terça-feira, 17 de setembro de 2019

Caxias registra o primeiro caso de sarampo


O município de Caxias registrou o seu primeiro caso de sarampo com o diagnóstico de um bebê de apenas sete meses de vida.

Segundo a coordenadora municipal de Vigilância Epidemiológica, Verônica Aragão, após a confirmação do caso foi realizado um bloqueio na área onde o bebê reside. "No momento que a gente suspeitou não esperamos nem o resultado do exame. Nós mandamos o material para São Luís no mesmo dia e a gente já orientou a enfermeira a fazer o bloqueio na área. O que é o bloqueio? É pegar toda a quadra que a criança mora e visitar casa a casa e ver a situação vacinal de cada morador", explicou.

A criança que contraiu a doença é uma menina de apenas sete meses de vida. De acordo com a coordenadora de vigilância epidemiológica, a bebê segue em tratamento e passa bem. A menina ainda não tinha recebido a tríplice viral, que é única maneira de evitar o sarampo. A vacina combate ainda a caxumba e também a rubéola.

Com a confirmação da doença na criança de sete meses de vida, em Caxias, sobe para quatro o número de casos de sarampo em todo o Maranhão. O estado está entre os 16 do Brasil com surto ativo da doença.

Além de Caxias, já foram confirmados outros casos em São Luís, Lago da Pedra e Vitorino Freire. Nos postos de Saúde de Caxias, as doses que ainda restam, estão à espera do grupo prioritário. O município aguarda que mais vacinas sejam encaminhadas pelo governo do estado.

Verônica Aragão diz que se o estado do Maranhão tivesse uma cobertura vacinal eficiente os casos de sarampo não estariam crescendo. "Esse surto de sarampo começou no Sul do país e chegou no Maranhão porque as pessoas se deslocam, né? Se a gente tivesse com a barreira da proteção da vacina não chegaria, mas como temos pessoas não imunizadas termina as pessoas ficando suscetivas e contraindo", finalizou.

Fonte: G1/Maranhão

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Gestão Juran Carvalho repassou mais de R$ 7 milhões para Coopmar


A gestão do prefeito Juran Carvalho (PP) em Presidente Dutra, município localizado a 347 quilômetros da capital, repassou exatos R$ 7.072.025,89 para a Coopmar (Cooperativa Maranhense de Trabalho e Prestação de Serviços), alvo da Polícia Federal, Seccor (Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção) e do Gaeco (Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas), em duas fases da Operação Cooperari, por desvio de recursos da Prefeitura de Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís.
O valor foi levantado pelo ATUAL7 com base nas prestações de contas da administração municipal do pepista, entre os exercícios financeiros de 2013 a 2016. A prefeitura foi procurada, por e-mail, para se manifestar sobre a contratação da cooperativa, mas não houve retorno.

Segundo o levantamento, logo no primeiro ano de contrato com a gestão Juran Carvalho, foram pagos R$ 252.788,99 à Coopmar. No ano posterior, em 2014, os repasses subiram para R$ 2.221.471,85.

Em 2015 ocorreu o pagamento de valor mais alto, exatos R$ 2.724.452,31.
Possivelmente em razão da Coopmar haver entrado na mira da força-tarefa da Cooperari pela primeira vez, no exercício de 2016, último ano dos repasses, o valor caiu para R$ 1.873.312,74.

Esta é a quarta matéria de uma série que o ATUAL7 vem publicando para tornar público quanto a Coopmar faturou em quase duas dezenas de municípios maranhenses, e quem comandava a gestão municipal à época da assinatura dos contratos.

A primeira, publicada no início do mês passado, mostrou que a cooperativa recebeu R$ 3.318.440,36 da gestão de Miltinho Aragão (PSB) em São Mateus, entre 2014 e 2016.

Também já foi revelado que em Rosário, mesmo período, os ganhos obtidos pela Coopmar na gestão de Irlahi Linhares Moraes (MDB) chegaram a R$ 10.850.442,77.

Maior repasse do levantamentos já realizados, em Santa Helena, durante a passagem do Dr. Lobato (Cidadania) pela prefeitura, entre os exercícios financeiros de 2015 e 2016, exatos R$ 13.743.621,92 foram desembolsados dos cofres públicos do município para a cooperativa.

Segundo apurou o ATUAL7, todos os contratos celebrados entre as prefeituras maranhenses e a Coopmar permanecem sob investigação da força-tarefa da Cooperari, além de promotorias de comarcas locais.

Recentemente, mostrou o ATUAL7, o juiz Ronaldo Maciel, titular da 1ª Vara Criminal de São Luís, privativa para processamento e julgamento de crimes cometidos por organizações criminosas, autorizou o compartilhamento de provas obtidas no bojo da ação penal que tem como réus os cooperados-cabeças da Coopmar envolvidos no assalto aos cofres públicos de Paço do Lumiar.

O objetivo, segundo a decisão do magistrado, é que o material sirva para a eventual responsabilização em improbidade administrativa e criminal de outros envolvidos no esquema apontado pelas investigações.

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Astro de Ogum não foi alvo de operação da SEIC; sabia a verdade dos fatos

O vereador de São Luís Astro de Ogum (PR), vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís-MA, não foi alvo da SEIC (Superintendência Estadual de Investigações Criminais) como foi noticiado na manhã de hoje, dia 12, por blogs, portais e emissoras de rádio.


Os alvos da operação, por meio do Departamento de Crimes Tecnológico, sob o comando do delegado Odilardo Muniz, foram dois assessores do parlamentar. Trata-se de Raíssa Martins Mendonça e Raimundo Costa e Givanilson Santos Avelar.


De acordo com informações da polícia, eles foram presos por crime de extorsão e posse sexual mediante fraude. Ainda de acordo com a polícia, um dos assessores presos, Raimundo Costa, conhecido também como “Filho”, trocava mensagens com pessoas na internet e conseguia material suficiente das vítimas para começar a extorqui-las.

Durante as investigações foi descoberto que Raimundo Costa conhecia as vítimas e depois ameaçava divulgar material delas na internet, assim as forçava a praticar sexo com ele e com Raíssa Martins. Com isso, a polícia conseguiu elementos suficientes para pedir as prisões dos dois e também o mandado de busca e apreensão na residência do vereador.

