!



O blog entrou em contato com um dos membros do SINSERPDON que relatou:

“Todos nós dompedrenses é sabedor da crise que nosso município vem passado, o nosso gestor municipal é oposição do governador Flávio Dino e não vem verba o suficiente para Dom Pedro. Se nosso salário atrasar um mês, o sindicato nos obriga a irmos ás ruas com cara pintada de Palhaço, já falei que isso não é certo, temos outros meios para recebermos nossos salários. Já ouvir amigos meus dizendo que é pessoal essa briga do sindicato com a família Costa. Eu sou professor(a) a família Costa nunca me fez mal algum, eu sou oposição e sempre e serei oposição aos Costa”

Do Blog Pura Buxa

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Só "tsunami" pode fazer Bolsonaro perder eleição, diz presidente do Ibope

Só um "tsunami" poderia fazer Jair Bolsonaro (PSL) não ser eleito presidente da República no próximo domingo, 28, nas palavras do presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro. Em entrevista ao Broadcast Político/Estadão, ele afirma que o cenário aponta hoje para a vitória do candidato do PSL na disputa contra Fernando Haddad (PT) nas eleições 2018. "A grande dúvida, como não haverá debate na TV e os fatos são esses que estão acontecendo, é qual vai ser a diferença (para Haddad)", diz Montenegro.

Na mais recente pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, divulgada na última terça-feira, 23, Bolsonaro apareceu com 57% das intenções de voto contra 43% de Fernando Haddad (PT), em um cálculo que considera apenas os votos válidos. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Jovem marcada com suástica no Rio Grande do Sul será indiciada por falso testemunho


A Polícia Civil do Rio Grande do Sul concluiu que os cortes em forma de suástica feitos em uma jovem que disse ter sido atacada na rua, há duas semanas, em Porto Alegre, é um caso de "autolesão". Segundo o delegado Paulo Sérgio Jardim, há indícios de automutilação ou de que tenham sido feitos de forma consentida. A jovem será indiciada por falso testemunho.

O laudo técnico da Polícia Civil conclui que "pode se afirmar com convicção que as lesões produzidas na vítima não são compatíveis com as que seriam esperadas, na hipótese de ter havido efetiva resistência da parte dela à ação de um agente agressor".

Logo após o primeiro turno das eleições, a jovem de 19 anos, moradora de Porto Alegre, registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil por lesão corporal na noite de segunda-feira, dia 8 de outubro. Segundo o relato feito aos policiais, ela teria sido abordada por três homens e agredida por possuir adesivos LGBT colados na mochila.

De acordo com a versão contada à época pela jovem, após diversas ofensas e ameaças, um trio a rendeu e marcou o corpo dela com o símbolo nazista. Quatro dias depois, ela teria desistido da ação "por questões emocionais".

Com informações Estadão. Todos os direitos reservados

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Homem mata o próprio irmão a tiros e golpes de faca na zona rural de Codó


Um crime abarbaro assustou os moradores do povoado Lagoa da Mata, zona rural de Codó. Um homem identificado como Antônio da Silva Conceição, 30 anos, matou o próprio irmão a tiros de espingarda e golpes de faca na madrugada deste domingo (21). A vítima foi identificada como Valdevan Silva da Conceição, 28 anos.

Testemunhas revelaram aos policiais militares que o assassino discutia teria consumido bebida alcoólica e logo em seguida foi até a residência de seu irmão e iniciaram uma discussão, fato que acontecia com frequência. Minutos depois, os vizinhos da vítima ouviram dois disparos de arma de fogo e viram quando Antônio da Silva saiu correndo do local do crime.

Uma equipe da Policia Militar foi até o local, que fica a cerca de 90 km de distância de Codó, mas não conseguiu capturar o criminoso, que fugiu logo após matar o irmão.


Do blog - Marcos Silva

Pesquisa BTG/FSB: Bolsonaro (60%) e Haddad (40%) seguem estáveis


Na reta final da disputa pela sucessão presidencial, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) segue consolidado com 60% das intenções de voto contra 40% de Fernando Haddad (PT), conforme pesquisa encomendada pelo banco BTG Pactual ao Instituto FSB.

Os percentuais desconsideram votos em branco, nulo e de indecisos. Comparativamente à última pesquisa BTG/FSB, Bolsonaro oscilou um ponto para cima, enquanto a movimentação de Haddad foi de igual ponto percentual para baixo.

Os dados divulgados nesta segunda-feira (22/10) mostram que, quando são considerados todos os votos, o militar da reserva tem 52% enquanto o petista aparece com 35%.

