sábado, 27 de maio de 2017

Ex-prefeito de Porto Franco é preso pela Polícia Civil

Na ultima sexta-feira (26/05), a Polícia Civil executou mandado de busca e apreensão contra o ex-prefeito de Porto Franco, Aderson Marinho Filho, o Adersinho; o ex-Diretor da Fapap, Raimundo Barros Moreira Santos, o Raimundo Bió; Valderice da Mota Neves, ex-secretária de Administração; Vaner Marinho, ex-secretário de Finanças e irmão do ex-prefeito; Vânia Marinho, ex-secretária de Saúde e cunhada do ex-prefeito e Daniel da Silva Félix, contador do Município durante a gestão do ex-prefeito Adersinho.

Durante a busca, os policiais encontraram documentos pertencentes à Prefeitura Municipal de Porto Franco nas residências de quatro dos cinco citados, que foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil do Município, onde foram presos em flagrante, pelo crime de supressão de documentos públicos, previsto no art. 305 do Código Penal Brasileiro.

Os investigados que foram presos na ação da Polícia Civil 
deflagrada desta sexta-feira (26/05) foram:

Aderson Marinho Filho (Adersinho) – ex-prefeito de Porto Franco;
Raimundo Barros Moreira Santos (Raimundo Bió) – ex-Diretor da Fapap;
Valderice da Mota Neves – ex-secretária de Administração;
Vaner Marinho – ex-secretário de Finanças e irmão do ex-prefeito;
Vânia Marinho – ex-secretária de Saúde e cunhada do ex-prefeito.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Bandeira tarifária nas contas de luz será verde em junho

A bandeira tarifária de energia elétrica para o mês de junho será verde, sem custo extra para os consumidores. Criado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza com precisão o custo real da energia gerada. Isso possibilita aos consumidores o uso consciente da energia elétrica.

Na prática, em períodos de seca nos reservatórios de água,  a produção e distribuição dos recursos energéticos ficam mais caras. O sistema de bandeiras deixa claro para o cidadão as condições de geração de eletricidade e as taxas cobradas.

Junho interrompe dois meses seguidos de bandeira vermelha, acionada quando os reservatórios estão mais vazios, gerando um custo extra nas contas de luz. Segundo a agência reguladora, a bandeira ficará verde no próximo mês em função de maior afluência nos reservatórios das usinas hidrelétricas e de uma perspectiva de redução no consumo de energia.

O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.