A denúncia que motivou a operação foi feita por um adolescente, que procurou a polícia.

SEGUE ABAIXO A NOTA DA ASSESSORIA DO VEREADOR:

Acerca de matérias jornalísticas publicadas na imprensa maranhense, tratando da prisão do vereador Astro de Ogum por posse de arma, em respeito à sociedade ludovicense, a defesa do parlamentar, faz este comunicado com base nos esclarecimentos abaixo narrados, para que se restabeleça a verdade dos fatos, equivocadamente divulgados em blogs, portais e emissoras de rádio.

1 – Sob comando da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, por meio do Departamento de Crimes Tecnológico, sob o comando do delegado Odilardo Muniz, a Polícia Civil deflagrou uma operação na residência do vereador Astro de Ogum, mas os alvos foram dois de seus assessores: um homem e uma mulher.

2 – No local, a Polícia apreendeu aparelhos celulares e notebooks dos investigados. No entanto, no imóvel foi encontrada uma arma de propriedade de um dos funcionários que faz a segurança do imóvel. Por conta disso, o politico foi conduzido à Seic para explicar a arma encontrada em sua residência, fato que já foi devidamente esclarecido.

3 – Por fim, para comprovar a veracidade dos fatos, anexamos cópias dos mandatos de busca e apreensão para comprovar que Astro não tem envolvimento com o episódio cujo alvo foi seus funcionários.
São Luís (MA), 12 de setembro de 2019.

Itamargarethe Correia Lima
Advogada e jornalista

SÃO LUÍS: Homem é preso no retorno do Olho D’Água vendendo drogas em ‘cavalinhos do Fantástico’

A Polícia Civil do Maranhão prendeu em flagrante Adilson de Jesus Gois, por suspeita de vender crack e cocaína em uma rotatória da Avenida dos Holandeses no bairro Olho D’Água em São Luís. De acordo com a polícia, ele escondia a droga que era comercializada dentro de mascotes de times de futebol.

De acordo com a Superintendência de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), Adilson de Jesus foi preso após uma denúncia. O suspeito que também vendia bandeiras de times de futebol regionais, nacionais e internacionais.

Junto com Adilson de Jesus, foram apreendidos inúmeros bichos de pelúcia com drogas e uma quantia de dinheiro que não foi revelada pela polícia. Em seguida, ele foi levado para o Centro de Triagem do Complexo de Pedrinhas em São Luís.

Com informações Domingos Costa

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

DOM PEDRO: Maura Jorge recebe o Prefeito Alexandre Costa e Dr Ribamar Filho.

Em uma conversa franca entre o Prefeito Alexandre Costa, Dr Ribamar Filho e a superintendente da Funasa no Estado do Maranhão, Maura Jorge, foram apresentadas a necessidades de um maior investimento na área da saúde na cidade de Dom Pedro, cada ponto apresentado foi amplamente exposto e de bom grado recebido por Maura Jorge.

De acordo com as informações repassadas à nossa redação, a reunião foi de grande êxito e resultará em um melhoramento em todas as áreas que a saúde atua no município.


Com informações Fernando Almeida

Obcecado por Bolsonaro, Flávio Dino abandona o Maranhão e vê racha na base por 2020


O recente episódio envolvendo o senador Weverton Rocha (PDT) e o deputado estadual Yglésio Moyses (PDT) – em virtude das pretensões eleitorais deste último em São Luís (saiba mais) -, os embates entre Duarte Júnior (PCdoB) e Neto Evangelista (DEM) e, ainda, a profusão da pré-candidaturas a prefeito da capital ligadas ao Palácio dos Leões são um sinal claro de como anda a base governistas no Maranhão.

Sem a presença do seu líder, o governador Flávio Dino (PCdB), os liderados vão trilhando seu próprio caminho, atropelando-se a si mesmos e derrubando pontes que antes pareciam tão sólidas.

O fato é que o governador abandonou o Maranhão desde que conseguiu reeleger-se no ano passado.

Vislumbrando uma candidatura a presidente da República em 2022, ele tem se dedicado mais a articular-se nacionalmente do que organizar seus aliados para tentar uma vitória em São Luís.

Obcecado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), na verdade, Dino preocupa-se mais em articular candidaturas da esquerda em cidades como São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

E essa postura até tem razão de ser: para o projeto presidencial do governador do Maranhão, São Luís representa pouca coisa no universo eleitoral do Brasil.
Além disso, mesmo que perca uma eleição na capital maranhense em 2020, em caso de candidatura presidencial o comunista deve ter grande votação na cidade.

O mesmo não se pode dizer de capitais importantes do sul e sudeste, onde a esquerda definitivamente já não tem a mesma força de outrora.

Portanto, é de se esperar que, cada vez mais, Flávio Dino esteja envolvido em debates nacionais e em capitais fora da Região Nordeste.

Enquanto isso, órfãos do seu líder, os comunistas (e afins) ludovicenses vão se acotovelando por espaços até, pelo menos, meados do ano que vem.

Por Gilberto Léda


Justiça dá 90 dias para Governo do Maranhão reestruturar delegacia no interior do estado


A Justiça deu prazo de 90 dias para a Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA) reformar e designar um delegado e dois investigadores para Delegacia de Polícia Civil de Montes Altos, a 481 km de São Luís.

A decisão é do juiz Eilson Santos da Silva, titular da comarca de Montes Altos, que atendeu parcialmente a um pedido do Ministério Público do Maranhão. Na ação, o MP afirma que a estrutura precária da delegacia e a falta de pessoal tem prejudicado o andamento das investigações.

De acordo com o Ministério Público, os municípios que integram a comarca - Montes Altos, Ribamar Fiquene e Sítio Novo - somam 34.298 moradores, com 288 inquéritos policiais na delegacias para apuração, aguardando diligências. Só na Delegacia de Montes Altos, segundo a sentença, há inquéritos com mais de três anos sem conclusão definitiva.