A rejeição de Haddad é maior (52%) do que a de Bolsonaro (38%). Ao analisar as razões de voto do eleitor no segundo turno, 10% dos eleitores do militar da reserva querem impedir a vitória de Haddad. Entre os que querem eleger o petista, 18% buscam evitar a vitória do militar da reserva.

Em relação ao sentimento com o processo eleitoral, os eleitores estão, em alguma medida, decepcionados (73%), com medo (62%), sem empolgação (56%) e desesperançados (30%).

O levantamento foi feito no fim de semana (20 e 21/10) com 2.000 eleitores nas 27 unidades da Federação. A margem de erro da pesquisa, registrada no TSE sob o número BR-03689/2018, é de dois pontos percentuais.

Aqui não Fábio Amâncio, o movimento em favor de Bolsonaro é independente, e não aceitamos que ninguém se promova!

Um vídeo que está circulando nas redes sociais em que o vereador Fábio Amâncio ao lado de Maura Jorge deixa entendido que a carreata em favor de Bolsonaro prevista para o dia 27/10 é de sua autoria e organização, gerou um incomodo aos apoiadores de Jair Bolsonaro em Dom Pedro.

Muitos áudios repudiando a atitude do vereador já circulam no Whatsapp, e os verdadeiros organizadores do evento, não ficaram nem um pouco satisfeito com a tentativa de se promover do vereador.

Como membro participante da Direita Dompedrense, venho através desse blog em nome dos demais membros, esclarecer a toda a população e principalmente aos eleitores de Jair Bolsonaro:

1º Ficou decidido desde quando o grupo começou a falar sobre as manifestações em apoio ao Bolsonaro, que não seria falado e ou divulgado nome de nenhum político local, sendo um apoio exclusivo ao Bolsonaro.

2º No grupo, existe eleitores de todos os partidos políticos no âmbito local e estadual, portanto, deve ser respeitado com o silêncio no tocante a essa política.

3º Não aceitamos financiamento financeiro de nenhum pertenço candidato, prefeito, ex prefeito, vereador... Cada um compra sua camisa, coloca combustível, e contribuem para a confecção de adesivos e compra de fogos (vaquinha).

4º Não rejeitamos a participação de nenhum político da ativa ou ex-político na manifestação, desde que não tente se promover, será tratado em igualdade como todos os demais participantes.

Basicamente foram essas as decisões tomadas pela organização do evento, então toda e qualquer tentativa de se aproveitar, será prontamente repudiada.

SOMOS ELEITORES DE JAIR MESSIAS BOLSONARO, E NÃO GADO DO CURRAL DE NINGUÉM!

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

RealTime Big Data: Bolsonaro tem 60% dos votos válidos; Haddad, 40%


Pesquisa feita a pedido da RecordTV entrevistou 5.000 pessoas entre os dias 16 e 17 de outubro. Rejeição a candidato do PSL é de 45%, ante 54% do petista.

Pesquisa RealTime Big Data divulgada nesta quarta-feira (18) mostra o deputado federal Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, com 60% da preferência do eleitorado considerando os votos válidos. O ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro Fernando Haddad (PT) aparece com 40% das intenções de voto. O levantamento foi encomendado pela RecordTV.

O resultado conta apenas as intenções de voto direcionadas para um dos dois candidatos, desconsiderando os eleitores indecisos e as menções de voto em branco e nulo.

Comparando com o último levantamento do instituto, publicado na segunda-feira (15), a diferença entre os adversários passou de 18 para 20 pontos percentuais.

Considerando os votos totais, o levantamento mostra Bolsonaro com 52% das intenções de voto, ante 35% de Fernando Haddad. Os votos brancos e nulos somam 8% e os eleitores indecisos, 5%.

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Parte do PT já deu como perdido o 2º turno e está se 'lixando' para Haddad, diz Cid Gomes

Ed Ferreira/Estadão O senador eleito pelo Ceará, Cid Gomes, do PDT

O senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) disse nesta terça-feira, 16, ao Estadão/Broadcast, que parte do PT já deu por perdida a disputa presidencial no segundo turno das eleições 2018 e está "se lixando" para o presidenciável Fernando Haddad. Na visão do irmão de Ciro Gomes (PDT), a "companheirada" só está pensando em garantir a hegemonia na oposição a um futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL).