Fonte: Com informações da Aneel

Contrato para fornecimento de merenda escolar pode ser suspenso em Dom Pedro

O Ministério Público do Maranhão pediu a suspensão de um contrato referente ao fornecimento de merenda escolar ao Município de Dom Pedro, sobretudo de pagamentos à empresa Distribuidora Sêneca Ltda., vencedora de licitação.
Na ação, a promotora de Justiça Ariadne Dantas Meneses pede também que a Justiça obrigue o Município a realizar pesquisa de preços em, no mínimo, três estabelecimentos comerciais, dos itens necessários à merenda escolar, conforme cardápio elaborado por nutricionista. Em caso de descumprimento, o MPMA pede à Justiça que determine o pagamento de multa diária no valor de R$ 5 mil, montante a ser destinado ao Fundo Estadual dos Direitos Difusos.
Como pedido final o Ministério Público requer a anulação do contrato firmado entre a Prefeitura de Dom Pedro – atualmente comandada pela presidente da Câmara Rosa Nogueira (PSDC) – com a Distribuidora Sêneca Ltda, no valor de R$ 816.769,00, devendo ser devolvidos aos cofres públicos os valores já pagos à referida empresa.
Ocorre que durante a investigação, a Promotoria constatou que, apesar do alto valor, não havia previsão, no contrato, de fornecimento de carne, frango, frutas e verduras, itens considerados essenciais para a alimentação adequada.
Ao analisar individualmente os preços dos produtos, foi atestado que o valor médio dos alimentos apresentado pela Prefeitura, na pesquisa da licitação, é muito superior à média dos preços encontrada nos supermercados varejistas de Dom Pedro.
Um dos itens, o quilo do feijão tipo 1, consta na planilha de pesquisa pelo valor de R$ 9,80. O preço do contrato foi de R$ 8,50, mas o valor médio no varejo é de R$ 5,50. Segundo a promotora de justiça, está previsto o fornecimento de 5.110 kg de feijão ao Município, o que gera um prejuízo ao erário de R$ 14.563,50.
Outro produto, a lata de sardinha ao molho de tomate, consta na planilha da licitação por R$ 3,46. No contrato, o preço estabelecido foi de R$ 3,23, enquanto no varejo o valor é de R$ 2,53.
Na apuração, o MPMA interrogou o secretário de Educação, Joaquim Airton de Oliveira Júnior, que afirmou não ter tido acesso aos preços dos produtos listados. Porém, a sua assinatura consta no termo de referência dos itens.
Já no processo licitatório, igualmente foi observado que a data da publicação do edital é a mesma do dia da aprovação do documento, 27 de março de 2017. O parecer jurídico foi assinado no dia 14 de abril, na Sexta-feira Santa. Já a assinatura do contrato se deu no dia 12 de abril, ou seja, antes do parecer jurídico, mas foi juntada ao processo posteriormente. Além disso, somente uma empresa disputou o certame.
Outro problema comprovado foi a entrega pela empresa de mercadorias de marcas diferentes das previstas em seu orçamento e a emissão de nota fiscal sem a identificação da marca, omitindo informação relevante à Receita Federal.
Por Minard

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 9 de junho

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza foi prorrogada até o dia 9 de junho. A previsão inicial do Ministério da Saúde era de que a imunização fosse encerrada hoje (26). A prorrogação, segundo a pasta, tem como objetivo atingir a meta de vacinar 90% do público-alvo (idosos, puérperas, indígenas, crianças, gestantes, professores e trabalhadores de saúde). Até o momento, foram imunizados 63,6% de um total de 54,2 milhões de pessoas.

Balanço do ministério indica que, entre os grupos que integram o público-alvo, os idosos registram a maior cobertura vacinal (72,4%). Em seguida estão puérperas (71,2%) e indígenas (68,6%). Os grupos que menos se vacinaram são crianças (49,9%), gestantes (53,4%), professores (60,2%) e trabalhadores de saúde (64,2%).

Também foram aplicadas 7,1 milhões de doses em pessoas com doenças específicas, privadas de liberdade e em trabalhadores do sistema prisional.
Os estados com a maior cobertura vacinal, até o momento, são Amapá (85,7%), Paraná (78,1%), Santa Catarina (77,7%), Rio Grande do Sul (74%) e Goiás (70,1%). Já os estados com menor cobertura são Roraima (47,9%), Rio de Janeiro (49%), Pará (52,1%), Mato Grosso (55,8%), Rondônia (56,2%), Acre (56,4%) e Mato Grosso do Sul (57,1%).

Entre as regiões do país, o Sul apresenta maio cobertura vacinal, com 76,3%, seguida das regiões Centro-Oeste (63,7%), Nordeste (62,3%); Sudeste (61,2%); e Norte (58,2%).

Público-alvo
A vacina contra a gripe está disponível nos postos de saúde para crianças entre 6 meses e menores de 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais (idosos), trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além dos professores.

A orientação do ministério é que pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com deficiências específicas apresentem prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde devem se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

Segurança
A vacina disponibilizada pelo governo brasileiro protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial da Saúde para este ano (A-H1N1, A-H3N2 e influenza B). A dose, segundo a pasta, é segura e também é considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves de gripe.

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, o ideal, de acordo com o ministério, é realizar a imunização antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe no Brasil vai do final de maio até agosto.