Em razão da demora nas investigações, vários inquéritos chegaram a ser remetidos ao Ministério Público para dar um parecer sobre o fim do prazo legal para punição dos crimes.

“Tal cenário, não é decorrente de desídia dos servidores, mas sim em razão da falta de pessoal, de estrutura mínima e de um delegado titular, pois tal atribuição é desenvolvida por um delegado regional, que apesar da diligência em atender os feitos desta comarca, é humanamente impossível realizá-los a contento”, ressaltou o juiz na decisão.

O magistrado acrescentou ainda que o índice de casos envolvendo violência doméstica nos municípios que integram a comarca é “bastante significativo”, o que demanda a necessidade da presença de uma autoridade policial para atender rapidamente as vítimas e até mesmo conceder medidas de urgências.

Fonte: G1/Maranhão

terça-feira, 10 de setembro de 2019

DOM PEDRO: Jovem Lucyan pode impedir retorno de Hernando Macedo em 2020

A treze meses da eleição municipal, o jovem Lucyan Rezende (PP) surge como principal adversário do ex-prefeito Hernando Macedo (PCdoB) na disputa pelo Executivo de Dom Pedro em 2020. Se o pleito ocorresse hoje, Lucyan Rezende, seria o candidato com mais chances de impedir o retorno de Hernando Macedo ao executivo de Dom Pedro em 2020. Hernando buscará o segundo mandato nas próximas eleições.

Se o jovem Lucyan contar com o apoio do ex prefeito Ribamar Filho, as chances de Hernando voltar ao executivo de Dom Pedro ficará para 2024.

Aguarde entrevista com o pré-candidato Lucyan Rezende aqui no Blog.


Ana do Gás e suas broncas sobre licitações em Santo Antonio dos Lopes


A deputada estadual licenciada e secretária estadual da Mulher, Ana Nazaré Mendonça, a Ana do Gás (PCdoB), foi ouvida, ontem segunda-feira 9, no bojo do procedimento investigatório criminal aberto contra ela, há pouco mais de três meses, pela PGJ (Procuradoria-Geral de Justiça).

A parlamentar  é suspeita de haver intermediado a realização de obras públicas sem o regular procedimento licitatório em Santo Antônio dos Lopes, município onde o marido, Eunélio Mendonça, foi prefeito.

O depoimento sobre o suposto ilícito estava marcado para acontecer, inicialmente, no último dia 3, mas acabou sendo redesignado para ontem, a audiência aconteceu as 15 horas, na sede do órgão máximo do Ministério Público, a pedido de Ana do Gás.

Por se tratar de investigação criminal, o caso está sendo apurado no âmbito da Assessoria Especial da PGJ, privativa para apurar atos ilícitos praticados por agentes políticos detentores de foro por prerrogativa de função, aos cuidados da promotora Geraulides Mendonça Castro.

Fonte: Atual7.com

Lava Jato prende filho de Edison Lobão por lavagem de dinheiro


Márcio Lobão, filho do ex-senador e ex-ministro Edison Lobão, foi preso na manhã desta terça-feira (10) na 65ª fase da Lava Jato, de acordo com o Ministério Público Federal (MPF). A prisão é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado e foi efetuada no Rio de Janeiro (RJ).

A nova etapa da operação investiga crimes de corrupção e lavagem de dinheiro proveniente de pagamento de vantagens indevidas relacionadas à Transpetro, que é subsidiária da Petrobras, e à Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará.
Segundo o MPF, Márcio Lobão e Edison Lobão solicitaram e receberam propinas dos Grupos Estre e Odebrecht em R$ 50 milhões entre 2008 e 2014.
O mandado de prisão foi expedido contra Márcio Lobão porque, conforme o MPF, há indícios de que ele permanecia praticando o crime de lavagem de dinheiro em 2019.

Esta fase tem como objetivo, conforme o MPF, aprofundar as investigações sobre as operações de lavagem de dinheiro realizadas pelo filho do ex-ministro.
O MPF informou que há registros de lavagem de dinheiro em compras e vendas de obras de arte, vendas de imóveis, simulações de empréstimos familiares e movimentação em contas offshore.

Edison Lobão e o filho Márcio Lobão já são réus na Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A denúncia aceita pela Justiça trata de crimes cometidos, segundo o MPF, entre 2011 e 2014, no valor de R$ 2,8 milhões, por intermédio da Odebrecht.

Por Neto Ferreira

Prefeito Bigu será homenageado por eficiência e credibilidade na gestão em Santo Antônio dos Lopes

Ele está entre os 20 melhores prefeitos do Maranhão, de acordo com a Folha do Estado
O Prefeito de Santo Antônio dos Lopes, Bigú de Oliveira, será homenageado em solenidade de outorga do prêmio “Personalidade Maranhense em Destaque no Ano de 2018”. O evento será realizado ainda este mês na capital São Luís em data a ser confirmada pelos organizadores, e tem como objetivo homenagear políticos em mandatos em todo o Maranhão, e que foram destaque em desempenho de suas funções no ano de 2018. 

Segundo a Folha do Estado, responsável pela organização do evento, os homenageados estão entre os 20 melhores prefeitos responsáveis por transformações relevantes em seus municípios, em exemplos de gestão e desenvolvimento, não só para o estado, mas sim para o Brasil, destacando que políticos assim devem ser lembrados o tempo todo.

De acordo com a avaliação dos organizadores, o Prefeito Bigú de Oliveira recebeu pontuação de excelência, o que levou a indicação para o prêmio: ”Personalidade Maranhense em Destaque do Ano de 2018”, pelo seu desempenho político no segmento municipalista e pelos relevantes serviços desenvolvidos no município de Santo Antônio dos Lopes, com ações transformadoras em beneficio do seu povo.

Sobre o reconhecimento, o Prefeito Bigú de Oliveira destacou que recebeu com alegria o comunicado da homenagem atribuída ao seu trabalho prestado à população. “Esse mérito não é só meu e sim de todos que fazem a gestão cidade de todos, principalmente do povo que nos elegeu acreditando no nosso trabalho que é feito com seriedade e transparência através do empenho das nossas equipes de trabalho, somados pelo quadro do funcionalismo municipal, Câmara de Vereadores, seguimentos organizados e a população que participa ativamente das ações em prol do desenvolvimento do município, contribuindo para o sucesso da nossa gestão”, disse o prefeito.

