terça-feira, 16 de julho de 2019

Aplicativo FaceApp pode abrir porta para abusos com dados dos usuários


Nos últimos dias, imagens de pessoas em versões mais velhas delas mesmas viraram a nova febre das redes sociais no país. O responsável por isso foi o aplicativo Faceapp, ferramenta para edição e aplicação de filtros a imagens, como a simulação das faces em idades mais avançadas ou em outros gêneros. Contudo, seu funcionamento e suas normas internas podem abrir espaço para abusos no uso e compartilhamento dos dados de seus usuários.

O FaceApp está disponível nas lojas de aplicativos Play Store (para o sistema operacional Android) e Apple Store (para o sistema operacional iOS). Na loja Play Store no Brasil estava listado em julho como o principal aplicativo na categoria gratuitos. Com nota 4,5 de 5, no momento da publicação desta reportagem, o app chegava perto de 1 milhão de downloads.

O programa é anunciado como uma ferramenta para melhorar fotos e criar simulações por meio de filtros. Nos modelos de edição há possibilidades de mudar cores do cabelo, aplicar maquiagem ou estilos de barba e bigode, entre outros. O sistema de inteligência artificial do app informa que pode encontrar “o melhor estilo para você”.

Política de privacidade

A política de privacidade do app traz informações sobre quais dados são coletados e quais são os usos possíveis. Segundo o documento, são acessados as suas fotos e “outros materiais” quando você posta. Quais outros materiais? O documento não detalha. A empresa adota serviços de análise de dados (analytics) de terceiros para “medir as tendências de consumo do serviço”. O que isso significa? Não fica claro.

“Essas ferramentas coletam informação enviada pelo seu aparelho ou por nosso serviço, incluindo as páginas que você acessa, add-ons e outras informações que nos auxiliam a melhorar o serviço”, diz o documento. São utilizados também mecanismos de rastreamento como cookies, pixels e beacons (que enviam dados sobre a navegação para a empresa e parceiros dela).

As informações “de log” também são enviadas, como quando o indivíduo visita um siteou baixa algo deste. A empresa também insere mecanismos para identificar que tipo de dispositivo você está usando, se um smartphone, tablet ou computador de mesa. Podem ser veiculados anúncios por anunciantes parceiros ou instalados cookiesdessas firmas.

Por meio dessas tecnologias a sua navegação passa a ser totalmente rastreada. Segundo a empresa, contudo, esse volume de informação é reunido sem que a pessoa seja identificada. “Nós coletamos e usamos essa informação de análise de forma que não pode ser razoavelmente usado para identificar algum usuário particular”, informa o app.

As políticas de privacidade afirmam que a informação não é vendida ou comercializada, mas listam para quem a informação reunida pode ser compartilhada para as empresas do grupo que controla o Faceapp, que também poderão utilizá-las para melhorar os seus serviços. Também terão acesso empresas atuando na oferta do serviços, que segundo o documento, o farão sob “termos de confidencialidade razoáveis”. O que são termos razoáveis? O usuário não tem como saber.

O compartilhamento poderá ser feito para anunciantes parceiros. Se a empresa for vendida, ela poderá repassar as informações aos novos acionistas ou controladores. De acordo com o documento, mudanças nos termos podem ser feitas periodicamente, sem obrigação de aviso aos usuários. Assim, a empresa possui um leque amplo de alternativas de compartilhamento sem que o usuário saiba quem está usando suas informações e para quê.

Riscos

A diretora da organização Coding Rights, Joana Varon, avalia que o uso do app traz uma série de riscos e viola a legislação brasileira ao afirmar que poderá ser regido por leis de outros países, inclusive o Artigo 11º do Marco Civil da Internet (Lei Nº 12.965).

Joana considera a política de privacidade do FaceApp muito permissiva, uma vez que não é possível saber quais dados serão utilizados, como e por quais tipos de empresas. Entretanto, ela acrescenta que certamente a empresa responsável e seus “parceiros” trabalham os registros reunidos para alimentar sistemas de reconhecimento facial, uma vez que o app gera um poderoso banco de dados, não só de fotos dos usuários como de outras pessoas para as montagens (como de amigos ou de celebridades).

Ela diz que isso resulta em um problema grave, uma vez que as tecnologias de reconhecimento facial têm se mostrado abusivas, como nas aplicações de segurança pública. As preocupações levaram cidades a banir esse tipo de recurso, como San Francisco, nos Estados Unidos, ou São Paulo, que proibiu o uso da tecnologia no metrô.