Da Agência Brasil

Inscrições abertas para casamento comunitário, em Tuntum e Santa Filomena do Maranhão

Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão (CGJ-MA) abriu vagas para o casamento comunitário que está previsto para acontecer em Tuntum. As inscrições serão realizadas até o dia 23 de junho, das 8:00 horas às 12:00 horas das 14:00 às 17:00 horas, no cartório extrajudicial do 2º Oficio da Comarca de Tuntum/MA, na Rua Frederico Coelho, ainda que poderão se inscrever os pretendentes que residem nos municípios de Tuntum e Santa Filomena do Maranhão.

Todas as pessoas interessadas em participar devem estar dentro das exigências e atender os seguintes requisitos: ter renda familiar de até dois salários mínimos, não possuir nenhum tipo de impedimento legal, ser residente no município, e ter todos os documentos exigidos por lei.


E também levar  no ato da inscrição a cópia da carteira de identidade (RG), do cadastro de pessoas físicas (CPF), do comprovante de residência, Comprovante de renda,  e também duas testemunhas maiores de idade,no qual também deve apresentar a cópia da carteira de identidade (RG) e do CPF. Portanto não esqueça de procurar orientação no Tribunal de Justiça da sua Cidade.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Na cidade de Floriano no Piauí, homem sobe em torre de telefonia e diz que só desce se Temer renunciar

Um homem está desde o final da tarde de ontem no alto de uma torre de telefonia na cidade de Floriano, em protesto pedindo a renúncia do presidente da República Michel Temer. Pedro Bucar, de 49 anos, disse que só desce que o peemedebista deixar o mandato.

Já são 12 horas no alto da torre.
Segundo o site local Piauí Notícias, o homem tem consigo um pouco de água, alimentação e um aparelho celular, pelo qual se comunica com a equipe do Corpo de Bombeiros, que tenta negociar.

Pedro Bucar, que é lutador, disse ainda que tem consigo gasolina, e ameaça incendiar a torre caso alguém tente subir para tirá-lo de lá.

O terreno onde fica a torre é localizado bem próximo da prefeitura de Floriano. Para ter acesso à propriedade, o homem escalou um muro de dois metros de altura. Segundo a família, é a primeira vez que Pedro comete esse tipo de atitude.
Fotos: Wellington Pereira da Silva/Reprodução Facebook

Morre em São Luís o prefeito de Presidente Vargas, Herialdo Pelúcio

Faleceu na manhã desta quinta-feira (25), no Hospital UDI, em São Luís, onde estava internado há mais de 10 dias, o prefeito da cidade de Presidente Vargas, José Herialdo Pelúcio Júnior (PCdoB). Desde a última terça-feira (23) quando apresentou uma piora no quadro clínico, o gestor já não reagia aos medicamentos.

O comunista lutava contra um câncer e fazia tratamento na capital. Ele havia se afastado do Executivo Municipal na semana passada quando passou o cargo ao vice, Wellington Uchôa.

Nas redes sociais há uma comoção muito grande com a perda do político. O Blog lamenta o ocorrido e se solidariza a familiares e amigos do prefeito.
Ainda não foram divulgadas informações sobre velório e sepultamento.
Cearense de Fortaleza, Herialdo tinha 61 anos de idade, era comerciante e foi eleito em outubro do ano passado com 4.223 votos, correspondente a 51,98% do eleitorado. Ele faria aniversário no próximo dia 10 de Junho.

Manifestante tem mão dilacerada ao jogar rojão contra Policia Militar

O protesto ocorrido nesta quarta-feira (24) em Brasília que culminou em tumulto, quebra quebra e incêndio, terminou com saldo de manifestantes presos e feridos. Entre eles, um que teve a mão completamente dilacerada por um rojão quando tentava atingir um policial militar.  (Imagens fortes)

Comandante do Exército descarta intervenção e ocupação do poder por militares

Daniel Weterman, O Estado de S.Paulo


O comandante do Exército, general Eduardo da Costa Villas Bôas, afirmou nesta quarta-feira, 24, que o clima no comando da instituição e no Palácio do Planalto é de "choque" e "muita insegurança". As declarações do militar foram dadas a jornalistas em referência à crise no governo motivada pelas denúncias contra o presidente Michel Temer feitas com base nas delações dos empresários da JBS.