Fonte: Blog do Romenigue

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Dompedrenses podem novamente fazer movimentações bancarias através do Banco do Brasil

 Foi inaugurado a Correspondência Bancária autorizada do Banco do Brasil em Dom Pedro, assim os clientes Banco do Brasil poderão fazer movimentações sem precisar se deslocar a outros municípios.

Foi inaugurado hoje a Correspondência Bancária do Banco do Brasil na cidade de Dom Pedro, com a presença de várias autoridades públicas de nossa cidade, foi aberta as portas dessa que é o Correspondente Bancário autorizado de atendimento do Banco do Brasil para atender todos os clientes do banco da cidade e região. Na Correspondência Bancária poderão ser feitos serviços como saques, depósitos, extração de saldos de conta e etc.

Na ocasião também esteve presente o senhor José de Ribamar Bezerra de Menezes, gerente de operações da empresa Pró Seguro Cash, um dos principais responsáveis pela abertura da Correspondência Bancária do Banco do Brasil em nossa cidade.

Com a abertura dessa mini agência, a população de Dom Pedro é demais regiões vizinhas terão mais facilidade e segurança para fazer suas ações bancárias pelo Banco do Brasil.

A Correspondência Bancária do Banco do Brasil fica na Rua Engenheiro Rui Mesquita, n° 435. No antigo prédio onde funcionava a loja da Vivo em Dom Pedro, próxima a Casa Lotérica.

Com informações Blog do Fernando Almeida

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Polícia Federal prende donos de universidade por fraudes ao FIES e venda de vagas


A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira 03/9, a Operação Vagatomia, que investiga um grande esquema de fraudes na concessão do Financiamento Estudantil do Governo Federal (FIES) e na comercialização de vagas e transferências de alunos do exterior (principalmente Paraguai e Bolívia) para o curso de medicina em Fernandópolis/SP. Bolsas do PROUNI e fraudes relacionadas a cursos de complementação do exame REVALIDA também estão sob investigação da PF.

Aproximadamente 250 policiais federais estão cumprindo 77 mandados judiciais expedidos pela Justiça Federal de Jales/SP nas cidades paulistas de Fernandópolis, São Paulo, São José do Rio Preto, Santos, Presidente Prudente, São Bernardo do Campo, Porto Feliz, Meridiano, Murutinga do Sul, São João das Duas Pontes e Água Boa no Mato Grosso. Entre os mandados judiciais expedidos estão 11 prisões preventivas, 11 prisões temporárias, 45 ordens de busca e apreensão e 10 medidas cautelares (alternativas à prisão). A Justiça Federal também determinou o bloqueio de bens e valores dos investigados até o valor de R$ 250 milhões.

No início do ano, a PF recebeu informações que relatavam crimes e irregularidades que estariam ocorrendo no campus de um curso de medicina em Fernandópolis/SP. Vagas para ingresso, transferência e financiamentos FIES para o curso de medicina estariam sendo negociados por até R$ 120 mil por aluno.
Estimativas iniciais da PF indicam que, nos últimos cinco anos, aproximadamente R$ 500 milhões do FIES e PROUNI foram concedidos fraudulentamente. Cursos relacionados ao exame REVALIDA e transferências do exterior para cursos de medicina no Brasil também estão sob investigação

Durante oito meses de investigações, a PF apurou as informações recebidas e concluiu que o líder da organização criminosa é o próprio dono da universidade, que também ocupa o cargo de reitor. Um empresário, de 63 anos, e seu filho, que também é sócio do grupo educacional, não só tinham conhecimento, mas também participavam dos crimes em investigação. Uma estrutura formada por funcionários e pessoas ligadas à universidade dava condições para que as fraudes fossem realizadas.

“Assessorias educacionais”, com o apoio dos donos e toda a estrutura administrativa da universidade negociaram centenas de vagas para alunos (muitos deles já identificados) que aceitaram pagar pelas fraudes a fim de serem matriculados no curso de medicina.

Entre estes alunos, que compraram suas vagas e financiamentos, existem filhos de fazendeiros, servidores públicos, políticos, empresários e amigos dos donos da universidade, todos com alto poder aquisitivo, que mesmo sem perfil de beneficiário do FIES, mediante fraude, tiveram acesso aos recursos do Governo Federal. Com a sistemática atual de inclusão de dados e aprovação do FIES pelas próprias universidades privadas (beneficiárias dos recursos que aprovam) a PF estima que milhares de alunos carentes por todo o Brasil podem ter sido prejudicados em razão destas fraudes.

Com o incremento desordenado de alunos de medicina no campus em Fernandópolis/SP, a qualidade dos estudos foi prejudicada e alunos que ingressaram de forma regular procuraram o MPF para denunciar as fraudes. No decorrer das investigações, a PF identificou ameaças proferidas pelo dono da universidade aos alunos que fizeram as denúncias, além de tentativas de influenciar e intimidar autoridades, destruição e ocultação de provas, dentre outras ilegalidades.

De acordo com as investigações, os empresários estariam investindo os recursos obtidos com as fraudes em imóveis urbanos e rurais no Brasil e no exterior, além da compra de aeronaves (helicóptero, jatinho e avião) e dezenas de veículos de luxo, que estão sendo bloqueados nesta data.

Os alunos e pais, que aceitaram pagar pela vaga e/ou financiamentos públicos, também responderão pelos crimes em investigação na medida de suas culpabilidades. Nova investigação será iniciada imediatamente pela PF objetivando identificar todos os pais e alunos que concordaram em pagar pelas fraudes praticadas pela organização criminosa e, portanto, também praticaram crimes.

Todo o material apreendido será encaminhado para a PF em Jales/SP para a realização de análise no interesse das investigações em curso. Os presos foram indiciados pelos crimes de organização criminosa, falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistemas de informações e estelionato majorado, cujas penas somadas podem chegar a 30 anos de reclusão. Eles serão ouvidos e posteriormente conduzidos para cadeias da região de cumprimento da prisão onde permanecerão presos à disposição da Justiça Federal.