“As pessoas ficam empolgadas mas no fim tem uma finalidade muito além do que só essa brincadeira, que nem é tão clara. É claro que imagens estão sendo utilizadas para aperfeiçoar o reconhecimento facial, tecnologia que tem se mostrado totalmente nociva. Não é só identificação de pessoas, mas do humor e outras características que não são comuns a outros tipos de dados biométricos, como digital”, explica.

Venda de dados

Para Fábio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky, é possível que essas imagens acabem sendo empregadas em usos problemáticos. “Por utilizar inteligência artificial para fazer as modificações a partir do reconhecimento facial, a empresa dona do app pode vender essas fotos para empresas desse tipo, além desses dados facilmente caírem nas mãos dos cibercriminosos e serem utilizados para falsificar nossas identidades”, diz.

Assolini diz que os usuários devem tomar cuidado sobre como disponibilizam suas imagens para reconhecimento facial ou até mesmo publicamente. “Temos que entender essas novas maneiras de autenticação como senhas, já que qualquer sistema de reconhecimento facial disponível a todos pode acabar sendo usado tanto para o bem quanto para o mal”.

Dados expostos

Na opinião do coordenador do grupo de pesquisa Estudos Críticos em Informação, Tecnologia e Organização Social do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), Arthur Bezerra, o argumento da parte de muitos usuários de que não haveria problemas no Faceapp, uma vez que os dados das pessoas já estão expostos na internet não procede. 

"Embora plataformas como o Google e o Facebook tenha uma enorme gama de dados sobre nós, cada empresa busca formar seu banco de dados. E o Faceapp é desenvolvido por uma empresa russa, então quando você faz o download, você está compartilhando suas informações com uma nova companhia que você não sabe qual é. Se eu dissesse por alguém para me dar a senha do Facebook, a pessoa provavelmente não daria, pois todo mundo tem uma dimensão privada da sua vida", disse.

Polêmicas

Modas como a do FaceApp já levantaram preocupações antes. Foi o caso do desafio dos 10 anos, que virou febre no Facebook no início do ano e provocou questionamentos pela alimentação de sistemas de reconhecimento facial. No ano passado, o Ministério Público abriu um inquérito para saber se a adoção dessa tecnologia pelo Facebook violava ou não a legislação.

Iniciativas em diversos países – como Estados Unidos, China e Rússsia – vêm sendo criticadas por defensores de direitos dos usuários. Empresas do setor, como a Microsoft, chegaram a pedir publicamente a regulação dessas soluções técnicas. No Brasil, o início da aplicação desses recursos pelo Sistema de Proteção ao Crédito no ano passado também foi acompanhado de receios.

Com informações Agência Brasil

sábado, 13 de julho de 2019

Prefeito de Naque é morto a tiros por vereador após discussão


O prefeito de Naque, Hélio Pinto de Carvalho (PSDB), foi morto a tiros na manhã deste sábado (13), pelo vereador Marcos Alves de Lima (PSDC). Segundo informações da Polícia Militar, os dois discutiam por causa de uma cerca quando o vereador sacou uma arma e atirou seis vezes.

Ainda segundo a PM, o vereador tem um lote que fica ao lado de uma outra área que pertence ao município e queria cercar o local. O prefeito tentou impedir e os dois se desentenderam. Testemunhas disseram à polícia que o prefeito agrediu o vereador com um chicote, quando o parlamentar efetuou os disparos.

O prefeito foi socorrido e encaminhado ao Hospital Márcio Cunha em Ipatinga, mas não resistiu aos ferimentos. Em nota, a Unidade confirmou que Hélio Pinto de Carvalho morreu às 9h51 e foi baleado no tórax e nas pernas.

Após o crime, o vereador fugiu do local em um carro e foi preso no Bairro Retiro dos Lagos, em Governador Valadares. De acordo com a Polícia Militar, ele alegou que atirou para se defender.

"O vereador estava com várias escoriações que, segundo alegação dele, foi resultado de luta corporal com o prefeito. Para se defender, teria efetuado os disparos", explicou o Sargento Almeida.

A arma utilizada no crime foi apreendida pelos policiais. Marcos Alves de Lima foi levado para a delegacia de Governador Valadares, mas será encaminhado para Ipatinga, onde o caso será investigado.

Hélio Pinto de Carvalho, de 55 anos, foi reeleito em 2016 e recebeu 1.727 votos (39,60%). Ele estava no segundo mandato como prefeito e já foi eleito vereador em 2008. A cidade de Naque fica no Leste de Minas e tem pouco mais de 6 mil habitantes, conforme o IBGE.

O corpo do prefeito será velado na Câmara Municipal de Naque a partir das 21h deste sábado. O enterro será no domingo no Cemitério Memorial Parque, em Governador Valadares. O horário ainda não foi definido.