"Clima de consternação, de choque e de preocupação. Muita incerteza e muita insegurança até que as coisas se definam", disse o general, que deu uma palestra sobre defesa nacional na Fundação Fernando Henrique Cardoso (PSDB), na capital paulista, ao lado do ex-presidente da República.

O comandante comentou ainda o decreto do presidente Michel Temer nesta quarta-feira autorizando o uso das Forças Armadas na capital federal até o dia 31 de maio, após manifestações causarem confrontos em Brasília e provocarem depredação e incêndio em alguns ministérios. O militar garantiu que as Forças Armadas iriam agir respeitando a Constituição e garantindo a democracia.

Ele negou que haja um risco para o direito às manifestações durante as ações. "Tanto as forças de segurança pública quanto as Forças Armadas estão empenhadas na preservação da democracia, na observância da Constituição e no perfeito funcionamento das instituições nacionais, a quem cabe encontrar o caminho para a solução dessa crise. Mas a nossa democracia não corre risco."

'Ameaça'
Depois de falar que a corrupção ameaçava o futuro do País, Villas Bôas afirmou que os recentes acontecimentos envolvendo o presidente Temer complicam a situação ainda mais. "É um processo que estamos vivendo que vem de longo tempo. Realmente ameaçam o futuro. Mas tenho plena certeza, convicção, de que o País, a nação e as instituições vão ter capacidade de encontrar os caminhos, de buscar essa regeneração necessária e a gente retomar o caminho de crescimento e de evolução", disse.

Ele afirmou que, no caso da saída do presidente Michel Temer do cargo, as Forças Armadas terão um papel de garantir o cumprimento da Constituição e afastou qualquer possibilidade de intervenção e ocupação do poder por parte dos militares.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Heinz fará recall de 22 mil embalagens de molho de tomate com pelo de roedor

A empresa de alimentos Heinz Brasil S.A fará um recall de mais de 22 mil unidades de seu produto “Molho de Tomate com Pedaços Tradicional” devido à existência de fragmentos de pelo de roedor acima do limite máximo de tolerância. A campanha de recall foi protocolada na Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A presença de pelo de roedores acima do limite máximo de tolerância oferece risco à saúde humana e foi comprovada pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina.

De acordo com a Heinz, o recall abrange unidades produzidas em 25 de janeiro de 2016, com vencimento em 25 de julho de 2017. Os produtos foram colocados no mercado com numeração de lote L25 20:54 M3-.

O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor repare ou troque o produto defeituoso a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade na troca, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.

Mais informações sobre o recall podem ser obtidas junto à Heinz, por meio do telefone 0800 773 7737 ou pelo site www.heinzbrasil.com.br

Por Agência Brasil

Distribuidora Mar Doce é autuada por irregularidades

Distribuidora de água Mar Doce autuada pelo Procon-MA
O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon-MA), em parceria com a Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) e a Vigilância Sanitária Estadual, fiscalizou a distribuidora Mar Doce como parte da nova etapa da ‘Operação H2O’.

Durante a fiscalização, ocorrida na semana passada, a empresa Mar Doce foi autuada por diversas irregularidades, como a utilização de produtos vencidos e a não obediência às boas práticas de fabricação de produtos. Também foram encontradas situações de transporte irregular. A operação objetiva assegurar o cumprimento das medidas sanitárias e das exigências presentes no Selo Fiscal de Controle da Sefaz, assim como garantir aos consumidores produtos de qualidade do comércio de água.

De acordo com a Lei Estadual 10.356/2015, o Selo é obrigatório para todos os estabelecimentos envasadores de água mineral natural e adicionada de sais em funcionamento no Maranhão. A certificação assegura tanto a qualidade da água fornecida quanto o combate à concorrência injusta e empresas irregulares.

Realizamos uma importante etapa nesta ação. Com a ‘Operação H20’, intensificamos as nossas fiscalizações, garantindo direitos aos consumidores em prol de melhorias na qualidade do serviço prestado. Vamos continuar fiscalizando a fim de impedir riscos à vida, saúde e segurança dos maranhenses, e os consumidores podem formalizar reclamação caso suspeitem de irregularidade”, reforçou o presidente do Procon-MA e do Viva, Duarte Júnior.