"Eles (petistas) querem ser hegemônicos inclusive na oposição. Boa parte da companheirada aí já deu por perdido (o segundo turno) e está pensando nisso, em ser hegemônico na oposição. Estão se lixando para o Haddad. São incapazes de um gesto de grandeza, mesmo que isso seja permitir uma oportunidade para o jovem, talentoso, inteligente, preparado que é o Fernando Haddad. Eu acho que isso (gesto de autocrítica) tem que partir de quem está no comando do PT", afirmou.

Matéria completa  ⇒AQUI

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Mais um Capítulo do caso SEBRAE na Câmara Municipal de Dom Pedro

SÃO DESSES BENEFÍCIOS QUE OS VEREADORES: FÁBIO AMÂNCIO, 
FELIPE VIEIRA, JUNIOR DO BÁ E LEANDRO, QUEREM PRIVAR A POPULAÇÃO DE 
DOM PEDRO DE USUFRUÍREM.


SERIA BOM A POPULAÇÃO DE DOM PEDRO, COMPARECER NA PRÓXIMA SESSÃO 
NA CÂMARA E COBRAR POSITIVIDADE DESSES VEREADORES, POIS DO JEITO 
QUE TÁ, O POVO SAI NO PREJUÍZO! 


Entendam para que serve esse projeto:

Esse projeto de lei proporcionará ao município de Dom Pedro a abertura de um posto do SEBRAE, onde Pequenos e Micro empreendedores individuais terão além dos serviços, todo o suporte oferecido pelo SEBRAE.

Vejam resumidamente alguns benefícios que trará aos que hoje trabalham na informalidade:

" O MEI ( Micro Empreendedor Individual), por exemplo, consegue ter o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o que facilita abertura de conta bancária; pedido de empréstimos, venda da produção para outras empresas, emissão de notas fiscais, acesso ao alvará de funcionamento; direito à aposentadoria; salário maternidade; auxílio doença; oportunidade de vender para órgãos da administração pública e acesso ao crédito bancário". 

São muitos benefícios!

Porém hoje em mais um capítulo da votação desse PL, os mesmo quatro vereadores votaram contra os interesses e dos benefícios para a população e impediram o acesso da população a esses benefícios.

Dos sete vereadores presentes, apenas Rosa Nogueira, Andréia Vieira e Antonio Pereira votaram a favor.

Estive pessoalmente presente na sessão, e pude conferir os argumentos de cada um, inclusive para me resguardar de qualquer contraponto, levei meu equipamento de áudio e gravei toda as falas da sessão.

1º Leandro do Triângulo: 
Leandro teve o trabalho de ler o PL, o que ficou claro e evidente em sua fala durante a sessão, e o mesmo apresentou dois pontos que, como ele mesmo falou, não ficaram claro pra ele, por isso o voto contrário. (Concordo com ressalvas)

2º Fábio Amâncio:
O Vereador Fábio Amâncio durante toda a sessão, se preocupou mais em criticar as matérias relacionadas ao caso do que propriamente a apreciação do PL, em todas as falas usou um discurso populista e que só funciona em palanque (nem sempre), falou muito e não disse nada, mas aos presentes ficou claro e evidente o despreparo, pois o que pareceu foi que não leu o PL, e se leu, não decodificou um só parágrafo.

3º Junior do Bá:
Esse entrou mudo e saiu calado, votou contra o PL sem apresentar nenhuma justificativa. (O que é de direito dele)

4º Felipe Vieira:
Esse foi um caso a parte, em uma de suas falas, mostrou a insatisfação pela matéria publicada anteriormente, não apresentou claramente o seu contraponto pelo voto contra e iniciou um breve debate com o titular desse Blog:

- Você deveria era postar a quantidade de indicações que tem aqui nessa casa que o prefeito não atende! Disse Felipe Vieira.
Em resposta, lembrei a Felipe Vieira que esse PL é apenas o 08/2018, ou seja, em todo o esse ano corrente, esse é apenas o oitavo Projeto de Lei colocado em votação na casa, e lembrei também que a função de fiscalizar o executivo municipal é dos vereadores e não da imprensa. Concluindo, o nobre Edil, também deixou claro que não leu ou entendeu o projeto e que votou contra por votar, como já disse antes, oposição por oposição.

No final, foi proposto colocar esse PL mais uma vez em votação na próxima terça-feira 23/10, onde teremos mais um capítulo dessa novela.

Quem saiu mais uma vez prejudicado foi a população, pois os pequenos e micro-empreendedores ainda não podem sair da informalidade e usufruir dos benefícios oferecidos pelo SEBRAE.


Por Fernando Almeida do Blog Pura Bucha