Com informações Globo.com

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Ministério da Cidadania alerta para fraude via WhatsApp sobre 13º do Bolsa Família

Um novo golpe, veiculado por meio de mensagens no aplicativo WhatsApp, promete a liberação instantânea do décimo terceiro salário do Bolsa Família para beneficiários do programa, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (11) pelo Ministério da Cidadania.

De acordo com o alerta, a mensagem fraudulenta contém um link que redireciona o usuário para uma página onde são solicitados os dados pessoais, como nome completo, CPF e endereço. A mensagem exige ainda que a vítima compartilhe o link com todos os seus contatos para que o pagamento seja efetuado.

O Ministério da Cidadania informou que não solicita dados pessoais via WhatsApp ou o compartilhamento de links como condição para concessão de benefícios do Programa Bolsa Família. De acordo com a diretora do Departamento de Benefícios, Caroline Paranayba, para o recebimento do repasse não é necessário fornecer qualquer informação adicional das famílias.
O ministério esclarece ainda que o governo federal não faz nenhum tipo de coleta de dados por meio das redes sociais e que a atualização de informações de famílias beneficiarias de programas sociais deve ser feita exclusivamente no órgão responsável no município.

14 deputados do Maranhão votaram a favor da reforma da Previdência


A maioria esmagadora da bancada do Maranhão na Câmara dos Deputados votou pela aprovação do texto principal da reforma da Previdência, em primeiro turno. Foram 14 votos favoráveis e apenas 4 contrários.
No plenário, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) foi aprovada por 379 votos a favor e 131 contra.

A votação em segundo turno será iniciada nesta quinta-feira 11. Após isso, a medida segue para o Senado.
Abaixo, confira quais deputados votaram a favor e contra a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

Votos a favor da Previdência:

» Aluísio Mendes (Pode)
» André Fufuca (PP)
» Cléber Verde (PRB)
» Edilázio Júnior (PSD)
» Gastão Vieira (PROS)
» Gil Cutrim (PDT)
» Hildo Rocha (MDB)
» João Marcelo Souza (MDB)
» Josimar Maranhãozinho (PL)
» Júnior Lourenço (PL)
» Juscelino Filho (DEM)
» Marreca Filho (Patri)
» Pastor Gildenemyr (PL)
» Pedro Lucas Fernandes (PTB)

Votos contra a Previdência:

» Bira do Pindaré (PSB)
» Eduardo Braide (PMN)
» Márcio Jerry (PCdoB)
» Zé Carlos (PT)

Por Yuri Almeida do Atual7.com

segunda-feira, 8 de julho de 2019

“Se Bigu não concorrer, estou no páreo”, afirma vice-prefeita de Santo Antônio dos Lopes


Na tarde do último sábado, dia 6, Priscyla Freitas, vice-prefeita de Santo Antônio dos Lopes (MA), estava em Trizidela do Vale, prestigiando a 30ª Cavalgada do Parque Maratá. Demonstrando força politica regional, a jovem e bonita vice estava acompanhada de dois vereadores (de Pedreiras): Gard Furtado e Totinho Sampaio.

Em rápida conversa com o titular do blog do Carlinhos, Priscyla elogiou a grandiosidade do evento e parabenizou Paulo Maratá pela organização.

“Mais uma vez impressionada com a grande estrutura desta Cavalgada; para mim é uma das maiores do Maranhão”, pontuou.

No ano que vem acontece eleições municipais e, a convite do blog do Carlinhos, Priscyla opinou sobre a política em Santo Antônio dos Lopes.

“O nosso prefeito Bigu anunciou que não vai concorrer às eleições municipais, mas sinceramente, acredito que ele vai sim, ser convencido a concorrer novamente à Prefeitura. Mas caso ele opte mesmo em não sair candidato, já avisei que tenho interesse em concorrer ao cargo de prefeita. Sinto-me preparada para esse desafio e estou à disposição do grupo do Bigu”, disse.

Sobre o atrito entre ela, seus familiares e o prefeito, Priscyla disse que são águas passadas.

“O problema foi bem no começo do mandato, acho que quatro dias de governo, mas foi resolvido e estamos no mesmo grupo, lutando para melhorar a vida do povo de Santo Antônio dos Lopes. A desavença entre nós e o prefeito já são aguas passadas, o que importante é o presente e o futuro para o bem do povo santoantoniense”, frisou.

No grupo do prefeito Bigu, além de Priscyla Freitas, há outros candidatos, como os vereadores  Eliton Amaro e Cibele Napoleão Mendonça. Pela oposição ganha força o nome do ex-prefeito Eunélio.