Para confirmar a qualidade da água que compra, o consumidor deve ficar atento ao lacre do garrafão de 10 e 20 litros. O Selo Fiscal de Controle sobre o lacre atesta a qualidade e a legalidade do produto. Para o Chefe do Núcleo de Alimentos da Vigilância Sanitária Estadual, Denis Cordeiro, a fiscalização é uma ação importante para a regularização das empresas. “Operações como esta são importantes para identificar inconformidades e, assim, pressionar as empresas para que elas melhorem o serviço. As falhas merecem e devem ser resolvidas o quanto antes”, comentou.


A distribuidora Mar Doce terá dez dias para apresentar defesa e, também, regularizar todos os problemas identificados. Posteriormente, a fiscalização retornará ao local. Caso a empresa não cumpra os procedimentos de regularização, ficará sujeita as sanções previstas no artigo 56 do Código de Defesa do Consumidor, que variam de multa, suspensão temporária da atividade ou, ainda, interdição. Em caso de suspeita de irregularidade, as denúncias podem ser feitas por meio do site, aplicativo ou em qualquer unidade física do Procon-MA e também na Vigilância Sanitária.

Por Minard

Empresário é preso em Coroatá por reter cartões de benefícios de idosos

A Polícia Civil de Coroatá na manhã de hoje (24.05.2017), em cumprimento a Mandado de Busca e Apreensão, efetuou a prisão em flagrante delito de FRANCISCO REIS LIMA, conhecido por “CHICO DO BENA”, pois em sua farmácia localizada no Centro de Coroatá foram encontrados cerca de 150  cartões de magnético de idosos com suas senhas, além de um revólver calibre 38, uma espingarda calibre 36 e 21 munições de calibre 38. O mesmo foi autuado pelo Crime de Retenção de Cartão magnético de idosos e posse irregular de arma de fogo. “CHICO BENA” vinha sendo investigado há aproximadamente dois meses, tendo em vista inúmeras denuncias de idosos contra o mesmo. Na operação também foi preso GILSON CORDEIRO, segurança do CHICO DO BENA, pois o mesmo portava uma arma de fogo ilegal.

Fonte: Polícia Civil

Grupo quebra vidraças, paradas de ônibus e orelhões em protesto em Brasília

Um grupo de cerca de 50 pessoas usando máscaras no rosto promoveu um quebra-quebra em meio à manifestação contra o governo do presidente Michel Temer em Brasília após a Polícia Militar dispersar parte do protesto com bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral.

O grupo destruiu persianas e vidraças de pelo menos cinco ministérios, entre eles o da Integração Nacional, o do Trabalho e o da Agricultura. Este último havia sido cercado por tapumes, mas, mesmo assim, teve os vidros quebrados.
Também foram depredados paradas de ônibus, placas de trânsito, orelhões, holofotes que iluminam os letreiros dos ministérios e até banheiros químicos que haviam sido instalados para a manifestação.

Prédios da Esplanada recebem tapumes para manifestação desta quarta
Em frente ao Ministério do Planejamento, no Bloco C da Esplanada dos Ministérios, o grupo de manifestantes mascarados ateou fogo em um orelhão e em cerca de 10 bicicletas de uso compartilhado.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, no início da tarde, cerca de 25 mil pessoas participavam da manifestação.

Ministério da Fazenda
Do outro lado da Esplanada, um manifestante quebrou a vidraça do comitê de imprensa do Ministério da Fazenda. Os manifestantes corriam para se afastar da área em frente ao Congresso Nacional, onde as forças de segurança jogavam bombas de efeito moral. Ao passar pelo edifício do ministério, um deles atingiu a vidraça com o cabo de uma bandeira.

Mesmo com o vidro quebrado, os manifestantes não conseguiram entrar no prédio, já que há grades de segurança na janela. Na sequência da ação, membros da Força Nacional de Segurança Pública formaram um paredão e permanecem na lateral do prédio. Os funcionários do Ministério da Fazenda foram obrigados a deixar o prédio.