O nome da operação Vagatomia foi utilizado em alusão ao termo “tomia” que significa “corte”, comumente utilizado em palavras que denominam procedimentos cirúrgicos. Como os investigados reduziam as vagas do curso de medicina e FIES, na medida em que as vendiam, candidatos que teriam direito ao financiamento do Governo Federal sofriam com o corte das vagas disponíveis.

*Será concedida uma coletiva à imprensa às 10h30 na sede da PF em Jales/SP

Comunicação Social PF Jales/SP
(17) 3122-6090

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Picado por uma cobra cascavel, aliado do prefeito morre por falta de soro em hospital de Jenipapo dos Vieiras - Maranhão

Um homem identificado como Raimundo Augusto de Araujo, de 51 anos,  morador do Povoado de Gaviãozinho, município de  Jenipapo dos Vieiras, morreu na última quarta-feira (28) após ter sido picado por uma cobra cascavel.

Após o que parecia ser apenas um pequeno incidente, ainda na segunda-feira (26), Raimundo chegou pilotando a própria motocicleta no  hospital municipal de Jenipapo, entretanto, a unidade não disponibilizava do soro antiofídico que  é um medicamento para tratar mordidas de cobras venenosas.

O pequeno agricultor, então, teve de ser levado para outra cidade no Hospital Regional de Barra do Corda, aonde recebeu a medicação. Mas já era tarde, o veneno já havia se espalhado pelo corpo, ele não resistiu e veio a óbito no dia em que completaria 51 anos de idade, 48 horas após ser picado.

Para os familiares, se Raimundo tivesse sido medicado no hospital de Jenipapo ele não teria morrido.

Os parentes informaram que irão fazer denúncia no Ministério Publico responsabilizando o prefeito Moises Ventura (PTB) e a secretária de saúde pela morte do morador, que inclusive, era aliado do gestor e defendia com unhas e dentes a administração municipal.

Apuração do Blog do Domingos Costa constataram que esse já é o 5º caso em menos de três anos de morte após picada de cobra no município.

– Emenda de R$ 1,5 milhões para Saúde

O mais intrigante é que embora não possua soro antiofídico, o município foi o destino de uma emenda “fundo a fundo” no valor de 1.577.000,00 (um milhão quinhentos e setenta e sete mil reais) para ser usada exatamente na área de saúde.

O recurso destinado pelo ex-deputado federal José Reinaldo Tavares (PSDB) para Jenipapo dos Vieiras foi tema de uma reportagem do Blog do DC no mês passado.

Somando a outros recursos para incrementos no mesmo setor, a atual gestão já recebeu mais de R$ 2 milhões que poderiam ser usados entre outras melhorias para compra de medicamentos, no entanto, constata-se que os remédios não estão chegando ao seu destino e/ou o dinheiro não vem sendo aplicado em favor do povo.

Com informações Blog Domingos Costa


domingo, 1 de setembro de 2019

Após festa Toca do Vale em Tuntum, carro capota e mata 2 jovens de Barra do Corda


Um grave acidente ocorrido por volta das 03h:30m da madrugada deste domingo na BR-226 próximo ao Povoa Aprazível município de Tuntum, tirou a vida de dois jovens, deixando outros dois gravemente feridos.
O carro, um Gol preto placas NEV 3346 era conduzido por Fábio Pereira da Silva e dentro do veículo estavam Ana Carolina Costa Silva, Gisele da Luz Reis, Djalma, Micael e Débora Alice.

Aos policiais militares, Fábio Pereira de 20 anos de idade contou que, após assistirem ao show do cantor Toca do Vale, ele e seus amigos saíram de Tuntum no sentido a Barra do Corda;  numa curva chegando próximo à Fazenda Aprazível disse que perdeu o controle do volante caindo numa ribanceira, capotando várias vezes. O carro ficou completamente destruído.

No acidente morreram a estudante de direito Débora Alice e um jovem identificado por Micael. “Percebe-se que os ocupantes do banco traseiro estavam sem cinto der segurança, sendo encontrados a dezenas de metros do carro, a vítima fatal denominada Débora foi aparentemente lançada para fora e em seguida esmagada pelo veículo, enquanto Micael foi arremessado contra uma estaca de cerca, ambos vindo a óbito imediato no local”, relatou o PM.

Dois outros envolvidos identificados como Gisele da Luz Reis, 18 anos e Djalma, sofreram ferimentos graves e também foram encontrados caídos fora do veículo, enquanto Ana Carolina Costa Silva, 18 anos e seu namorado Fábio Pereira que estavam nos bancos da frente sofreram ferimentos leves.

Os feridos foram atendimento por uma equipe do SAMU que os encaminhou ao Hospital Regional Urgência e Emergência. O caso foi comunicado à 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra para que tome as medidas cabíveis.

Com informações Adonias Soares.

DOM PEDRO: Praça no centro da cidade vira palco de tudo que é ruim e ninguém dar jeito

A Praça foi construída pelo ex-prefeito Oton de Melo Lima entre  (1970 e 1973) e nunca recebeu nenhum tipo de reformada, é o que denuncia o blog Zaidan de Sousa. A praça nunca, nunca mesmo passou por uma reforma.

Eu Zaidan de Sousa, vivi a minha vida inteira nos arredores da praça,  e o que vejo é a praça sendo destruída ao longo do tempo. 

Uma pergunta.....Será se um dia teremos um prefeito com vergonha na cara e com coragem para arrumar aquela praça?  ESPERO QUE SIM.

Da construção da praça em 1973 até os dias de hoje nunca vi "um" prefeito ter a coragem de passar se quer uma colher de cimento naquela praça.
ISSO É UMA VERGONHA.

NA PRAÇA VOCÊ VAI ENCONTRAR: 02 BANCAS DE JOGOS DE 
BARALHO, 4 BARES, 02 CHURRASQUEIRAS E UM CAMELÓDROMO.

A NOITE É UM MOTEL.

CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO DESTA CIDADE, PORQUE QUE NÃO FUNCIONA?

sábado, 31 de agosto de 2019

Mãozinha é morto a golpes de faca em Dom Pedro; polícia persegue e prende o assassino


Um homem identificado por Francisco Figueiredo dos Anjos (Conhecido por mãozinha) foi assassinado a golpes de faca na tarde desse sábado (31/8), por volta das 15:00 hrs, na praça do Mercado Central, em Dom Pedro. Conforme informações repassadas pelo comando da Polícia Militar daquela cidade, Antonio Nascimento Livramento é o suspeito da prática criminosa contra a vida de seu antagonista.

O fato chegou ao conhecimento da guarnição local depois de uma ligação relatando o devido episódio. Policiais se deslocaram até a região do conflito e comprovaram a veracidade das informações repassadas. A vítima foi atingida por três golpes de faca, dois atingiram a região do tórax, sendo um no peito esquerdo, além de outro no abdômen. Ele ainda apresentava um corte na altura da cabeça. Próximo ao corpo a polícia encontrou a arma do crime, que, inclusive, ainda estava suja de sangue.

Ainda no local a polícia passou a investigar o delito e descobriu que o autor do homicídio tratava-se de Antonio Nascimento Livramento ( Foto ao lado ), mais conhecido como Antonio do frango. Diante da descoberta da autoria, a guarnição passou a fazer diligências pela cidade, principalmente em locais em que havia maior possibilidade dele se encontrar, sendo o mesmo localizado e preso, depois de muita insistência, por volta das 19:00 hrs. Ao prestar depoimento a autoridade policial, Antonio do Frango confessou o crime. Até o presente momento ainda não se sabe os reais motivos que provocaram o assassinato de Francisco dos Anjos.

Confira quanto cada prefeitura do Maranhão poderá receber do megaleilão do pré-sal

O Maranhão poderá receber R$ 1.190.983.605,54 dos recursos do megaleilão do pré-sal de petróleo que o Governo Federal, sob Jair Bolsonaro (PSL), fará na área do pré-sal de Santos (SP) pelo regime de cessão onerosa, mostra levantamento do ATUAL7 com base numa plataforma sobre a previsão de repasses lançada pelo senador Cid Gomes (PDT-CE), relator da proposta no Senado.


De acordo com os dados, serão R$ 731.516.397,97 apenas para o governo estadual, sob a gestão de Flávio Dino (PCdoB); e o restante vai para os cofres das prefeituras maranhenses, exatos R$ 459.467.207,57.

Administrada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), São Luís deverá levar a maior fatia, exatos R$ 58.487.332,44. São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Caxias, Timon e Imperatriz poderão ganhar, cada um, R$ 10.492.368,40.

A ferramenta disponibilizada pelo senador pedetista não mostra, contudo, a previsão de repasse para as prefeituras de Bacabeira, Jatobá, Pindaré Mirim e Raposa.

Se levado em conta as regiões, com 60 municípios, o Norte maranhense será o maior beneficiado com a cessão onerosa do pré-sal, o total de R$ 175.652.248,31.

A região Sul maranhense, com 19 municípios, será a que receberá o menor repasse, de R$ 25.395.876,83.

Abaixo, por ordem alfabética, a relação completa dos municípios maranhenses com respectiva previsão de repasse:

1. Açailândia R$ 4.322.703,79
2. Afonso Cunha R$ 810.505,79
3. Água Doce do Maranhão R$ 1.080.676,89
4. Alcântara R$ 1.621.015,33
5. Aldeias Altas R$ 1.891.182,67
6. Altamira do Maranhão R$ 810.505,79
7. Alto Alegre do Maranhão R$ 1.891.182,67
8. Alto Alegre do Pindaré R$ 2.161.353,77
9. Alto Parnaíba R$ 1.080.676,89
10. Amapá do Maranhão R$ 810.505,79
11. Amarante do Maranhão R$ 2.431.521,12
12. Anajatuba R$ 1.891.182,67
13. Anapurus R$ 1.350.844,23
14. Apicum-Açu R$ 1.621.015,33
15. Araguanã R$ 1.350.844,23
16. Araioses R$ 2.701.688,46
17. Arame R$ 2.161.353,77
18. Arari R$ 1.891.182,67
19. Axixá R$ 1.080.676,89
20. Bacabal R$ 4.322.703,79
21. Bacabeira (NÃO DISPONIBILIZADO)
22. Bacuri R$ 1.621.015,33
23. Bacurituba R$ 810.505,79
24. Balsas R$ 4.052.528,94
25. Barão de Grajaú R$ 1.621.015,33
26. Barra do Corda R$ 3.782.365,35
27. Barreirinhas R$ 3.242.026,90
28. Bela Vista do Maranhão R$ 1.080.676,89
29. Belágua R$ 810.505,79
30. Benedito Leite R$ 810.505,79
31. Bequimão R$ 1.621.015,33
32. Bernardo do Mearim R$ 810.505,79
33. Boa Vista do Gurupi R$ 810.505,79
34. Bom Jardim R$ 2.431.521,12
35. Bom Jesus das Selvas R$ 2.161.353,77
36. Bom Lugar R$ 1.350.844,23
37. Brejo R$ 2.161.353,77
38. Brejo de Areia R$ 810.505,79
39. Buriti R$ 1.891.182,67
40. Buriti Bravo R$ 1.891.182,67
41. Buriticupu R$ 3.512.198,00
42. Buritirana R$ 1.350.844,23
43.Cachoeira Grande R$ 810.505,79
44. Cajapió R$ 1.080.676,89
45. Cajari R$ 1.621.015,33
46. Campestre do Maranhão R$ 1.350.844,23
47. Cândido Mendes R$ 1.621.015,33
48. Cantanhede R$ 1.621.015,33
49. Capinzal do Norte R$ 1.080.676,89
50. Carolina R$ 1.891.182,67
51. Carutapera R$ 1.621.015,33
52. Caxias R$ 10.492.368,40
53. Cedral R$ 1.080.676,89
54. Central do Maranhão R$ 810.505,79
55. Centro do Guilherme R$ 1.080.676,89
56. Centro Novo do Maranhão R$ 1.621.015,33
57. Chapadinha R$ 3.512.198,00
58. Cidelândia R$ 1.350.844,23
59. Codó R$ 4.592.867,38
60. Coelho Neto R$ 2.701.688,46
61. Colinas R$ 2.431.521,12
62. Conceição do Lago-Açu R$ 1.350.844,23
63. Coroatá R$ 3.242.026,90
64. Cururupu R$ 2.161.353,77
65. Davinópolis R$ 1.080.676,89
66. Dom Pedro R$ 1.621.015,33
67. Duque Bacelar R$ 1.080.676,89
68. Esperantinópolis R$ 1.621.015,33
69. Estreito R$ 2.431.521,12
70. Feira Nova do Maranhão R$ 810.505,79
71. Fernando Falcão R$ 1.080.676,89
72. Formosa da Serra Negra R$ 1.621.015,33
73. Fortaleza dos Nogueiras R$ 1.080.676,89
74. Fortuna R$ 1.350.844,23
75. Godofredo Viana R$ 1.080.676,89
76. Gonçalves Dias R$ 1.621.015,33
77. Governador Archer R$ 1.080.676,89
78. Governador Edison Lobão R$ 1.621.015,33
79. Governador Eugênio Barros R$ 1.350.844,23
80. Governador Luiz Rocha R$ 810.505,79
81. Governador Newton Bello R$ 1.080.676,89
82. Governador Nunes Freire R$ 1.891.182,67
83. Graça Aranha R$ 810.505,79
84. Grajaú R$ 3.242.026,90
85. Guimarães R$ 1.080.676,89
86. Humberto de Campos R$ 1.891.182,67
87. Icatu R$ 1.891.182,67
88. Igarapé do Meio R$ 1.350.844,23
89. Igarapé Grande R$ 1.080.676,89
90. Imperatriz R$ 10.492.368,40
91. Itaipava do Grajaú R$ 1.350.844,23
92. Itapecuru Mirim R$ 3.242.026,90
93. Itinga do Maranhão R$ 1.891.182,67
94. Jatobá (NÃO DISPONIBILIZADO)
95. Jenipapo dos Vieiras R$ 1.350.844,23
96. João Lisboa R$ 1.621.015,33
97. Joselândia R$ 1.350.844,23
98. Junco do Maranhão R$ 810.505,79
99. Lago da Pedra R$ 2.701.688,46
100. Lago do Junco R$ 1.080.676,89
101. Lago dos Rodrigues R$ 810.505,79
102. Lago Verde R$ 1.350.844,23
103. Lagoa do Mato R$ 1.080.676,89
104. Lagoa Grande do Maranhão R$ 1.080.676,89
105. Lajeado Novo R$ 810.505,79
106. Lima Campos R$ 1.080.676,89
107. Loreto R$ 1.080.676,89
108. Luís Domingues R$ 810.505,79
109. Magalhães de Almeida R$ 1.621.015,33
110. Maracaçumé R$ 1.621.015,33
111. Marajá do Sena R$ 810.505,79
112. Maranhãozinho R$ 1.350.844,23
113. Mata Roma R$ 1.350.844,23
114. Matinha R$ 1.621.015,33
115. Matões R$ 2.161.353,77
116. Matões do Norte R$ 1.350.844,23
117. Milagres do Maranhão R$ 810.505,79
118. Mirador R$ 1.621.015,33
119. Miranda do Norte R$ 1.891.182,67
120. Mirinzal R$ 1.350.844,23
121. Monção R$ 2.161.353,77
122. Montes Altos R$ 810.505,79
123. Morros R$ 1.621.015,33
124. Nina Rodrigues R$ 1.350.844,23
125. Nova Colinas R$ 810.505,79
126. Nova Iorque R$ 810.505,79
127. Nova Olinda do Maranhão R$ 1.621.015,33
128. Olho d’Água das Cunhãs R$ 1.621.015,33
129. Olinda Nova do Maranhão R$ 1.350.844,23
130. Paço do Lumiar R$ 10.492.368,40
131. Palmeirândia R$ 1.621.015,33
132. Paraibano R$ 1.621.015,33
133. Parnarama R$ 2.161.353,77
134. Passagem Franca R$ 1.621.015,33
135. Pastos Bons R$ 1.621.015,33
136. Paulino Neves R$ 1.350.844,23
137. Paulo Ramos R$ 1.621.015,33
138. Pedreiras R$ 2.431.521,12
139. Pedro do Rosário R$ 1.891.182,67
140. Penalva R$ 2.431.521,12
141. Peri Mirim R$ 1.350.844,23
142. Peritoró R$ 1.621.015,33
143 Pindaré-Mirim (NÃO DISPONIBILIZADO)
144. Pinheiro R$ 3.782.365,35
145. Pio XII R$ 1.621.015,33
146. Pirapemas R$ 1.621.015,33
147. Poção de Pedras R$ 1.621.015,33
148. Porto Franco R$ 1.621.015,33
149. Porto Rico do Maranhão R$ 810.505,79
150. Presidente Dutra R$ 2.701.688,46
151. Presidente Juscelino R$ 1.080.676,89
152. Presidente Médici R$ 810.505,79
153. Presidente Sarney R$ 1.621.015,33
154. Presidente Vargas R$ 1.080.676,89
155. Primeira Cruz R$ 1.350.844,23
156. Raposa (NÃO DISPONIBILIZADO)
157. Riachão R$ 1.621.015,33
158. Ribamar Fiquene R$ 810.505,79
159. Rosário R$ 2.431.521,12
160. Sambaíba R$ 810.505,79
161. Santa Filomena do Maranhão R$ 810.505,79
162. Santa Helena R$ 2.431.521,12
163. Santa Inês R$ 3.782.365,35
164. Santa Luzia R$ 3.512.198,00
165. Santa Luzia do Paruá R$ 1.891.182,67
166. Santa Quitéria do Maranhão R$ 1.891.182,67
167. Santa Rita R$ 2.431.521,12
168. Santana do Maranhão R$ 1.080.676,89
169. Santo Amaro do Maranhão R$ 1.350.844,23
170. Santo Antônio dos Lopes R$ 1.350.844,23
171. São Benedito do Rio Preto R$ 1.621.015,33
172. São Bento R$ 2.701.688,46
173. São Bernardo R$ 1.891.182,67
174. São Domingos do Azeitão R$ 810.505,79
175. São Domingos do Maranhão R$ 2.161.353,77
176. São Félix de Balsas R$ 810.505,79
177. São Francisco do Brejão R$ 1.080.676,89
178. São Francisco do Maranhão R$ 1.080.676,89
179. São João Batista R$ 1.621.015,33
180. São João do Carú R$ 1.350.844,23
181. São João do Paraíso R$ 1.080.676,89
182. São João do Soter R$ 1.621.015,33
183. São João dos Patos R$ 1.891.182,67
184. São José de Ribamar R$ 10.492.368,40
185. São José dos Basílios R$ 810.505,79
186. São Luís R$ 58.487.332,44
187. São Luís Gonzaga do Maranhão R$ 1.621.015,33
188. São Mateus do Maranhão R$ 2.431.521,12
189. São Pedro da Água Branca R$ 1.080.676,89
190. São Pedro dos Crentes R$ 810.505,79
191. São Raimundo das Mangabeiras R$ 1.621.015,33
192. São Raimundo do Doca Bezerra R$ 810.505,79
193. São Roberto R$ 810.505,79
194. São Vicente Ferrer R$ 1.621.015,33
195. Satubinha R$ 1.350.844,23
196. Senador Alexandre Costa R$ 1.080.676,89
197. Senador La Rocque R$ 1.350.844,23
198. Serrano do Maranhão R$ 1.080.676,89
199. Sítio Novo R$ 1.621.015,33
200. Sucupira do Norte R$ 1.080.676,89
201. Sucupira do Riachão R$ 810.505,79
202. Tasso Fragoso R$ 810.505,79
203. Timbiras R$ 1.891.182,67
204. Timon R$ 10.492.368,40
205. Trizidela do Vale R$ 1.621.015,33
206. Tufilândia R$ 810.505,79
207. Tuntum R$ 2.431.521,12
208. Turiaçu R$ 2.161.353,77
209. Turilândia R$ 1.891.182,67
210. Tutoia R$ 2.971.859,56
211. Urbano Santos R$ 2.161.353,77
212. Vargem Grande R$ 2.971.859,56
213. Viana R$ 2.971.859,56
214. Vila Nova dos Martírios R$ 1.080.676,89
215. Vitória do Mearim R$ 2.161.353,77
216. Vitorino Freire R$ 2.161.353,77
217. Zé Doca R$ 2.971.859,56