Do Blog do Carlinhos Filho

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Festival de PIPAS, Mauricio o grande Campeão


Neste domingo 30, pipeiros de toda a Dom Pedro, foram prestigiar no Balneário Lourenção a grande final  do primeiro Festival de Pipa. O evento teve início no domingo 23. A grande final que premiou com troféus a melhor pipa com cerol, teve como vencedor o senhor Mauricio que consegui eliminar oito concorrentes, e levou o premio de melhor pipa e melhor cerol.

Vem ai a 2ª edição do Campeonato de Pipas em Dom Pedro. Os interessados podem se inscrever no dia do evento. A taxa é 1 kg de alimento não perecível. A competição é aberta para crianças e adultos de todas as faixas etárias.



quarta-feira, 26 de junho de 2019

Dono do “CEPAP e IES” é preso durante operação da Polícia Civil em Barra do Corda suspeito de falsificar certificados escolares


A Polícia Civil de Barra do Corda, coordenada pelo Delegado Regional Renilto Ferreira e equipe de capturas, realizou na manhã de hoje, 26/06/19, uma grande operação com o intuito de investigar possíveis crimes de falsificação de documentos públicos, bem como crimes de estelionato e associação criminosa quanto a oferta de cursos de nível médio e superior de forma irregular junto ao Conselho Estadual de Educação do Maranhão (CEE/MA) e ao MEC.

Foram cumpridos vários mandados de busca e apreensão nesta cidade e na cidade de Jenipapo dos Vieiras, tendo sido apreendido computadores, celulares, livros ata, de frequência, arquivos, diplomas assinados em branco (alguns inclusive assinados sem apontar se quer o curso que o aluno estaria se formando), históricos escolares assinados em branco, bem como apreendido ainda uma arma de fogo com numeração suprimida.

O alvo da operação foi o empresário e professor *LAZARO MOTA DE SOUSA*, pessoa esta que seria o proprietário dos Institutos *IES* e *CEPAP* que são sediados nesta cidade de Barra do Corda e possuem extensões nas cidades de Jenipapo dos Vieiras e Poção de Pedras.

LAZARO foi preso em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo restrita (arma com numeração suprimida), bem como autuado pelo crime de falsificação de documentos públicos uma vez que, com a apreensão em sua residência de vários diplomas e históricos escolares assinados em branco, bem como depoimentos colhidos no curso das investigações, que afirmam que LAZARO atuaria nesta cidade na venda de certificados e de diplomas falsos, a polícia entende que há indícios suficientes para a autuação do mesmo também pela prática desse delito.

Após as formalidades legais, LAZARO foi encaminhado a Unidade Prisional desta cidade, onde ficará custodiado à disposição da justiça da justiça local.


Com informações do Minuto Barra

Procuradoria pede ao TRF4 aumento da pena de Lula no caso do sítio

A Procuradoria Regional da República da 4ª Região (PRR4) se manifestou nesta quarta-feira, 26, pelo aumento da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo da Operação Lava Jato referente ao sítio de Atibaia (SP). Em fevereiro, o petista foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão em primeira instância pela juíza federal substituta Gabriela Hardt. Após recursos do Ministério Público Federal e dos réus condenados, incluindo Lula, a ação foi remetida ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), onde será julgada em segunda instância.

No parecer assinado pelo procurador regional da República Maurício Gotardo Gerum e anexado ao processo no TRF4, a PRR4 pede que Lula seja condenado pelo crime de corrupção passiva em função das reformas feitas na propriedade pelo pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente, ao custo de 150.500 reais. Gabriela considerou o petista culpado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro somente em relação às obras feitas pelas empreiteiras Odebrecht e OAS no sítio, ao custo total de cerca de 900.000 reais.

No documento remetido ao TRF4, Gotardo ainda pede que os quesitos “culpabilidade” e “conduta social” de Lula na sentença sejam agravados e a pena, assim, aumentada também com base neste aspecto.

“O que no caso desborda da normalidade é o projeto de poder, que envolveu a manipulação da democracia por parte do réu Luiz Inácio. Para além de seus benefícios pessoais, usou do cargo máximo da nação para coordenar e dar suporte a um esquema que desvirtuou o sistema eleitoral, tudo a garantir que os partidos próximos ao governo fossem constantemente irrigados com dinheiro da Petrobras. E isso foi considerado pela sentença ao negativar os motivos em relação ao crime de corrupção no pagamento de propinas ao PT pela Odebrecht”, afirma o procurador regional.

Flávio Dino assina demissão de Tiago Bardal dos quadros da Polícia Civil


O governador Flávio Dino assinou nesta terça-feira (25) o ato de demissão do agora ex-delegado Tiago Mattos Bardal dos quadros da Polícia Civil do Estado do Maranhão. O documento agora segue para publicação no Diário Oficial.