Representantes das principais centrais sindicais protestam hoje (24) contra as reformas da Previdência e trabalhista. Eles também pedem a saída do presidente da República, Michel Temer. Em razão do protesto, toda a Esplanada foi fechada para a circulação de carros. Os servidores que vieram trabalhar nesta quarta estacionaram e entraram pelos anexos dos prédios.

Fonte - Agencia Brasil

IPVA: “Apreensão do carro é ilegal e pode gerar indenização”, diz Wellington

O deputado Wellington do Curso (PP), que é autor do Projeto de Lei Nº 099/2017, utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã desta terça-feira (23), para alertar que o atraso no pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), cobrado anualmente em todo o país, não pode ser motivo exclusivo para apreensão de veículos. E mais: advogados consideram que, dependendo da situação, a apreensão pode até gerar direito à indenização para o proprietário do carro.
O advogado Américo Lobato explica que “a prática de confiscação dos veículos em blitz por causa do atraso do IPVA tem aumentado em todo o Brasil”. No entanto, o advogado considera que a apreensão exclusivamente devido ao tributo atrasado é inconstitucional.
Ao se pronunciar, Wellington disse que é possível recorrer a outras formas de cobrança do imposto, sem precisar ofender o direito à propriedade, garantido pela Constituição Federal.
“O Estado não pode executar de ofício, isto é, sem o Judiciário, o débito que o contribuinte tenha. O Supremo Tribunal (STF) Federal já tomou decisões no sentido de que o Estado não pode fazer apreensão de bens para cobrar dívidas tributárias”, pontuou Wellington.
Américo Lobato é um dos autores da Ação Popular que discute o recolhimento do veículo por atraso no pagamento do IPVA.  Assinam também a ação os advogados Luiz Djalma Cruz Neves e Aristoteles Duarte Ribeiro. Os autores da Ação Popular entendem que a apreensão de veículos com IPVA atrasado viola a moralidade administrativa, bem como outros princípios constitucionais. De acordo com os autores, já há, inclusive, reconhecimento desta interpretação pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Indenização
A possibilidade de indenização ocorreria pelo abuso de autoridade nos casos em que a apreensão do veículo ocorrer exclusivamente por falta de pagamento do IPVA. O artigo 37 da Constituição, parágrafo 6º, define que “as pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros”.
Para o especialista em direito público, professor Alessandro Maia, “com base nesse trecho da Constituição, caberia ao Estado indenizar o particular afetado pelos atos de seus agentes”. Segundo Alessandro, seria necessária, ainda, a comprovação dos prejuízos que o proprietário do carro teve devido à sua apreensão, com a apresentação de recibos de táxi. Profissionais que utilizam o carro para trabalhar, como taxistas ou entregadores têm mais facilidade para fazer essa comprovação.
Por Gilberto Léda

Fuzil é apreendido e assaltantes de banco que fugiram de Pedrinhas morrem em confronto

Ronalth Correa Coelho (Bebezão, de Goiás) e Valdemir Laurindo Flores, de Alagoas, lideraram fuga na Penitenciária de Pedrinhas.

Dois bandidos de alta periculosidade que participaram do resgate da Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 6 (UPSL 6), no último domingo, morreram em confronto com a polícia, na tarde desta terça-feira (23), na Vila Conceição (Altos do Calhau), em São Luís. São eles Ronalth Correa Coelho (Bebezão, de Goiás) e Valdemir Laurindo Flores, de Alagoas, que lideraram o episódio do último domingo na Penitenciária.

Ambos eram conhecidos assaltantes de banco e acabaram morrendo após força-tarefa das Polícias Civil e Militar, Centro Tático Aéreo e Corpo de Bombeiros. As Forças de Segurança ainda capturaram outra pessoa, que está hospitalizada e participou do episódio na penitenciária, mas não era um detento. Com eles foram encontrados várias armas, entre elas um fuzil utilizado na fuga do último domingo.