Com informações Yuri Almeida do Atual7.com

Falso médico é preso em Pinheiro usando CRM de profissional já falecido


Policiais da Delegacia de Bom Jardim prenderam em flagrante, na tarde dessa quinta-feira (29), Antônio Pedro da Silva Sousa, de 51 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Ele é natural do Tocantins e vinha exercendo a profissão de médico irregularmente.

Ele vai responder pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso, previstos nos artigos 299 e 304 do CPB, respectivamente.

A prisão foi realizada na residência dele, na cidade de Pinheiro, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante. Ele vai responder, ainda, por exercício ilegal da medicina.

No mandado de prisão, expedido pela Vara Única de São João Batista, constava o nome de Antônio Jorge Matias Alves, outra identidade falsa que o autuado usava.

As Investigações iniciaram após a delegacia de Bom Jardim tomar conhecimento de que Antônio Pedro estava usando documentos falsos e trabalhando como médico no Hospital Municipal de São João do Caru, onde clinicava e realizava cirurgias, inclusive cesarianas.

No CRM falso consta o nome de Antônio Augusto Pinto Ribeiro Filho, um médico do Rio de Janeiro, já falecido em 1994.

Antônio Pedro disse ser Técnico em Enfermagem e que se cursou Medicina na Universidad Autónoma Gabriel “René Moreno”, em Santa Cruz, na Bolívia.
Ele já foi preso outras vezes, inclusive na cidade de Nova Iorque, no Maranhão, quando usava o nome falso de Marco Aurélio Monteiro Araújo.

A Polícia Civil do Maranhão vem realizando investigações de denúncias de que falsos médicos estão atuando em hospitais e clínicas no interior. Eles seriam contratados para substituir médicos habilitados nessas unidades de saúde.

 Com informações do Blog Maycon Alves

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Prefeitura de Dom Pedro realiza entrega dos primeiros kits sanitário no povoado Campo Agricolas

O kit sanitário integra a unidade piloto do Programa de Melhorias Sanitárias Domiciliares. Ao todo 80 famílias do povoado Campo Agrícola, serão beneficiadas com os kits.

A vida da dona de casa Ana Maria, 30 anos, moradora do povoado Campo Agrícola, ganhou mais dignidade, saúde e direito ao saneamento básico, com a entrega do kit sanitário realizado na tarde desta quinta-feira, 28, pela prefeitura de Dom Pedro.  O kit é composto por banheiro e dois lavatórios (roupa e louça), com toda infraestrutura disponibilizada pelo Programa de Melhorias Sanitárias, do Governo Federal.

Ana Maria, foi a primeira contemplada com o kit sanitário no povoado. “Sou uma das contempladas e agradeço em primeiro lugar a Deus e depois a todos que conseguiram compartilhar esse kit comigo, agradeço de coração”, ela disse, emocionada.

Dos 300 kits liberado pelo governo federal, 80 famílias do povoado Campo Agrícola serão beneficiadas com a entrega e construção dos kits sanitários, garantindo uma intervenção na área do saneamento básico e saúde pública. A liberação dos kits só foi possível com a ajuda do deputado federal Edilazio Júnior e o senador Roberto Rocha.

“Esta é uma iniciativa que tem por oájetivo garantir não somente a melhoria da higiene básica e do saneamento, mas proporcionar um olhar com dignidade para as famílias mais carentes e que precisam ter acesso à direitos básicos”, ressaltou o prefeito Alexandre Costa.