Bardal respondia a um processo administrativo por desvio de conduta. Ex-superintendente da Secretaria de Investigações Criminais (Seic), ele é acusado de envolvimento em diversos crimes.

As investigações da Seccor e o Gaeco, apuraram que o ex-delegado mantinha relações com quadrilhas de assaltantes de bancos no interior do Maranhão e recebia propina para evitar as prisões dos chefes.

Contra Bardal ainda pesaram acusações de extorsão a comerciantes e envolvimento com organização criminosa que praticava roubos de cargas e contrabando de mercadorias, sobretudo, cigarros e whisky.

Tiago Bardal, que é advogado, encontras-se preso preventivamente em uma cela especial na Delegacia da Cidade Operária, por decisão do juiz Ronaldo Maciel, da 1ª Vara Criminal de São Luís, confirmada por unanimidade da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão desde novembro do ano passado.

Na semana passada, o Superior Tribunal de Justiça, por decisão do ministro Reynaldo Soares da Fonseca, negou, habeas corpus a Bardal.

Com informações do Blog do Domingos Costa

domingo, 23 de junho de 2019

Grupo de amigos organiza festival de pipas em Dom Pedro - Ma

Neste domingo, pipeiros de toda a Dom Pedro se reúnem no Balneário Lourenção, para o primeiro Festival de Pipa. O evento, que teve início pela manhã e foi até as 14:00 hrs, e vai premiar com troféus a menor pipa, a maior pipa e a pipa mais enfeitada no próximo domingo 30. A inscrição é gratuita e objetivo é proporcionar momento de lazer.

Kenndy, é um dos responsáveis pela organização. Segundo ele, a intenção é reunir os apaixonados por pipa para uma tarde de diversão e troca de experiências. “Hoje temos muitas pessoas que soltam pipa. Então decidimos reuni-los aqui ao longo do dia. No próximo domingo 30, teremos a semifinal, e na sequência, todos estão livres para se divertirem como acharem melhor”.













sexta-feira, 21 de junho de 2019

Mulher é morta a tiros após levar bolo e não salgado para festa

Crime ocorreu no interior de São Paulo, durante uma festa junina. Vítima foi assassinada na frente dos filhos



Uma dona de casa foi assassinada a tiros na frente dos filhos após uma discussão com um homem durante uma festa junina em Sete Barras, município no Vale do Ribeira, interior de São Paulo. Segundo o site de notícias UOL, a Polícia Civil do estado explicou que a briga começou porque a vítima, identificada como Vanderléia Inácio do Santos, levou um bolo em vez de salgado, como havia sido combinado.

A festa foi realizada no domingo (16/06/2019). Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito, de 47 anos, e a mulher discutiram e, em seguida, o homem foi até o carro dele, pegou uma arma e atirou contra a dona de casa, de 25 anos. De acordo com a polícia, os três disparos foram contra o rosto da jovem, que morreu na hora.

Um cunhado da vítima, segundo o site G1, relatou que a o crime pode ter sido motivado também pelo ciúme que o suspeito tinha da amizade entre a mulher dele e Vanderléia.

A Polícia Militar foi acionada, mas no local só encontrou o corpo da vítima. O autor do crime se apresentou na delegacia apenas na quarta-feira (19/06/2019), acompanhado de um advogado. Como não houve flagrante, ele não foi preso.

A morte de Vanderléia Inácio foi registrada como homicídio qualificado e segue em investigação. A dona de casa deixa quatro filhos, uma menina e três meninos, entre 8 anos e 10 meses.

quinta-feira, 20 de junho de 2019

Hernando Macedo venceria eleição em Dom Pedro com facilidade, aponta pesquisa Data M


Uma pesquisa realizada pelo Instituto “Data M” em Dom Pedro - Maranhão, mostra liderança folgada do ex-prefeito Hernando Macedo na disputa pela Prefeitura do município nas eleições de 2020.

Hernando está com 47% das intenções de votos em Dom Pedro. Exatamente 40% a frente do atual prefeito Alexandre Costa, que pontua apenas com 7%. Vários outros nomes completam a lista. 

No cenário de confronto direto entre  Hernando Macedo e Alexandre Costa, a diferença é ainda maior. O ex-prefeito aparece com 62%, enquanto o atual gestor pontua somente 14%.


- Será se Hernando Macedo poderá ser candidato em 2020?????
- Será se Hernando Macedo não responde processo na justiça eleitoral??????