Além dos dois que tombaram em confronto, mais três foragidos foram recapturados na tarde desta terça-feira (23) pela Polícia Militar do Maranhão. Kassio Girdel Carvalho Ribeiro e Alisson Pereira Lima foram encontrados por policiais do Grupo de Serviço Avançado do 21º Batalhão da Policia Militar, no bairro do Quebra-Pote, zona rural de São Luís.

Um pouco mais tarde, foi recapturado Paulo de Caldas Santos, pelo 7º Comando Independente, em um ônibus, em Rosário. Com a prisão dos três, as forças de segurança do Governo do Estado chegam a um total 12 detentos recapturados. Ao todo, cinco morreram em confronto com policiais.


Por Domingos Costa

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Hernando Macêdo está prestes a reconquistar a prefeitura de Dom Pedro, mas diz que não quer mais ser prefeito

O ex-prefeito de Dom Pedro, Hernando Macêdo (PCdoB), não quer mais nem saber de voltar a governar o município. É o que ele estaria afirmando a familiares e aliados políticos. 

Ocorre que segundo informações que chegaram ao ao blog, a Justiça Eleitoral está em vias de tomar uma posição sobre a indefinição do resultado das eleições municipais de 2016; são fortes os rumores que a Justiça declare Hernando vencedor do pleito e o convoque para assumir o cargo de prefeito de Dom Pedro.

Entenda o imbróglio

Hernando Macedo, candidato à reeleição em 2016, recebeu 6.026 votos, mas nas urnas quem venceu a disputa foi Alexandre Costa (PSC), que recebeu 7.997 votos dos eleitores da cidade. Entretanto, como teve sua candidatura indeferida com recurso, o candidato do PSC não foi declarado eleito; no dia 1º de janeiro de 2017, a vereadora Rosa Nogueira, eleita presidente da Câmara Municipal, assumiu a prefeitura até que o TRE julgue o caso:

- Alexandre Costa assume a prefeitura ou Hernando Macêdo?

- Há também a possibilidade de novas eleições...

Independente do resultado do julgamento no TRE-MA ou no TSE, Hernando tem afirmado que não deseja retornar ao cargo de prefeito de Dom Pedro. Nesse interim, ele já andou ensaiando uma pré-candidatura a deputado federal, mas especula-se que o  ex-prefeito de Dom Pedro assuma o cargo de Diretor – Presidente da CAEMA.


“Hernando não queria nem ir para reeleição, com muita luta foi convencido por familiares e amigos a ingressar na disputa”, contou uma fonte ao blog. 

Enquanto perdurá a indefinição, a vereadora Rosa Nogueira, mulher do líder político Farys Miguel, permance no cargo de prefeita de Dom Pedro. 

"Mas a Rosa Nogueira não pode passar os 4 anos como prefeita; o prazo dela encerra com 6 meses. O TRE precisa tomar uma posição, dos três municípios que estavam com esse problemas, Bacabal, Bacuri e Dom Pedro, somente Dom Pedro está governado por alguém que não foi eleito para o cargo", disse um vereador dompedrense que pediu para não ser identificado. 

Do Blog do Carlinho

24 detentos que fugiram de Pedrinhas estão nas ruas

A população maranhense deve ficar em alerta após a fuga em massa que ocorreu na noite de ontem, dia 21, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
Dos 30 detentos que fugiram da Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 6 (UPSL 6), antigo CDP, 24 permanecem foragidos soltos pelas ruas de São Luís.
A polícia conseguiu recapturar apenas seis internos, sendo que dois morreram (um no local e outro no hospital) após troca de tiros com os agentes penitenciários.
Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que “a fuga se deu depois que parte do muro da unidade prisional foi explodido pelo lado de fora, por pessoas ainda não identificadas, e detentos de duas celas do Pavilhão Gama, que serraram as grades e conseguiram passar pelo buraco causado pela explosão.”
Disse ainda que “Policiais civis e militares também foram acionados, e seguem no encalço dos evadidos.”

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Vídeo de 2014, da jornalista Deborah Albuquerque Chlaem, volta a circula na internet com a falsa afirmação de que seria da esposa do senador de Aécio Neves, Letícia Weber. (Ela não xingou brasileiros )

O vídeo em que uma mulher loira esbraveja palavras de ódio contra brasileiros que votaram em Dilma Rousseff e diz estar “pronta para viajar para Orlando” voltou à tona nas redes sociais nesta sexta-feira. O boato é de que seria Letícia Weber, mulher do senador Aécio Neves (PSDB), que foi citado na delação premiada de executivos da JBS.
As imagens publicadas no Facebook ontem à noite, que chegaram a 11 milhões de visualizações, na verdade, são de 26 de outubro 2014 e nada têm a ver com a esposa do político. A protagonista é a jornalista Deborah Albuquerque Chlaem, que o postou em seu perfil após a reeleição de Dilma para um segundo mandato.

Sarney traiu Lula, Dilma e agora pode abandonar Temer

O governador Flávio Dino fez uma sugestão ao ex-senador José Sarney. Pediu que ele e o seu grupo mantenham-se, ao menos uma vez, fiéis aos aliados. “Defendam o governo Temer. Sem traição. Vamos ver se vocês conseguem pelo menos uma vez”, afirmou.

Apoiador de todos os governos presidenciais que já passaram, Sarney pode pular a qualquer momento do barco de Temer se sentir que o presidente pode ser afastado por conta das denúncias de corrupção do seu governo. Foi assim com Luiz Inácio Lula e Dilma Rousseff.

Depois de se beneficiar com cargos, ministérios e todo tipo de benesses nos mandatos de Lula e Dilma na Presidência, José Sarney os traiu e, junto com a filha Roseana, apoiaram o impeachment para que Temer assumisse.
Conhecedor do modos operandi perfidioso de Sarney, o governador Flávio Dino prevê o que irá acontecer. “Todos sabem o que Sarney fará: conspirar contra Temer e buscar alguns cargos e vantagens em eventual novo governo. Qualquer que seja ele”, vaticinou Dino.

Sarney esteve ontem no Palácio do Planalto e aconselhou o presidente Michel Temer a não renunciar. Por trás do interesse de Sarney, manter o poder e seus privilégios no governo e o sonho de comandar novamente o Maranhão com a ajuda da estrutura federal. Embora todos saibam que no caso de Temer ser deposto, independe de quem assumir, Sarney, que nunca foi oposição na vida, logo se declarará aliado de primeira.

Por John Cutrim

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Como seria a escolha do sucessor de Michel Temer

A Constituição não prevê a convocação de eleições diretas para escolha do sucessor do presidente Michel Temer. A previsão hoje na legislação é a seguinte: caso Temer perca ou deixe por iniciativa própria o mandato, assume o cargo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que terá três meses para convocar uma eleição indireta.

Na eleição indireta votam todos os deputados e senadores, e qualquer um – mesmo quem não seja parlamentar – pode ser candidato, desde que cumpra as exigências da legislação eleitoral. O candidato eleito de forma indireta governaria até a posse do presidente vencedor nas eleições de 2018.

Irmã do senador Aécio Neves é presa pela Polícia Federal

Aécio Neves (PSDB) sorri ao lado da irmã, Andréa Neves, em foto de quando ele era governador de MG
(Foto: Agência MG/Arquivo)
A irmã e assessora do senador Aécio Neves (PSDB-MG), Andrea Neves, foi presa por agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na manhã desta quinta-feira (18) no condomínio Retiro das Pedras, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Ainda não foi divulgado o motivo da prisão.
O advogado Marcelo Leonardo esteve na sede da PF em Belo Horizonte, para onde Andrea foi levada, e disse que vai fazer a defesa da irmã de Aécio, mas não vai se manifestar sobre a prisão neste momento.
Às 11h, Andrea estava na sede da Polícia Federal. A previsão é que ela seja encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) para ser submetida a um exame de corpo de delito e, depois, levada para uma penitenciária em Belo Horizonte.

Do G1, Nova Lima