......Aproveite para votar em nossa enquete aqui no blog......


quarta-feira, 12 de junho de 2019

Prefeito Alexandre Costa fecha projeto de reconstrução da agência do Banco do Brasil de Dom Pedro


A população de Dom Pedro, região central do Maranhão, finalmente pode respirar aliviada. Desde o grande assalto feito à agência do Banco do Brasil da cidade em janeiro do ano passado, onde foi a agência ficou completamente destruída, a população da cidade sofre com a falta de um banco físico na cidade tendo de fazer o deslocamento até Presidente Dutra para atendimentos maiores, somente no final do ano passado foi improvisada uma "mini agência" para atender as necessidades mais básicas da população que precisasse recorrer ao banco.

Com tudo, o Prefeito Alexandre Costa esteve em reuniões no ano passado e no primeiro semestre de 2019 com agente do Banco para solucionar a reconstrução do prédio. E com a elaboração do projeto aprovada e assinada pelo prefeito Alexandre Costa na presença da gerente do Banco do Brasil de Dom Pedro, Maria Luiza, o projeto foi validado e começo das obras já estão agendados para começar o mais rápido possível. Em entrevista, a gerente do Banco do Brasil de Dom Pedro diz "está feliz com o desenrolar do projeto e que o prefeito Alexandre Costa não tem medido esforços para que a reconstrução seja feita e que o trabalho em conjunto com o Banco do Brasil trará ainda mais benefícios para a cidade".

O projeto de reconstrução conta com uma equipe especializada de engenheiros contratados pela Prefeitura Municipal de Dom Pedro que já possuem o projeto estrutural do novo prédio, e um Conselho Municipal de Segurança, onde serão habilitados reforços terceirizados de segurança disponíveis em tempo integral fazem roteamento e segurança da área da agência. As obras também contaram com o apoio e acompanhamento da Secretaria Municipal de Obras em nome do secretário, Márcio Arlindo. Com isso, o projeto de reconstrução já está em andamento estará começando ainda neste mês de Junho, e com data de finalização em Dezembro.

A reconstrução da agência do Banco do Brasil em Dom Pedro será de grande importância para região, pois atenderá também as necessidades das cidades vizinhas que também estão sem agências do Banco do Brasil.

domingo, 9 de junho de 2019

Quatro pessoas morrem em tiroteio no município de Coelho Neto - Maranhão


Quatro homens morreram durante um tiroteio na manhã deste domingo (9) em Coelho Neto, a 385 km de São Luís. Segundo informações da polícia, o caso ocorreu no Mercado Municipal por causa de um antigo desentendimento entre grupos de ciganos da região.

Um suspeito de envolvimento foi preso e baleado durante as operações de busca. De acordo com o delegado Armando Pacheco, entre as cinco pessoas que ficaram feridas, tem uma criança de 10 anos baleada na cabeça, uma mulher baleada na mão e dois homens baleados.

Ainda segundo a polícia, todos os feridos foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Dos quatro mortos, um é do grupo envolvido no tiroteio. Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) informou que a Polícia Civil está investigando o caso.

Leia a nota na íntegra:

Sobre a ocorrência em Coelho Neto, a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) informa que a Polícia Civil está investigando o caso. A segurança na região foi reforçada e as diligências para localizar os envolvidos estão sendo realizadas, com o apoio do Centro Tático Aéreo (CTA), Grupo de Operações Especiais (GOE), Força Tática de Caxias e equipes policiais de Duque Bacelar e Afonso Cunha e Coelho Neto. As forças de segurança já prenderam um suspeito de envolvimento na ocorrência, que foi baleado durante as operações de busca. De acordo com a apuração preliminar, o crime teria acontecido em decorrência de um antigo desentendimento entre grupos de ciganos da região. Os feridos foram encaminhados para cuidados médicos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caxias, cuja gestão é de competência municipal.

Com informações do G1/Maranhão

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Internautas reagem à crítica de Dino a Bolsonaro: ‘Desvio de dinheiro da saúde = Mortes’


Comunista classificou medidas polêmicas adotadas pelo presidente da República como ‘agenda da morte’

Usuários do Twitter e do Facebook reagiram fortemente à crítica do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), às medidas polêmicas adotadas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), no governo federal.

“Basta da agenda da morte. Mais armas = mortes. Menos educação = mortes. Menos direitos previdenciários para pessoas pobres = mortes. Fim do Mais Médicos = mortes. ‘Lei da selva’ no trânsito = mortes. Legítima defesa por ‘surpresa’ = mortes Essa gente não pensa em VIDAS ??”, postou o comunista.
Os usuários das redes sociais não perdoaram e, utilizando o mesmo mote, apontaram diversos casos que evidenciam caos, má gestão e desvio de recursos públicos na gestão de Dino, que está no segundo mandato consecutivo à frente do Palácio dos Leões.

O ATUAL7 destaca três:

“Estradas esburacadas: mortes”, da usuária Claudina Soares; “Desvio de dinheiro da saúde no Maranhão = Mortes”, do usuário Carlos Junior; e “Estado com maior número de pessoas na miséria = morte”, do usuário Egnaldo Sabino.

Na semana passada, a líder do governo Bolsonaro no Congresso Nacional, deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), foi atacada no Twitter pelo deputado federal e presidente do PCdoB no Maranhão, Márcio Jerry, e por satélites do dinismo na rede social, após publicar vídeo que mostra trecho da MA-204 - que liga a Estrada de Raposa (MA-203) à Estrada de Ribamar (MA-201) - totalmente esburacado. “Uma vergonha. Um desrespeito com o povo. VAI TRABALHAR, GOVERNADOR!”, publicou a parlamentar.

Em relação à saúde, de fato, a gestão de Flávio Dino é investigada por desvio de verba da pasta. O titular da Saúde no governo comunista, Carlos Lula, inclusive, é indiciado pela Polícia Federal e investigado pela Controladoria-Geral da União (CGU), por corrupção. Também tramita contra ele, na Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), procedimento investigatório criminal aberto por iniciativa da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), por suspeita de irregularidades em pagamentos para empresas sem cobertura contratual e/ou procedimento licitatório.

Segundo dados da Síntese de Indicadores Sociais (SIS) referentes a 2017, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geográfica e Estatística (IBGE) em dezembro do ano passado, o Maranhão, de fato, possui o maior número de famílias vivendo em situação de pobreza extrema, permanecendo na liderança do ranking nacional.

Ainda de acordo com o levantamento, 54,1% das famílias maranhenses vivem com menos de R$ 406 por mês, valor baseado na referência internacional do Banco Mundial, que considera como situação de pobreza extrema a linha de 5,5 dólares por dia. Além disso, mais de 81% dos maranhenses não possui saneamento básico adequado; e em 29,2% dos domicílios não há abastecimento de água por rede.

Marido mata a mulher por causa de celular


A vítima foi identificada como Marlucia Santos, ele tinha 43 anos e foi assassinada com várias facadas por volta das 12:30 horas.

O crime que ocorreu na própria residência do casal foi cometido pelo marido da vítima, Francisco das Chagas conhecido como Chico Tampinha, de 58 anos bairro Socopo em Teresina.

De acordo com a irmã da vitima, horas antes do crime o casal discutiu por causa de um aparelho celular e isso deve ter sido a motivação do crime.
Segundo a cunhada do criminoso, ele era depressivo, um dia ele estava alegre e no outro dia ele estava triste.

Chico tampinha que trabalha como vigilante em uma creche foi preso logo em seguida.

O Marlucia era mãe de três filhos todos com Chico Tampinha.

Do Codó Noticias

Vereadores são presos por pedirem propina para arquivamento de CPI contra a prefeita de Vitória do Mearim


A Polícia Civil cumpriu na manhã desta quarta-feira (5) cinco mandados de prisão temporária e oito de busca e apreensão contra vereadores de Vitória do Mearim, distante 120 km de São Luís.

A operação é de responsabilidade da Superintendência Estadual de Combate a Corrupção e Organizações Criminosas (Seccor) e o Ministério Público do Maranhão e apura crimes de corrupção passiva e associação criminosa.

A operação tem como alvos o presidente da Câmara de Vereadores, George Maciel da Paz, além de Hélio Vagner Rodrigues da Silva, Oziel Gomes da Silva, Marcelo Silva Brito, Mauro Rogério, José Mourão Martins, Raimundo Nonato Costa da Silva e Bena Marcos Rodrigues Pacheco.

Os aparelhos celulares e computadores apreendidos nas residências dos vereadores vão passar por análise no Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro do Ministério Público.

Segundo a Polícia Civil, todos os presos vão ficar cinco dias no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, mas este prazo pode ser prorrogado por mais cinco dias "como forma de evitar que eles destruam ou omitam provas, ou até mesmo influenciem ou ameacem as testemunhas que serão ouvidas até a conclusão das investigações".

Plano descoberto

Segundo a investigação, vereadores do município pediram propina para arquivarem uma Comissão parlamentar de Inquérito (CPI) contra a prefeita do município, Dídima Maria Coêlho. Os vereadores teriam pedido a propina ao marido da prefeita, que é o chefe de gabinete, Almir Coêlho Sobrinho. A CPI teria por base o crime de responsabilidade da gestora municipal.

Segundo a Polícia Civil, as conversas foram gravadas pelo chefe de gabinete. Nos áudios, a polícia disse que os vereadores pedem R$ 320 mil, que poderia ser pagos de forma parcelada. No decorrer das investigações, a polícia descobriu que outros vereadores iniciaram novas chantagens no valor de R$ 70 mil. Teve um vereador que chegou a pedir R$ 100 mil.

Almir Coêlho Sobrinho disse em depoimento aos policiais que além da propina, ele descobriu que os vereadores pretendiam afastar Dídima Coêlho para que "a vice (Elzir Lindoso) assumisse e pudesse sacar a quantia correspondente aos royalties da mineração destinados ao município". O valor chega a R$2,2 milhões.

Com informações do G1/Maranhão

sábado, 1 de junho de 2019

Juiz substitui medidas cautelares de Eduardo DP na El Berite II


Por decisão do juiz de Direito Marcello Frazão Pereira, da 1ª Vara Criminal de Bacabal, o empresário e agiota Eduardo José Barros Costa, o Eduardo DP ou Imperador, teve abrandadas as medidas cautelas impostas contra ele no bojo da Operação El Berite II, deflagrada em 2015 contra crimes de agiotagem e desvio de verbas públicas no Maranhão. A decisão foi proferida na última quarta-feira 29.

Alegando que as medidas contra ele já perduram há mais de quatro anos, e que necessita viajar constantemente para exercer suas atividades laborais em outros estados, o agiota teve substituída pelo magistrado a exigência de autorização judicial para ausentar-se da comarca, pela proibição de ausentar-se por mais de 20 dias da comarca onde reside sem autorização judicial.

Também foi substituída a exigência de autorização judicial para comparecimento periódico ao juízo 1ª Vara Criminal de Bacabal, pelo comparecimento mensal à comarca de Dom Pedro, por questão de processo criminal que tramita naquela comarca, também por agiotagem e desvio de verbas públicas, tendo em vista que ele já comparece mensalmente àquele juízo para justificar e informar suas atividades.

As demais medidas cautelares impostas contra Eduardo DP, como não manter contato com os demais réus e testemunhas de acusação da El Berite II, permanecem inalteradas. Caso haja descumprimento de qualquer uma delas, ressalta o magistrado na decisão, poderá ensejar a decretação da prisão preventiva do agiota.

Embora tenha sido preso por diversas vezes pela Polícia Civil do Maranhão pelos crimes apontados pela El Berite II e outras operações, Eduardo DP segue fechando novos contratos e mantendo anteriores com a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), na gestão de Flávio Dino (PCdoB). Todos milionários e por meio de uma das empresas operadas por ele na máfia da agiotagem para desvio de recursos públicos. O agiota, inclusive, segundo o delegado Tiago Bardal, ex-chefe da Seic (Superintendência Estadual de Investigações Criminais), além desses contratos, ganhou também a proteção do governo contra investigações contra a máfia da agiotagem no estado.

Por Yuri Almeida do Atual7.com

terça-feira, 28 de maio de 2019

Servidores do Detran do Maranhão ameaçam entrar em greve nesta sexta-feira 31

Servidores do Detran-MA em todo o Maranhão protocolaram no fim da semana passada, no Palácio dos Leões e na sede do órgão, ofício no qual constam algumas reivindicações da categoria e a confirmação de um indicativo de greve.

Na pauta de exigências dos trabalhadores estão críticas ao corte do auxílio-alimentação no período de afastamento para tratamento de saúde e a falta de reajuste no salário-base, o congelado há mais de seis anos.

Quanto ao salário-base, a maioria dos servidores recebe, atualmente, R$ 1,4 mil. O valor também está congelado há mais de seis anos.

Segundo eles, na prática, esses trabalhadores recebem menos de um salários mínimo, porque não têm direito a FGTS, pagam 11% à Previdência e ainda contribuem para o Fundo de Benefícios dos Servidores do Estado do Maranhão (Funben), uma espécie de assistência à saúde, com desconto, no contracheque, de 3% para os titulares e de mais 1% por dependente.

Contra o sindicato

Além de exigir melhorias da direção do Detran-MA, os servidores também se insurgiram contra o próprio sindicato da categoria.

O movimento diz contar com o apoio de 428 trabalhadores – mais da metade mais da metade do quadro efetivo do Detran.

“Isso ocorreu justamente em razão da inércia do sindicato, que é tido com ilegítimo pelos servidores, tanto por estar com situação cadastral ‘INAPTA’ perante a Receita Federal quanto por não haver prestação de contas há anos”, diz um texto disparado pelos possíveis grevistas.

Os trabalhadores informam que o governo e o Detran-MA têm até a próxima sexta-feira (31) pra se posicionar sobre a pauta de reivindicações.

Não havendo negociação, a indicação é pra greve por tempo indeterminado.

Fonte: Gilberto Léda